BRASIL E MUNDO

Mais de mil famílias recebem o título definitivo de terra

Publicado


.

Em Ipanguaçu, no Rio Grande do Norte, o Governo Federal anunciou uma série de ações para beneficiar a população, em especial os trabalhadores do campo. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), entregou títulos de domínio para 1.060 famílias de agricultores, de 13 municípios do estado. Esse título é um documento que transfere o imóvel rural ao assentado da reforma agrária em caráter definitivo.

Segundo a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, essas entregas representam um número recorde ao estado nos últimos tempos. “Nós já entregamos, desde o início do governo, 500 títulos, portanto, hoje, nós completamos mais títulos do que os últimos quatro governos entregaram no Rio Grande do Norte”, disse a ministra. 

E afirmou que as entregas vão continuar. “Nós viemos aqui hoje para dar o pontapé. Nós vamos até o final do governo do Presidente Jair Bolsonaro titular todos os títulos do Rio Grande do Norte”, completou a ministra. “E vocês serão donos dos seus narizes, serão donos das suas terras, poderão passar para os seus filhos, poderão trazer o jovem de volta para o campo”.

O Ministério da Agricultura também autorizou a liberação de R$ 2,217 milhões para a construção de uma adutora e um reservatório na comunidade do município Porto do Mangue. “Isso trará água para beber, água para os alimentos, água para produzir”, disse.

Outros R$ 707 mil também serão destinados para a recuperação de estradas vicinais na região, que são vias secundárias que ligam dois pontos vizinhos. Com a ação, o Ministério quer facilitar o escoamento da produção local. Todos esses empreendimentos vão beneficiar 380 famílias de seis assentamentos no estado.

 

Crédito da reforma agrária

 

Em 2019, o estado do Rio Grande do Norte teve acesso a créditos da União referentes à reforma agrária no valor de R$ 6,1 milhões. Em 2020, foram disponibilizados mais R$ 6,1 milhões de crédito para o setor. “Portanto, nesse um ano e meio de governo, já entregamos R$ 12 milhões em crédito para os pequenos produtores do Rio Grande do Norte”, destacou a ministra.

 

IDH Ipanguaçú

 

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDHM) de Ipanguaçu, no Rio Grande do Norte, foi de 0,603, em 2010. É o que aponta o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. O município ocupa a 4.081ª posição entre as 5.565 cidades brasileiras. Nesse ranking, o maior IDHM é 0,862, de São Caetano do Sul (SP), e o menor é 0,418, do município de Melgaço (PA).

Fonte: Brasil.gov

Comentários Facebook
publicidade

BRASIL E MUNDO

Internet gratuita e construção de moradias rurais são parte das ações anunciadas pelo Governo Federal para o Maranhão

Publicado


Cerca de três mil maranhenses que vivem em áreas remotas de Imperatriz, Balsas e Açailândia passam a ter acesso à internet gratuita e ilimitada. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (29) e faz parte de um conjunto de ações do Governo Federal para a população do Maranhão divulgado pelo Presidente Jair Bolsonaro e ministros durante evento em Imperatriz.

Ainda foi anunciada a retomada da construção de 218 moradias rurais que estavam paralisadas no estado e o início da elaboração do projeto do Aeroporto Regional de Balsas. E entregue patrulhas agrícolas a associações de produtores rurais.

Internet gratuita

Em Imperatriz, o ponto de internet, que faz parte do programa Wi-Fi na Praça, do Ministério das Comunicações, fica em uma escola municipal do povoado conhecido como “KM 1700”.

Além de apoiar o trabalho dos professores e auxiliar os alunos nos estudos, quem estiver em um raio de 200 metros da antena instalada poderá contar com a internet ilimitada, de 20 megas, no celular ou no computador. É o caso também de uma escola pública do município de Balsas.

“Aqui bem pertinho, no povoado 1700, a partir de hoje, vai ter internet de graça para o povo. Em Balsas, a partir de hoje também tem Wi-Fi na Praça. Aqui [em Imperatriz] vai ser na Escola Afonso Pena onde os professores e alunos poderão ir num raio de 200 metros. Foi instalada essa antena da Telebras”, disse o ministro das Comunicações, Fábio Faria. “Aqui no Maranhão já são 1,3 mil pontos de internet para o povo pobre ter acesso gratuito”, completou.

O objetivo do Wi-Fi na Praça é permitir o acesso gratuito à internet às regiões com baixo índice de conectividade por meio da instalação de antenas.

Já em Açailândia, o sinal está disponível e será instalado em estabelecimento público indicado pelo município. A conexão integra o projeto Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (GESAC), que oferta internet com 10 mega de velocidade.

Em todo o Maranhão, já são 1.297 antenas de conexão por satélite, de acordo com o Ministério das Comunicações. A maioria das antenas, 88%, está localizada em escolas públicas e o restante cobre unidades de saúde e de segurança pública, aldeias indígenas e espaços comunitários de inclusão digital.

Moradias

As 218 unidades habitacionais que terão a construção retomada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional vão beneficiar mais de 870 pessoas. Elas estão localizadas em Setubinha (39 unidades), Maranhãozinho (49), São Luis (80) e Bacabal (50).

Aeroporto

Durante o evento, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, assinou a ordem de serviço que autoriza a elaboração dos estudos e do projeto do Aeroporto Regional de Balsas. O investimento federal será de R$ 1,7 milhão, por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

Pelo projeto, o aeroporto vai ter um terminal de passageiros, seção contra incêndios, pátio de estacionamento de aeronaves e pista de táxi. Estão previstos, também, estudos ambientais e projeto de engenharia. O prazo para a elaboração do documento é de 15 meses.

Patrulhas Agrícolas

Duas patrulhas agrícolas foram entregues para associações de trabalhadores rurais, um investimento de R$ 230 mil por meio da Codevasf. As máquinas foram para a Associações de Trabalhadores Rurais Feiranovense Monte das Oliveiras, em Feira Nova do Maranhão, e de Produtores Rurais na Agricultura Familiar da Comunidade Riacho do Mato e Região, do município de Balsas.

Fonte: Brasil.gov

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana