POLÍCIA

Investimento em segurança pública reduz em 18% os casos de roubos em MT

Publicados

em


Willian Silva/Sesp-MT

O número de crimes contra o patrimônio como roubos a comércio, residência e pessoa caiu 18% em Mato Grosso em 2021. Isso representa quase 1,4 mil ocorrências a menos em comparação com o mesmo período do ano passado.  A redução é reflexo dos investimentos na área da segurança pública feitos durante a atual gestão, a partir do programa Mais MT.

Conforme dados do Observatório de Violência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP), as forças de segurança do Estado registraram 7.592 crimes de janeiro a setembro de 2020. No mesmo período deste ano, a quantidade de casos caiu para 6.210. Isso significa um total de 1.382 ocorrências a menos que o ano passado.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, atribui esse cenário como resultado dos investimentos feitos pela atual gestão no combate à criminalidade com investimentos em armamento, capacitação, inteligência e operações. Investimentos disponibilizados por meio do programa Mais MT.

“Os investimentos na segurança refletem diretamente na qualidade de vida do profissional da segurança, na qualidade do trabalho executado e melhora os resultados apresentados. Então, esses investimentos em comunicação, armamento e logística, refletem na melhora dos indicadores de segurança”, explicou Alexandre Bustamante.

O secretário também lembrou que a integração entre as forças de segurança de Mato Grosso a Polícia Federal (PF), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e as polícias Civil e Militar também contribuíram para a queda nesses índices. “Integração é o segredo do governo Mauro Mendes, somar esforços para melhorar a segurança para a população em geral”, lembrou.

Todos os indicadores de crimes contra o patrimônio apresentaram quedas, porém as maiores reduções estão em Cuiabá. Entre janeiro e setembro deste ano, os roubos apresentaram baixa de 12% em comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 2.438 registros em 2020 para 2.150 casos em 2021, uma queda de 288 crimes a menos.

Ainda na Capital, os roubos a residência foi a modalidade que apresentou maior redução, segundo o levantamento. No período analisado, foram 252 registros no ano passado para 188 neste ano. Os crimes no comércio caíram de 359 para 289 de um ano para o outro, redução de 19% e os roubos à pessoa reduziram 15%, de 1.427 em 2020 para 1.219 neste ano.  

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Projeto Papo De Homem Para Homem desenvolvido pela Polícia Civil é apresentado em Água Boa

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária, participa nesta segunda-feira (06.12), da campanha “Laço Branco: Homens pelo fim da violência contra as mulheres”, promovida em Água Boa (730 km a leste de Cuiabá), para o público masculino.

A campanha de cunho social é uma ação idealizada pelo Conselho de Direitos da Mulher, e vem sendo desenvolvida em parceria com a Prefeitura Municipal de Água Boa e Secretaria Municipal de Assistência Social.

Inserida na programação, a Coordenadoria de Polícia Comunitária apresentou a palestra do projeto “Papo De Homem Para Homem”, ministrada pelo policial civil Nilton Cesar Cardoso.

No período da manhã a apresentação foi realizada para servidores públicos municipais, profissionais da segurança pública, conselheiros tutelares e funcionários do Centro de Referências Especializada em Assistência Social (CREAs).

Na parte da tarde, a palestra acontece em empresas do Vale do Araguaia para os funcionários e colaboradores do sexo masculino, e também na Penitenciária Major PM Zuzi Alves da Silva.

Durante o encontro a secretária de Assistência Social de Água Boa, Juliana Kolankiewicz, falou da avaliação positiva da palestra, bem como da importância dessas parcerias que visam proporcionar o bem-estar e melhor qualidade de vida da comunidade.

“Essa integração entre os órgãos de segurança com a Prefeitura, Conselho de Direitos da Mulher e a Assistência Social, é essencial para que se possam alcançar números maiores de pessoas, e oferecer atendimento de qualidade a essas mulheres que sofrem vários tipos de violência”, disse Juliana Kolankiewicz.

A presidente do Conselho Municipal de Direitos da Mulher, Dheynny Melo de Carvalho, também destacou a magnitude da palestra ministrada pela Polícia Civil, com o tema: Papo De Homem Para Homem, que traz como mensagem a conscientização para o fim da violência contra a mulher.

Em seguida o investigador de polícia, Nilton Cesar Cardoso, explicou que instituição através da Coordenadoria de Polícia Comunitária, é sensível ao assunto abordado e busca diariamente desenvolver ações objetivando o enfrentamento à violência doméstica e familiar.

“O projeto Papo De Homem Para Homem, tem o intuito de conscientizar e mitigar a ignorância sobre a Lei Maria da Penha e sensibilizar o público masculino. Nossa missão é transmitir essas mensagens da melhor forma possível”, concluiu Nilton Cesar Cardoso.

Estiveram presente no evento o prefeito de Água Boa, Mariano Kolankiewczi, o delegado regional, Valmom Pereira da Silva, o comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar, Coronel Gyancarlos Paglynieri Cabelho, a presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, dra. Laís Resende, a secretária Municipal de Assistência Social, Juliana Rosa de Souza Kolankiewicz, e a presidente do Conselho Municipal de Direitos da Mulher, Dheynny de Melo Carvalho.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana