ENTRETENIMENTO

Justiça libera que Sikêra Jr. chame Xuxa de “dona Maria”

Publicados

em


source
xuxa e sikera jr
Reprodução

Xuxa é derrotada na Justiça mais uma vez em batalha com Sikêra Jr.

Dando continuidade à  batalha entre Xuxa Meneghel e Sikêra Jr. nos tribunais, a apresentadora sofreu a segunda derrota na mesma semana contra o âncora da RedeTV!. Ela havia pedido que Sikêra Jr. fosse proibido de citar seu nome no seu programa, mas a Justiça julgou como “censura prévia” e liberou também o uso de apelidos, como “dona Maria”.

“O Supremo Tribunal Federal tem entendido que contra exercício da liberdade de imprensa não cabe controle por órgãos do Estado, havendo, se o caso, possível separação por danos causados. Eventuais delineação de conteúdo, permissão ou proibição de publicação por parte do Estado tornariam vazia a garantia constitucional de livre expressão do pensamento”, disse a juíza Glaucia Lacerda Mansutti, da 45ª vara cível de São Paulo.

Essa foi a segunda derrota consecutiva de Xuxa, que no último dia 18 teve o pedido de tirar o programa “Alerta Nacional” do ar negado e primeiro instância.

Os advogados de Xuxa recorreram das decisões. Essas duas primeiras derrotas se referem aos pedidos feitos com “tutela antecipada”. Ou seja, aqueles em que a pessoa que fez a ação solicita uma decisão com urgência.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Henri Castelli mostra tratamento na boca após agressão

Publicados

em


source
Henri Castelli
Reprodução Instagram

Henri Castelli

Henri Castelli continua em seu tratamento após ter sido agredido  por quatro homens durante um evento em Alagoas, no fim do ano passado. O artista teve a mandíbula fraturada, na ocasião.

O ator de 42 anos mostrou uma das etapas para sua recuperação na noite desta sexta-feira. Nas imagens, Henri surge na cadeira de sua dentista, que opera com um aparelho na área bucal do artista.

“Juntos na recuperação. Se Deus quiser, chegaremos lá. Não está fácil, mas Deus é maior e vamos vencer sem sequelas”, afirmou o ator, através de suas redes sociais.

Há alguns dias, o cantor se pronunciou sobre o episódio: “Vocês devem ter visto que eu dei entrada na Santa Casa de Alagoas no final do ano por ocasião de um acidente na academia. Mas a verdade é que não foi um acidente e não foi na academia. Eu fui agredido covardemente, sem que eu pudesse reagir ou me defender. Eu estava com alguns amigos e, do nada, fui puxado pelas costas, pelo pescoço, jogado no chão e agredido. Vítima de socos e chutes no rosto, que levaram a uma fratura exposta na minha mandíbula. A impressão que eu tinha é de que minha boca estava pendurada naquele momento”, disse, ele, que complementou:

Você viu?

“Os vídeos serão juntados ao processo. O médico e sua equipe optaram por amarrar a minha boca com um fio de aço para que eu fizesse a cirurgia em São Paulo e pudesse cumprir meus compromissos de trabalho”.

Já Lucas Doria, advogado de dois dos envolvidos na briga, os empresários Guilherme Aciolly e Bernardo Malta, deu outra versão. De acordo com ele, Henri teria se dirigido a Bernardo para reclamar que a festa que ele cedeu os convites não estava legal. Eles, ainda conforme o advogado, teriam discutido.

“Foi aí que Henri Castelli deu um soco que atingiu Guilherme, que só revidou. Henri tentou agredir o Bernardo, o soco pegou no amigo Guilherme, que estava com ele no local. Esse amigo reagiu, de forma instintiva, recebeu um soco e deu outro logo em sequência”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana