economia

Itapemirim apresenta ao MInfra projeto para atuar no setor da aviação

Publicado


source

Contato Radar

undefined
Calebe Murilo

Itapemirim apresenta ao MInfra projeto para atuar no setor da aviação

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, recebeu na tarde de ontem, 22, o presidente do Grupo Itapemirim, Sidnei Piva, o CEO da empresa, Rodrigo Villaça, além de outros diretores.

Com isso, os executivos da Itapemirim apresentaram ao ministro os novos rumos que o grupo pretende tomar entrando no segmento da aviação comercial a partir de 2021, com voos a partir de março, conforme noticiado pelo Contato Radar .

Inicialmente, a frota será formada por aviões Airbus A320, gerando cerca 700 novos empregos com a operação. Dado isso, a companhia já iniciou sua seleção de tripulantes, clique aqui para conferir os requisitos e como participar do processo.

Conforme informado por Piva, o grupo pretende reforçar seus negócios também em malhas ferroviárias. O executivo também mostrou a atuação do grupo em linhas ferroviárias, como na Baixada Santista, através dos VLTs e nos arredores do aeroporto de Porto Alegre.

O anúncio da entrada da empresa no segmento aeroportuário é de grande importância para o mercado da aviação brasileira, pois mostra a confiança dos empresários em investir no país, além de contribuir no aumento da concorrência no segmento, o que beneficia diretamente os usuários.

Declarou o Ministro Tarcísio Gomes de Freitas.

Para mais notícias sobre aviação acesse o Contato Radar ( CLIQUE AQUI ).

O post Itapemirim apresenta ao MInfra projeto para atuar no setor da aviação apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Comentários Facebook
publicidade

economia

Brasil deve perder 300 mil vagas de emprego em 2020, diz Guedes

Publicado


source

Agência Brasil

Guedes
Lorena Amaro

Guedes prevê perda de 300 mil vagas de trabalho em 2020


O ministro da Economia, Paulo Guedes , disse nesta segunda-feira (23) que o país deve perder cerca de 300 mil vagas formais de trabalho neste ano. Apesar da retomada de criação de novos postos de trabalho nos últimos meses, o ministro prevê que haja uma desaceleração na geração de empregos até o fim de 2020.


“Nós vamos possivelmente chegar ao final deste ano perdendo 300 mil empregos , que dizer, 20% do que perdemos nos anos de 2015 e 2016. No ano que enfrentamos a maior crise da nossa história, uma pandemia global, vamos perder entre um quinto e um terço dos empregos perdidos na recessão anterior”, disse Guedes durante o seminário virtual Visão do Saneamento – Brasil e Rio de Janeiro, promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Segundo o ministro , houve uma perda média anual de cerca de 1,3 milhão de empregos nos anos de recessão de 2015 e 2016.

“O Brasil criou 500 mil empregos em julho, 250 mil em agosto e 313 mil em setembro. Está para sair a qualquer momento [os dados de] outubro. Eu nem acredito que vá continuar nesse ritmo tão acelerado. É natural que dê uma desacelerada “, disse.

De acordo com o ministro, todas as regiões brasileiras e setores econômicos estão criando empregos. “A economia voltou em V como esperávamos. O FMI [Fundo Monetário Internacional] previa uma queda de 9,5% do PIB [Produto Interno Bruto] brasileiro. Vai ser bem menos que a metade”, disse Guedes.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana