POLÍTICA NACIONAL

Lira pede apoio dos países desenvolvidos para a preservação da Amazônia

Publicados

em


O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse nesta quinta-feira (22) que a Câmara se orgulha de ter ajudado a construir leis robustas na área de meio ambiente. “Mas o desafio tecnológico, logístico e financeiro de fiscalizar e monitorar o último continente verde é imenso. Para esta tarefa, o Brasil está aberto para todo o apoio global”, afirmou em suas redes sociais.

“A Amazônia e todos os nossos biomas são ativos globais. Mas são patrimônio do povo brasileiro. Fica aqui nosso compromisso com a preservação, utilizando as suas riquezas de forma sustentável e equilibrada.

As leis aprovadas pelo Congresso na área ambiental foram fruto de debate democrático entre todas as partes interessadas. São modernas e atuais. Mas sempre há espaço para melhorar. Seguiremos buscando o aperfeiçoamento e respeitando a segurança jurídica”, continuou.

Lira lembrou que as leis estão acima de qualquer governante. “E a Câmara sempre contribuiu com marcos legais importantes na área da sustentabilidade. Mas o mundo precisa compreender que o desafio logístico, tecnológico e financeiro de monitorar e fiscalizar a Amazônia é gigantesco. E que por isso, pedimos apoio e cooperação das nações mais desenvolvidas”, concluiu.

Da Redação/WS

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro concede medalha de mérito a Lira, Pacheco, Michelle e 12 ministros

Publicados

em


source
Bolsonaro, Lira e Pacheco
Reprodução

Bolsonaro, Lira e Pacheco

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) concedeu a Medalha do Mérito Oswaldo Cruz a alguns ministros, presidentes do Congresso e até à primeira-dama, Michelle Bolsonaro. A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (28).

Entre os 12 ministros condecorados estão Paulo Guedes (Economia), Fábio Faria (Comunicações), Milton Ribeiro (Educação), Luiz Ramos (Secretaria-Geral da Presidência) e Walter Braga Netto (Defesa). 

Entre os aliados, receberam a homenagem o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e o general Joaquim Silva e Luna, indicado por Bolsonaro para presidir a Petrobras.

O médico-cirurgião que realizou a operação do presidente após a facada em setembro de 2018, Antônio Luiz de Macedo, também receberá a honraria.

A homenagem é concedida a pessoas que tenham se destacado “de forma notável ou relevante” e contribuído para o bem-estar físico e mental da coletividade brasileira.


Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana