ENTRETENIMENTO

Juliette dispensa playback, canta Anitta e homenageia Marilia Mendonça

Publicados

em


source
Juliette lota show de estreia no Rio
Reprodução/Instagram – 26/03/2022

Juliette lota show de estreia no Rio

“Você nunca esteve sozinha”. A frase dita por Tiago Leifert no discurso que consagrou Juliette a campeã do “BBB 21” no ano passado fez, mais uma vez, muito sentido. A cantora paraibana levou uma legião de cactos — como seus fãs são conhecidos — para assistirem seu show de estreia da turnê “Caminhos”, que aconteceu na noite do último sábado, no Rio, e fez bonito no palco cantando pra valer e ao vivo nas quase duas horas de apresentação.

Bastante emocionada e muito à vontade diante de uma plateia lotada (os ingressos foram de R$ 180 pista a R$ 360 camarote), ela dispensou o playback (base gravada que um artista utiliza em apresentações ao vivo) e soltou a voz nas 28 músicas do repertório. Em algumas, ainda fez coreografias, cantando e dançando ao mesmo tempo.

Com um palco com uma produção digna de pop star — com direito a ventilador de diva para deixar os cabelos esvoaçantes — o debut de Juliette contou com canções do seu primeiro EP e também versões de grandes sucessos da música brasileira e de artistas consagrados como Gilberto Gil, Fagner, Alceu Valença, Chico César, Duda Beat, Maria Gadú, Anitta e vários outros.

Um dos pontos altos foi a homenagem que a ex-BBB fez a Marilia Mendonça cantando o sucesso “De quem é a culpa?”.

“Ela representa feminismo, orgulho, coragem. Ela sempre estará viva em cada um de nós”, disse a paraibana antes de soltar o vozeirão. A ex-BBB terminou a apresentação sendo ovacionada pelo público, que gritava: “Cantora! Cantora”, seguido de: “Juliette, eu te amo”.

Veja Juliette cantando “De quem é a culpa?”, de Marilia Mendonça:

A plateia vibrava com cada apresentação e cantava em coro todas as músicas do álbum da artista, lançado em setembro do ano passado. Ela também cantou (e dançou) a canção “Sobre”, que fez com a dupla Israel & Rodolffo, seu companheiro de reality.

Com sete músicos no palco, o show contou com quatro bailarinos e duas trocas de roupa. O figuro mesclava entre transparência com body e botas de cano longo, vestido com coroa na cabeça e macacão com brilho. Teve um momento que ela ficou descalça.

Ansiosa, nervosa e “com medo”, como ela mesma disse momentos antes da estreia, Juliette chegou ao local do show por volta das 14h para passar o som e se certificar que tudo sairia perfeito. E por lá ficou até a hora do show, que começou às 22h30 (meia hora a mais da programada para o início), logo após ser exibido no telão um vídeo de abertura com depoimentos de Elba Ramalho, Wesley Safadão, Xand Avião, Alceu Valença, Chico César e Gilberto Gil. Nas mensagens, os artistas destacarem a humidade e o talento da paraibana e desejarem sucesso para ela.

A cantora abriu o show com um trecho de “Disparada” (“Prepare o seu coração…), de Jair Rodrigues, e seguiu com “Bença”, do seu EP.

Leia Também

Juliette também cantou “Trajetória”, feita por uma fã e que retrata sua passagem pelo “BBB” e todo o julgamento que ela sofreu no programa. Nessa hora, os fãs levantaram centenas de cartazes escritos: “Você nunca esteve sozinha”.

“Eu estou muito feliz. Vocês fazem parte de tudo isso. É por vocês. Muito obrigada por não soltarem a minha mão nem um minuto. Eu realmente nunca estive sozinha”, agradeceu a cantora, segurando o choro.

O forró, o frevo e a música regional nordestina deram o tom na maior parte do show. Mas teve o momento que Juliette botou o público para pular e mostrou que também manda bem em outros ritmos, com direito a performance sensual e com muito rebolado de “Deixa ele sofrer”, de Anitta, “Por Supoesto”, de Marina Silva, e “Meu jeito de amar”, de Duda Beat. Teve ainda uma pegada rock com Paralamas do Sucesso (“Meu erro”). O show foi encerrado com “Vixe que gostoso”.

Assista Juliette cantando “Deixa ele sofrer”, sucesso de Anitta.

Durante o show, Juliette mencionou a ausência da amiga Anitta, que estava fazendo uma apresentação no Lollapalooza com Miley Cyrus (“Ela brilha lá e eu brilho aqui”, disse) e terminou agradecendo a presença do público e de famosos que foram prestigia-la, como Elba Ramalho, Gaby Amarantos, Chico César, Dani Calabresa, Gkay, Camilla de Lucas, Carla Diaz, Gabi Martins e Nicole Bahls. Miriam Macedo, mãe de Anitta, também marcou presença e se acabou de dançar e cantar ao lado de Fátima, mãe de Juliette.

“Muito obrigada a todos que acreditam em mim e até a próxima”, encerrou ela, que seguirá com a turnê com mais quatro apresentações: João Pessoa (PB), em 2 de Abril, Vitória (ES), 30 de Abril, São Paulo, em 6 de maio, e Recife (PE), em uma data a ser anunciada. “Se o público quiser mais show, vai ter”, avisou.

Veja a abertura do show de Juliette:

Fãs levanta cartazes com a frase: “Você nunca esteve sozinha”

Veja setlist do show de Juliette:

  • Disparada (Jair Rodrigues)
  • Bença (Juliette)
  • Amarelo, azul e branco (Anavitória)
  • Diferença Mara (Juliette)
  • Sobre (Juliette e Israel & Rodolffo)
  • De quem é a culpa (Marília Mendonça)
  • Deus me projeta (Chico César)
  • Sei lá (Juliette)
  • Tu vens (Alceu Valença)
  • Trajetória (Juliette)
  • Triste, Louca e Má
  • Benzinho (Juliette)
  • Dona Cila (Maria Gadú)
  • Estrela (Gilberto Gil)
  • Cajuina (Caetano Veloso)
  • Doce (Juliette)
  • Ai que saudade de D’ocê (Fábio Jr.)
  • Espumas ao vento (Fagner)
  • Tropicana (Alceu Valença)
  • Frevo Mulher (Elba Ramalho)
  • Várias Queixas
  • Meu erro (Paralamas do sucesso)
  • Deixa ele sofrer (Anitta)
  • Por supuesto (Marina Sena)
  • Bixinho (Duda Beat)
  • Meu jeito de amar (Duda Beat)
  • Um ratito (Alok, Juliette e Luis Fonsi)
  • Vixe que gostoso (Juliette)
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Torcedor do SPFC, Gui Napolitano realiza o sonho de encontrar Calleri

Publicados

em

source
Jonathan Calleri e Gui Napolitano
Reprodução/Instagram

Jonathan Calleri e Gui Napolitano


Guilherme Napolitano  finalmente conseguiu ficar frente a frente com o  atacante argentino Jonathan Calleri, “emprestado” pelo Deportivo Maldonado, do Uruguai, nesta quinta-feira (23), após o São Paulo vencer o Palmeiras por 1 a 0, pela ida das oitavas da Copa do Brasil.

Ao usar as redes sociais para contar a novidade, o  ex-participante do “Big Brother Brasil 20” não escondeu a emoção. No Twitter, por exemplo, postou uma foto abraçado ao jogador, com a seguinte legenda: “Pqp, conheci o Calleri”.


Já no Instagram, o  são-paulino fixou o registro no feed e ainda comemorou o fato de começar a ser seguido pelo “monstro”: “Que honra conhecer esse craque. Obrigado por esse momento e pela camisa, ídolo! Tmj”. 

Vale mencionar que essa não é a primeira demonstração pública de sua admiração pelo atual artilheiro do Tricolor. Na época em que a  namorada dele, Thais Braz, publicou a sua reação ao receber o vídeo do  Calleri mandando um alô especial, a ex-sister brincou, dizendo: “Ele chorou de felicidade”. 





Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana