POLÍTICA MT

Lúdio requer ao governador sequenciamento genético de coronavírus em Mato Grosso

Publicados

em


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado estadual e médico sanitarista Lúdio Cabral (PT) apresentou requerimento ao governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM) para que providencie a realização de sequenciamento genético (genômico) para identificar variantes genéticas do vírus Sars-CoV-2 circulantes no território do estado. As análises devem ser feitas a partir de amostras de pacientes diagnosticados e residentes em Mato Grosso, especialmente os suspeitos de reinfecção.
“Pesquisas mostram que a reinfecção se deve a variantes genéticas que conseguem burlar o sistema imunológico de quem já teve covid-19. Precisamos saber se a variante amazônica do coronavírus está circulando em Mato Grosso. Caso isso se confirme, precisamos ampliar as medidas de rigor da pandemia no nosso estado. Essa informação é de vital importância para a tomada de decisões sobre medidas de isolamento social, de organização da atenção à saúde e de vigilância epidemiológica”, explicou Lúdio.
Na justificativa do requerimento, apresentado na sessão de terça-feira (16), Lúdio argumentou que variantes mais transmissíveis e, possivelmente mais agressivas do coronavírus, foram identificadas em estados que fazem divisa com Mato Grosso, como Amazonas, Pará e Rondônia, além de outros estados brasileiros.
“As possíveis consequências sanitárias resultantes da circulação dessas novas variantes, como reaceleração da taxa de contágio, sobrecarga do sistema de saúde, reinfecções e apresentações clínicas mais graves, exigem que a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso proceda, com a máxima urgência, a realização da medida de vigilância genômica aqui requerida, para identificação das variantes genéticas do vírus Sars-CoV-2 que circulam em nosso território”, diz trecho do requerimento.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA MT

Dal Molin articula doação de cestas básicas para famílias do norte de Mato Grosso

Publicados

em


Foto: Marcos Lopes

Os municípios na área de abrangência da região Vale do Teles Pires serão incluídos no programa Vem Ser Mais Solidário, criado pelo governo de Mato Grosso como forma de minimizar os impactos financeiros causados pela pandemia da Covid-19.

A inclusão de 15 municípios ao programa foi confirmada, na segunda-feira (12), pela primeira-dama do estado Virgínia Mendes, durante reunião com o deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC).

 “Como representante do Vale do Teles Pires, estamos levando uma ótima notícia. O governo também contemplará nossa região. Fico agradecido ao ver que o estado estende a mão para ajudar aqueles que realmente necessitam, levando esse alimento esperado ansiosamente por centenas de famílias”, pontua Dal Molin ao destacar a importância da iniciativa.

“A pior sensação para um pai de família é ver seus filhos pedindo comida. A fome não espera e é exatamente por isso que nós, agentes públicos, devemos agir com celeridade para amenizar o sofrimento dessas pessoas”, completa.

Em resposta, a primeira-dama agradeceu o empenho do deputado Xuxu Dal Molin. O parlamentar utilizou a estrutura de seu escritório regional, em Sorriso, para levantar dados referentes às famílias em situação de vulnerabilidade social da região norte do estado. 

 “Obrigado, deputado, pela força e pela união. A gente precisa de ‘braços’ para chegar a todas as regiões de Mato Grosso. Vamos dar continuidade a essa parceria, espero continuar contando com esse apoio”, enalteceu Virgínia Mendes ao protocolar o Ofício nº 069/2021, encaminhado pelo gabinete de Dal Molin.

Além de Sorriso, o documento também requer a inclusão dos municípios de Cláudia, Ipiranga do Norte, Feliz Natal, Itanhangá, Lucas do Rio Verde, Nova Maringá, Nova Mutum, Nova Ubiratã, Santa Carmem, Santa Rita do Trivelato, Sinop, Tapurah, União do Sul e Vera.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana