esportes

Mais jovem a marcar pelo Flu na Libertadores, Kayky vibra: “Feliz”

Publicados

em


Autor do gol no empate em 1 a 1 com o Junior Barranquilla nesta quinta-feira (6), Kayky não apenas ajudou o Fluminense a se manter na liderança do Grupo D da CONMEBOL Libertadores, como também escreveu seu nome na história do clube. Aos 17 anos, se tornou o jogador mais jovem a marcar pelo Tricolor na competição continental.

O menino, que chegou a três gols na carreira, não escondeu a felicidade e comemorou o feito após a partida, que aconteceu em Guaiaquil, no Equador, em função dos protestos na Colômbia.

“Fico feliz de poder ser o jogador mais novo a marcar pelo Fluminense nessa competição. Estava ansioso por esse gol. Já vinha buscando nos outros jogos e ele não estava saindo. Mas graças a Deus hoje saiu”, celebrou o camisa 37.

E o gol não foi uma obra do acaso. Muito pelo contrário. Segundo Kayky, ele foi fruto de muito treino no dia a dia do Fluminense.

“A gente trabalha essa jogada. Os jogadores maiores atacam o primeiro pau para desviar para o segundo e graças a Deus fui feliz”, contou o garoto.

Com cinco pontos após três partidas (sendo duas delas fora de casa), o Fluminense lidera o Grupo D da Libertadores, com uma vitória e dois empates. O Time de Guerreiros volta a campo pela competição continental na próxima quarta-feira (12), às 21h, quando enfrenta o Santa Fe no Maracanã.

Antes disso, porém, o Tricolor do técnico Roger Machado vira a chave e volta suas atenções para o Campeonato Carioca. No domingo, às 16h, também no Maracanã, faz o jogo de volta da semifinal diante da Portuguesa. Após o 1 a 1 na partida de ida, o Fluminense tem a vantagem do empate para avançar à decisão por ter tido melhor campanha na Taça Guanabara.

Fotos: Mailson Santana/FFC

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Propaganda

esportes

Cuca lamenta empate e pênaltis não marcados

Publicados

em


O empate por 1 a 1 com a Chapecoense, na noite desta segunda-feira (21), no Mineirão, foi lamentado pelo técnico Cuca, bem como os dois pênaltis a favor do Atlético não marcados pela arbitragem.

“Infelizmente, hoje não foi possível vencer”, afirmou o treinador. “O time tentou buscar o gol da vitória, perdemos chances incríveis e tivemos pênaltis não marcados”.

Em sua entrevista coletiva depois da partida, Cuca lamentou que a arbitragem sequer acionou o VAR nos lances de pênalti para o Galo.

“Ainda que o rapaz tenha batido na bola, a gente vê que ele tira o controle do Hulk, derruba ele com uma batida na panturrilha”, disse. “Lance interpretativo em que poderia ter sido chamado o VAR e, curiosamente, acabou que não foi”.

Apesar dos erros de arbitragem, Cuca reconheceu os méritos do adversário e disse que era preciso ressaltar a atuação da Chapecoense:

“Foi uma bela partida”, afirmou. “Mereceram o empate, dentro da proposta que fizeram, ainda que eu ache que esses pênaltis, um deles pelo menos, poderia ter sido o diferencial do jogo”.

ENTREVISTA COMPLETA DE CUCA NA TV GALO:

Fonte: https://agenciaesporte.com.br/proxy/atletico.php?slug=cuca-lamenta-empate-e-penaltis-nao-marcados

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana