BRASIL E MUNDO

Mais de 500 pessoas podem ter morrido em onda de calor no Canadá

Publicados

em


source
Crianças se refrescando no parque aquático comunitário em Richmond, na Colúmbia Britânica
Don MacKinnon/AFP

Crianças se refrescando no parque aquático comunitário em Richmond, na Colúmbia Britânica


Mais de 500 pessoas podem ter morrido em decorrência do forte onda de calor que atingiu o Canadá , na última semana do mes de junho. Segundo as autoridades locais, a estimativa é baseada em um comparativo entre a média desse tipo de óbitos e o registro de mortes semanais. As informações são do Uol.

A chefe do Departamento de Medicina Legal da província da Colúmbia Britânica, Lisa Lapointe, afirmou em entrevista ao The Guardian que foram 719 mortes na última semana, que registrou recordes diários de altas temperaturas. Lisa declarou ser “sem precedentes” o auto número de mortes e disse acreditar que “o clima extremo é um fator que contribuiu significativamente para o aumento de mortes”.

De acordo com Lisa Lapointe, a média de mortes repentinas semanais é de 230, e que por este fator acredita que mais de 500 pessoas tenham tido o calor como causador de tantos óbitos. Ela ainda reiterou que a maioria dos falecidos eram idosos e com residências com poucas opções de ventilação.

A chefe-legista indicou que as investigações durarão semanas para serem concluídas e não descartaria um acréssimo no número de vítimas que foi compultado até agora.


Na última semana, a Colúmbia Britânica registrou altas temperaturas e a cidade de Lytton registrou recordes históricos no país, atingindo 46,5°C, 47,8°C e 49,6°C, respectivamente, nos dias 27, 28 e 29 de junho. Os Estados Unidos também tem registrado mortes em consequência do “domo de calor”, a onda de ar quente que atingiu o território da Califórnia ao Ártico. Cerca de 110 pessoas faleceram, neste período.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Brasil registra 318 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

Publicados

em


source
Veja o andamento da pandemia de Covid-19
Bianca Muniz, Bruno Fonseca, Mariama Correia

Veja o andamento da pandemia de Covid-19

Com 318 novos óbitos nas últimas 24 horas, o Brasil chega a 605.457 mortes causadas pela Covid-19 . Também foram registrados 11.716 novos casos da doença, totalizando 21.723.559 desde o começo da pandemia. Os dados são do Conass (Conselho Nacional das Secretarias de Saúde.

Por problemas técnicos, dois estados mantiveram os números da sexta-feira (22) no balanço do Conass: São Paulo e Mato Grosso. Com 151 mil óbitos, o estado de São Paulo lidera o ranking de mortes pela Covid-19. Minas Gerais surge na segunda colocação, com 55 mil registros de óbito, enquanto o Paraná fica em terceiro com 40 mil.

O estado com menos óbitos e casos no Brasil é o Acre. Foram registrados 1.844 óbitos e 88 mil casos do novo coronavírus desde o começo da pandemia.

O Brasil já aplicou mais de 263 milhões de doses das vacinas contra a Covid-19 disponíveis. Mais de 110 milhões de pessoas já estão com esquema vacinal completo. O país que mais aplicou a vacina contra a Covid-19 foi a China, com 2,23 bilhões de doses.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana