TECNOLOGIA

Juliette vai ganhar R$ 1,5 mi ‘em um piscar de olhos’ na internet, diz analista

Publicados

em


source
Juliette vai ganhar muito dinheiro com a internet
Reprodução/Instagram

Juliette vai ganhar muito dinheiro com a internet



De campeã do Big Brother Brasil 2021 a influenciadora digital, Juliette Freire pode fazer muito dinheiro na internet. Especialistas estimam que o prêmio de R$ 1,5 milhão do reality show, que a paraibana conquistou na noite desta terça-feira (4), pode ser pouco perto dos contratos que a esperam.

Além do sucesso no BBB 21 , a trajetória de Juliette no programa também garantiu um sucesso inédito nas redes sociais . Com mais de 23 milhões de seguidores no Instagram –  número que já ultrapassa o de Grazi Massafera -, a advogada é a participante mais seguida da edição. Levando em consideração todas as edições do BBB, ela fica atrás apenas de Sabrina Sato, que tem mais de 29 milhões de seguidores.

E não é só em número de seguidores que Juliette faz sucesso, já que o  engajamento da sister nas redes sociais  também impressiona. De acordo com um levantamento da Socialbakers, empresa que faz análises para otimização de performance em redes sociais, 30% de todas as interações sobre o BBB 21 no Twitter e no Instagram foram sobre Juliette.

Alexandra Avelar, country manager da Socialbakers no Brasil, explica que as marcas buscam um fator que vai além de número de seguidores ou de engajamento: o quanto um influenciador consegue “passar o recado” para o seu público.

“A Juliette é uma personagem do Big Brother Brasil 21 que trouxe e gerou extrema empatia com o público de fora da casa. E essa identificação dela com o público é um ponto-chave para que haja, além de um grande número de seguidores, índices positivos de engajamento. Esse lado mais humano vem sendo muito procurado pelas marcas justamente como uma forma de aproximação com seu público e por isso, certamente o perfil da Juliette disputará a preferência das marcas e ficará em alta por um bom tempo”, analisa Alexandra.

Você viu?

Quanto Juliette vai ganhar fora da casa?

Esse sucesso todo vai se transformar em dinheiro para Juliette a partir do momento que ela sair da casa mais vigiada do Brasil. Ricardo Meneghini, Head de marketing da agência Raccoon, explica que a campeã do BBB 21 pode ganhar dinheiro de diversas formas enquanto influenciadora digital .

“A partir do momento que ela sair da casa do BBB, inúmeras marcas já estarão em sua porta para aproveitar a sua exposição e divulgar em suas redes. Os ‘publi posts’ e as ações em outros canais, como tv, rádio, novelas, trazem quantias inimagináveis. Além disso, oportunidades como licenciamento de produtos, lançamentos de marcas e empresas próprias, se tornam muito reais para ela”, exemplifica.

Ricardo estima que uma única publicação nas redes sociais de Juliette pode custar dezenas de milhares de reais para marcas. Antes mesmo da paraibana deixar a casa, marcas já chegaram a sondá-la para pagar R$ 200 mil por publicação .

Além dos posts nas redes sociais, Ricardo também prevê que Juliette deve fechar contratos milionários com anunciantes maiores, com valores que vão refletir seu sucesso na internet . “Como o nível de reconhecimento dela é um dos maiores da história, muito provavelmente veremos recordes também nos valores de contratos publicitários”, afirma.

“Por mais relevante que o prêmio seja, muito provavelmente a Juliette acumulará mais de R$ 1,5 milhão num piscar de olhos. Sua equipe deve ter diversas propostas de parcerias na mesa com valores estrondosos”, diz o especialista. Para Alexandra, “não deve demorar mais que alguns poucos meses” para que a sister receba mais de R$ 1,5 milhão em publicidade.

Para os especialistas, o caso de sucesso de Juliette enquanto influenciadora digital é fruto de trabalho em equipe. “Enquanto ela mostra quem é em rede nacional, seu time faz um excelente trabalho ao imprimir sua marca nas redes, mesmo sem sua participação neste momento. Unir uma grande audiência com um nível alto de engajamento é sem dúvida o caminho certo para que ela garanta seu sucesso como influenciadora digital”, diz Alexandra.

“As pessoas seguiram e gostaram dela por seu jeito, sua essência e seu carisma mostrados no programa, além de um ótimo trabalho de sua equipe nas redes sociais. O segredo é continuar mostrando seu perfil verdadeiramente no dia a dia e seguir seu propósito já apresentado”, opina Ricardo.

Comentários Facebook
Propaganda

TECNOLOGIA

Apple barrou quase 2 milhões de aplicativos perigosos em 2020

Publicados

em


source
Apple barrou aplicativos fraudulentos
Unsplash/Mihai Moisa

Apple barrou aplicativos fraudulentos

A Apple barrou quase dois milhões de aplicativos da App Store durante o ano de 2020, de acordo com estatísticas divulgadas pela própria empresa. Além disso, cerca de US$ 1,5 bilhão em pagamentos possivelmente fraudulentos foram impedidos. Esse tipo de divulgação é inédita para a gigante de tecnologia.

O número exato de aplicativos bloqueados ao longo do ano não foi revelado, mas a Apple afirma que “quase um milhão” de novos apps e “quase um milhão” de atualizações em apps já existentes foram rejeitados. Destes, 215 mil realizavam alguma violação de privacidade , 48 mil tinham “funções ocultas”, 150 mil eram clones de outros aplicativos e 95 mil tentaram adicionar recursos maliciosos depois de ganhar a confiança dos usuários.

Esta é a primeira vez que a Apple divulga abertamente estes dados. Embora não tenha citado isso em seu relatório, é possível que a  disputa judicial com a Epic Games tenha motivado a companhia a aumentar a transparência da App Store .

No processo, a Epic Games mostrou um documento que revela que a Apple soube de mais de 128 milhões de usuários que instalaram aplicativos com comportamento oculto em 2015. No documento público deste ano, a gigante de tecnologia reconheceu que é impossível detectar todos os problemas.

No relatório, a Apple ainda informou que sua loja de aplicativos impediu, em 2020, o uso de três milhões de cartões de créditos roubados, bloqueou um milhão de contas e barrou transferências “potencialmente fraudulentas” que somam US$ 1,5 bilhão.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana