Várzea Grande

Kalil Baracat entregará R$ 15 milhões em obras e anuncia novo Pronto Socorro

Publicados

em

Duas obras marcaram o início das festividades em comemoração aos 154 anos de Fundação de Várzea Grande, a segunda maior cidade de Mato Grosso e a 97ª maior população do Brasil.

A iluminação e ciclofaixa da Estrada da Guarita ou Avenida Aleixo Ramos, uma das principais artérias do trânsito entre a Capital e a cidade industrial, e o Miniestádio Edmir Ragazzi Júnior, anexo ao Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Wilson Sodré Farias, revitalizado no ano de 2020.

Essas obras fazem parte de um pacote de medidas implementados pela administração Kalil Baracat e José Hazama, e visam manter aquecida a economia local, além de preparar a cidade para a retomada de suas atividades, assim que os efeitos da pandemia da COVID-19 passarem.

“Tenho reafirmado minha convicção de que estamos no caminho certo e tomando as medidas necessárias para atender as demandas de Várzea Grande e de sua gente, tanto que estamos realizando entregas sem festas, respeitando as regras de biossegurança por causa da pandemia, mas não deixando de procurar meios e maneiras que manter a economia girando, o emprego em alta e os benefícios para a cidade e sua população”, explicou o prefeito.

Ele lembrou que cada obra ou ação tem sua representatividade perante a população, que utiliza de forma mais efetiva ou esporadicamente, mas todas são fundamentais, como a iluminação em LED da Estrada da Guarita, demanda ainda a Rodovia Mário Andreazza, que é acesso ao Sul e Norte de Mato Grosso e do Brasil. Essa obra ainda agregou uma ciclofaixa para os amantes da vida saudável que podem andar a pé ou de bike (bicicleta) e terão a presença constante da Guarda Municipal para monitorar o trânsito.

Já o Miniestádio Edmir Ragazzi Jr, anexo ao CMEI Wilson Sodré Farias, ainda tem em seu complexo equipamentos de academia de ginástica ao ar livre e a utilização do campo de futebol, que atenderá também os alunos do CMEI. “É muito reconfortante ver o nome de um filho querido, que Deus levou para perto de si, ser reconhecido por amigos”, disse a mãe do homenageado, Maria das Graças Metello.

A programação de 14 dias de aniversário da cidade segue até o dia 21 de maio e totalizará R$ 15,015 milhões em obras e serviços finalizadas e entregues à população várzea-grandense. Atualmente, Várzea Grande executa um pacote de 115 obras públicas com investimentos totais de R$ 165 milhões de recursos próprios, estaduais e federais.

“Fui eleito pela população várzea-grandense, tenho compromissos assumidos e não vou correr deles. Com apenas quatro meses de trabalho, estamos entregando obras estruturantes e importantes, contamos também com o apoio do Governo do Estado, da Câmara Municipal de Vereadores e das bancas estaduais e federais para trazer recursos para Várzea Grande. Esta é a primeira de muitas obras que iremos entregar aos várzea-grandenses”, declarou o prefeito Kalil Baracat, assinalando que conhece os problemas que mais afligem a população como a questão da água e do saneamento básico, cujas soluções estão avançando.

“Tenham a certeza e a convicção de que iremos avançar na solução deste problema que demanda tempo e investimentos, mas não vão faltar disposição e determinação para superarmos junto com a população a questão da água, mas de forma transparente, eficiente e equilibrada em relação ao custo destes investimentos”, disse Kalil Baracat.

Segundo dados do secretário de Serviços Públicos, Breno Gomes, a nova rede de iluminação executada em toda extensão da via pública Aleixo Ramos ganhou 110 postes e 330 luminárias em LED, além de novas sinalizações horizontais e verticais que também beneficiaram a ciclovia. “São investimentos de cerca de R$ 1.155 milhões, que vão trazer segurança aos moradores da região e aos motoristas que trafegam por aqui. Pois este já é um novo corredor de acesso à capital Cuiabá, que ajuda a desafogar o trânsito da Ponte Nova, da Avenida da Feb e da Avenida Paraná”, explicou Breno Gomes.

Durante a entrega, Kalil Baracat anunciou a construção de um novo hospital e pronto-socorro para o município, que terá aporte financeiro de emendas federais do senador Jayme Campos e estaduais do deputado federal Carlos Bezerra, além do apoio do governador Mauro Mendes e dos deputados estaduais, capitaneados pelo deputado Eduardo Botelho, além de fazer o anúncio de investimentos em infraestrutura em pavimentação, saneamento básico e para solucionar o problema de abastecimento de água no município.

Também confirmou as obras de uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS) no  Residencial José Carlos Guimarães e região, que vem crescendo de forma acelerada por causa de outros investimentos, como o Parque Tecnológico que fica próximo na região do Chapéu do Sol.

“Quando procurei pelo senador Jayme Campos e pelo deputado Carlos Bezerra, o apoio para construir um novo hospital e pronto-socorro foi imediato. Assim como também buscamos o senador Wellington Fagundes, que destinou R$ 5 milhões de emenda para pavimentação asfáltica”, disse ele, acrescentando que só neste ano, Várzea Grande recebe um investimento de R$ 74 milhões para saneamento básico, infraestrutura urbana e pavimentação asfáltica.

“São 23 milhões na estação de tratamento de água, onde já foi medido o investimento de mais de R$ 10 milhões de recursos próprios do município, no qual a ex-prefeita Lucimar deixou em caixa para ser usado nessa obra. E foi aprovado pela Câmara Municipal um empréstimo junto à Caixa Econômica Federal, que permitirá o investimento de R$ 24 milhões para a Estação de Tratamento de Esgoto do bairro Santa Maria, o qual beneficiará quase 90 mil pessoas da região. E, R$ 50 milhões para infraestrutura, urbanização e asfaltamento dos bairros da cidade”, detalhou o gestor.

O chefe do Executivo Municipal também foi enfático ao afirmar que irá combater as perdas de água tratada no município, que atualmente chega a um quarto da produção. “Uma cidade como Várzea Grande com 300 mil habitantes precisa de uma produção de 600 litros de água tratada por segundo. E hoje produzimos 800 litros de água por segundo, ou seja, 200 litros por segundo a mais que são desperdiçados na rede de distribuição e não chegam até à torneira da população”.

O senador Jayme Campos afiançou as palavras do prefeito Kalil Baracat, confirmando o anúncio de recursos federais para a construção de um novo hospital e pronto-socorro para a cidade como para os investimentos em água, esgoto e asfalto novo. “A prefeitura de Várzea Grande é uma das gestões com melhor saúde financeira do país. Isso significa que além de dinheiro em caixa, possui capacidade para contrair novos empréstimos. Tenho fiscalizado de perto as obras de asfaltamento e de saneamento, e, muito em breve todos viverão uma nova realidade. Apoiamos o prefeito Kalil Baracat e vemos que ele caminha para ser o maior e melhor prefeito que Várzea Grande já teve”, disse o senador.

Jayme Campos sinalizou ainda que não se trata de um caso atípico e sim de ter feito a escolha certa ao defender o nome de Kalil Baracat para prefeito de Várzea Grande. “Ele tem compromisso com a cidade e sua gente. Você sente que ele tem, sob os ombros, toda uma história política da avó, Sarita Baracat, e do pai Nico Baracat, que foram importantes e fundamentais na consolidação de nossa Várzea Grande. Eu não tenho dúvidas que assim como Lucimar Campos, Kalil Baracat será um dos melhores prefeitos de Várzea Grande e continuará com uma gestão exitosa e de resultados para a cidade e sua população e, no que depender de mim e da Lucimar, pode contar que estaremos ao seu lado, pois sabemos de sua dedicação e honradez”.

Já a ex-prefeita Lucimar Sacre de Campos, presente a inauguração do Miniestádio Edmir Ragazzi Jr, sinalizou como fundamental o apoio que o prefeito Kalil Baracat tem recebido dos parlamentares e do Governo do Estado e frisou que todos estarão ao lado dele para o que for melhor para Várzea Grande, pois todos tem amor pela cidade e respeito por sua gente merecedora de dignidade no tratamento.

“Todos sabemos que existem problemas e que eles serão vencidos e superados, como muitos foram nos últimos anos e agora Kalil Baracat está trabalhando de forma firme e decidida na solução dos mesmos, pois não falta a ele perseverança, dedicação e competência”, frisou Lucimar Sacre de Campos, lembrando que uma gestão não se faz apenas com bonitas palavras e grandes obras, mas sim, com um conjunto de medidas responsáveis e equilibradas, qualidades que sobram ao novo prefeito.

Primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, também afirmou  que a Assembleia Legislativa e todos os 24 deputados têm um olhar diferenciado para a Baixada Cuiabana, precisamente por Cuiabá e Várzea Grande,  que acabam sendo referência para uma série de necessidades da população de outros municípios, como na área de saúde.

“Temos demonstrado, na prática, que o Poder Legislativo tem viabilizado políticas públicas, facilitando a atuação do Governo Mauro Mendes e de todos os prefeitos, como Kalil Baracat, que tem superado todas as expectativas ao manter um ritmo acelerado de realizações, mesmo no início do mandato, não ficando a desejar para nenhum  outro gestor público. Sabemos que é muito difícil superar a gestão de Lucimar Campos, mas não se trata de superar e sim de continuar mantendo uma gestão resolutiva para os problemas da população e para o crescimento de Várzea Grande. É bonito ver a dedicação e o esforço de um jovem político realizador como Kalil Baracat”, disse Eduardo Botelho.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Várzea Grande

Prefeitura abre vacinação contra Covid-19 para pessoas de 45 anos sem comorbidades

Publicados

em

Várzea Grande avança na campanha de vacinação contra a COVID 19 agora para idade de 45 a 59 anos sem comorbidade e para gestantes e puérperas, neste caso específico com laudo médico para resguardar a vida da mãe e da criança.

“Estamos trabalhando em prol do melhor para a cidade e para sua população e neste momento o mais importante é vacinar a todos o mais rápido possível”, disse o prefeito Kalil Baracat sinalizando que o Ministério da Saúde cumprindo com a determinação do presidente Jair Bolsonaro de contemplar Várzea Grande e Cuiabá com vacinas extras, a segunda maior cidade de Mato Grosso tem amplas chances de abaixar a faixa etária para 35 anos ou até menos.

Prefeito de Várzea Grande, Kalil e a primeira-dama, visitam local de vacinação

O prefeito lembrou que assim como a capital, Várzea Grande sofre com a pressão por atendimento de pacientes de outras cidades do interior de Mato Grosso, de outros Estados e até mesmo de países com quem o Estado faz fronteira e sofre sempre com a busca por atendimentos médicos e oportunidade de emprego e renda.

“O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, quando nos atendeu acompanhado pelo senador Jayme Campos e pelo secretário de Estado, César Miranda, lembrou com propriedade que os Estados que fazem fronteira com outros países da América do Sul devem ter um tratamento diferenciado, até porque em Mato Grosso temos 902 km de fronteira com a Bolívia dos quais 720 km de fronteira seca por onde facilmente se pode entrar em ambos os países”, explicou ele defendendo as doses extras sem que isto prejudique outras cidades do Estado.

Kalil Baracat voltou a frisar que o ideal seria que houvesse vacina para todas as pessoas e ao mesmo tempo, mas como não tem, foi definido um Plano Nacional de Imunização – PNI do Ministério da Saúde que está sendo cumprido à risca por Várzea Grande.

“Faço questão de lembrar que não temos falta de vacina, aqueles que receberam a primeira dose tem a sua segunda dose resguardada e na medida do possível nós queremos avançar ainda mais”, pontuou o prefeito.

Já o secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo Barros, asseverou que a Saúde Pública Municipal tem atuado dentro das regras estabelecidas pelo Plano Nacional de Imunização – PNI, visando o bem-estar da população e que desde janeiro como começou a vacinar de forma ordenada e em momento algum houve risco para a população.

“Atuamos dentro de regras que levam em consideração o respeito as pessoas, o direito a vacinação e a serem imunizados, atendimento médico presente entre outras medidas dentro da área de saúde que tem sido a prioridade número um da administração Kalil Baracat”, disse o titular da Saúde sinalizando que o planejamento estratégico da pasta garante abaixar da faixa etária de 35 anos caso venha doses extras de vacinas anunciadas pelo Ministério da Saúde e pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Gonçalo Barros lembrou que Várzea Grande atua em diversas frentes e com vários programas como o Resgate Cidadão que foi criado para buscar aqueles com 60 anos ou mais e que perderam suas vacinas por um ou por outro motivo. “Nossa missão é permitir que todos indistintamente sejam vacinados com as duas doses, passando a ser imunizados na totalidade e estejam protegidos da COVID 19”, frisou Gonçalo Barros.

No site oficial de Várzea Grande pelo www.varzeagrande.mt.gov.br, na aba IMUNIZAÇÃO VÁRZEA GRANDE, a pessoa realiza seu pré-cadastro inserido os dados de documentos pessoas e as informações solicitadas sempre tendo o cuidado na digitação de números de documentos como CPF e Carteira do SUS e endereços de email para não conterem erros que impeçam a validação do agendamento pela Secretaria de Saúde de Várzea Grande e em até três dias úteis retorna ao mesmo endereço com seu CPF para confirmar o agendamento, data, horário e local e ser vacinado.

Este é o mesmo procedimento para pessoas com e sem comorbidades, pois o quadro clínico fica definido no ato do pré-cadastro e no ato da vacinação aqueles com comorbidades devem apresentar laudos médicos, o mesmo acontecendo para as gestantes e puérperas de forma indispensável e por segurança da mãe e da criança devem comparecer a vacinação com seus laudos médicos.

Nesta sexta-feira a vacinação acontece no Ginásio Fiotão das 8hs as 16hs para pessoas sem comorbidades. A partir das 16hs até as 20 horas acontece o Corujinha com o Resgate Cidadão para atender aquelas pessoas com 60 anos ou mais que por qualquer motivo deixaram de ser vacinados.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana