economia

Léo Picon alega ter recebido Pix de R$ 1,5 milhão de Jade; é possível?

Publicados

em


source
Léo Picon alega ter recebido Pix de R$ 1,5 milhão de Jade; é possível?
Reprodução/Instagram

Léo Picon alega ter recebido Pix de R$ 1,5 milhão de Jade; é possível?

Na última quinta-feira (13), o influenciador digital Léo Picon afirmou em entrevista para um canal do YouTube que recebeu um Pix no valor de R$ 1,5 milhão da irmã, a também influenciadora Jade Picon. Ele teria descoberto a transferência após voltar de uma viagem de Fernando de Noronha (PE). O presente teria acompanhado a mensagem: “Léo, eu te amo”.

Vale lembrar que a quantia é a mesma ofertada ao vencedor do Big Brother Brasil, programa para o qual  Jade está cotada.

Mas será que é realmente possível fazer uma transferência de um valor tão alto como esse de uma só vez? O iG perguntou ao Banco Central, responsável pelo sistema de pagamentos instantâneos.

“No Pix não existem limites máximos de valores. Cabe a cada instituição definir os limites conforme o perfil dos clientes, baseado nas regras e parâmetros definidos pelo Banco Central na Instrução Normativa BCB nº 196 “, afirmou a instituição. “Ou seja, se o valor de R$ 1,5 milhão estiver compatível ao perfil do cliente, ele conseguirá fazer a transação via Pix”, continuou.

Entretanto, à noite, entre às 20hrs e às 6hrs,  o Pix tem limite de R$ 1 mil para transações entre pessoas físicas. Mas esse valor pode ser alterado, a pedido do cliente.

Comentários Facebook
Propaganda

economia

CMN simplifica abertura de contas em dólares por governos locais

Publicados

em


Órgãos e empresas estatais dos estados, do Distrito Federal e dos municípios poderão abrir contas em moeda estrangeira para receberem empréstimos de organismos internacionais, decidiu hoje (27) o Conselho Monetário Nacional (CMN). A resolução entra em vigor imediatamente.

Segundo o Banco Central (BC), a medida tornará mais eficiente o processo de autorização de operações de crédito externas. Os empréstimos da União, dos estados e dos municípios com organismos internacionais são analisados e autorizados pela Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex) do Ministério da Economia.

O CMN também autorizou a constituição, a partir de 2 de março, de contas em moeda estrangeira para que fundos de provisionamento depositem garantias para o descomissionamento (desinstalação) de plataformas de petróleo e de gás natural em contratos firmados com a União. Essas garantias têm como objetivo cobrir eventuais riscos no processo de desativação das estruturas.

De acordo com o BC, a abertura de conta em moeda estrangeira reduz o risco cambial (alta repentina do dólar) e reduz o custo financeiro. Isso porque as garantias estão atreladas a bens e a serviços com preços definidos internacionalmente. Em julho de 2020, a Petrobras iniciou o descomissionamento de plataformas antigas.

O Banco Central esclareceu que essas medidas não têm relação com a nova lei cambial, sancionada em 29 de dezembro do ano passado e que só entrará em vigor em 30 de dezembro deste ano. As flexibilizações, informou o órgão, dizem respeito apenas a contas vinculadas a finalidades específicas, que não estão disponíveis para o cidadão.

Edição: Claudia Felczak

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana