AGRO & NEGÓCIO

Lote com desconto para Congresso Nacional de Milho e Sorgo encerra no dia 30 de junho

Publicados

em

Encerra nesta quinta-feira, dia 30 de junho, o primeiro lote com desconto para participação no XXXIII Congresso Nacional de Milho e Sorgo (CNMS). Além dessa oportunidade, há o lote promocional (200 vagas) com valor de R$ 220, que dará também acesso gratuito ao Irrigafácil – a capacitação on-line da Embrapa em Uso e Manejo de Irrigação, em turma exclusiva que será aberta a partir de fevereiro de 2023. A partir do dia 1º de julho, próxima sexta-feira, o valor da inscrição para o Congresso já será alterado para R$ 320. Inscreva-se em www.abms.org.br/cnms/lotepromocional.html

O XXXIII Congresso Nacional de Milho e Sorgo acontece de 12 a 15 de setembro de 2022 em formato híbrido, sendo on-line para os inscritos e presencial para convidados, em Sete Lagoas, cidade localizada na região Central de Minas Gerais. O evento técnico-científico é realizado a cada dois anos pela ABMS (Associação Brasileira de Milho e Sorgo). Nesta XXXIII edição, a organizadora é a Embrapa Milho e Sorgo, com o tema “Brasil: 200 anos de independência – Sustentabilidade e desafios para a cadeia produtiva de grãos”.

A Coordenação Geral do XXXIII CNMS oferece ao Brasil um evento âncora de oportunidades de conexões para integração de esforços em inteligência estratégica, planificação, novos ordenamentos territoriais, pesquisa, desenvolvimento e inovação. O congresso pretende ser indutor de maior impacto dessas cadeias produtivas, em prol da maior independência tecnológica para a matriz nacional e da agregação de valor para o mercado brasileiro.

SERVIÇO

XXXIII Congresso Nacional de Milho e Sorgo

Quando: 12 a 15 de setembro de 2022

Formato: On-line

Onde: Sete Lagoas-MG

Lote promocional até o dia 30/06/2022

Mais informações em www.abms.org.br/cnms/paginas/1_home.php

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
Propaganda

AGRO & NEGÓCIO

Custos de produção da suinocultura aumentaram em julho

Publicados

em

Conforme a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa, em Santa Catarina, principal estado produtor, no mês passado o custo de produção da suinocultura aumentou em 2,8% em comparação com o mês de junho, passando para  R$ 7,55 por quilo do animal criado em sistema completo. 

Essa alta tem como base a alteração do cálculo, que passou a contabilizar os gastos com transporte de alimentação animal, além da correção de valores dos investimentos imobilizados em edificações e equipamentos, que pesou sobre os custos fixos.

Com o ajuste nos valores dos investimentos somada  à redução de 1,68% nas despesas com alimentação, o indicador de custos da avicultura de corte no Paraná fechou o mês com baixa de 0,36%, a R$ 5,45 por quilo do frango produzido em aviário climatizado em pressão positiva.Porém, em 12 meses, o índice ainda acumula alta, de 5,3%.

Fonte: AgroPlus

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana