TECNOLOGIA

Intel anuncia chips Core de 12ª geração mais poderosos para notebooks

Publicados

em

source
Intel anuncia processadores Alder Lake-HX
Divulgação/Intel

Intel anuncia processadores Alder Lake-HX

Nesta terça-feira (10), a Intel fez o anúncio oficial dos processadores Alder Lake-HX, que completam a 12ª geração de chips Core. Eles chegam com a missão de levar alto desempenho a notebooks. Não é por acaso que companhias como Dell já anunciaram máquinas poderosas baseadas nessa linha.

São sete processadores. A maior parte têm 16 núcleos. Todos seguem a estratégia das demais séries da 12ª geração: combinam núcleos de alto desempenho (P) com núcleos econômicos (E) no consumo de energia.

Os líderes da turma são o Core i9-12950HX e o Core i9-12900HX. Ambos têm praticamente as mesmas especificações. A diferença é que o primeiro é um chip vPro, portanto, incorpora recursos direcionados ao segmento corporativo.

Em comum, todos os modelos permitem overclocking, suportam até 128 GB de memória DDR5 ou DDR4 (mas não padrões como LPDDR5 e LPDDR4X) e são compatíveis com PCIe 5.0 (x16).

Chip Núcleos Threads Clock (GHz) Boost (GHz) Cache L3 Consumo / turbo (W) Gráficos
Core i9-12950HX (vPro) 16 (8P + 8E) 24 2,3 (P) / 1,7 (E) 5 (P) / 3,6 (E) 30 MB 55 / 157 32 EU
Core i9-12900HX 16 (8P + 8E) 24 2,3 (P) / 1,7 (E) 5 (P) / 3,6 (E) 30 MB 55 / 157 32 EU
Core i7-12850HX (vPro) 16 (8P + 8E) 24 2,1 (P) / 1,5 (E) 4,8 (P) / 3,4 (E) 25 MB 55 / 157 32 EU
Core i7-12800HX 16 (8P + 8E) 24 2 (P) / 1,5 (E) 4,8 (P) / 3,4 (E) 25 MB 55 / 157 32 EU
Core i7-12650HX 14 (6P + 8E) 20 2 (P) / 1,5 (E) 4,7 (P) / 3,3 (E) 24 MB 55 / 157 32 EU
Core i5-12600HX (vPro) 12 (4P + 8E) 16 2,5 (P) / 1,8 (E) 4,6 (P) / 3,3 (E) 18 MB 55 / 157 32 EU
Core i5-12450HX 8 (4P + 4E) 12 2,4 (P) / 1,8 (E) 4,4 (P) / 3,1 (E) 12 MB 55 / 157 16 EU

Como sempre, os testes independentes é que contam para avaliar o desempenho. Mas, para dar uma noção do que a nova série pode alcançar, a Intel afirma que o Core i9-12900HX registrou 128 fps em Far Cry 6 e 149 fps em Forza Horizon 5. Isso em um notebook com GPU Nvidia GeForce RTX 3080 Ti e 64 GB de memória DDR5-4800.

Linha Core de 12ª geração ficou completa

Com essa leva de lançamentos, a Intel completou a linha Core de 12ª geração para notebooks. A companhia já havia anunciado as séries Alder Lake-H, Alder Lake-P e Alder Lake-U.

A série H era a que tinha mais desempenho até então. Com a chegada dos processadores Alder Lake-HX, o aspecto da performance ganhou ainda mais importância. É como se a Intel tivesse aproveitado o design dos chips Alder Lake-S, para desktops, na nova série.

Não é por coincidência que os novos chips já aparecem em notebooks de alto desempenho, a exemplo das workstations Precision 7670 e Precision 7770, da Dell.

Só não dá para esperar que máquinas equipadas com processadores Alder Lake-HX tenham grande autonomia de bateria. Como mostra a tabela acima, o TDP base é de 55 W e pode chegar a 157 W em modo turbo.

Note também que todos os modelos trazem GPU integrada. O problema é que, na série HX, esse componente conta com até 32 unidades de execução (EUs). Nas séries H, P e U há até 96 EUs. Chips gráficos dedicados são praticamente obrigatórios aqui, consequentemente.

Além da Dell, companhias como Lenovo, Asus e HP também irão lançar notebooks baseados nos processadores Intel Alder Lake-HX.

Comentários Facebook
Propaganda

TECNOLOGIA

Android 13 é lançado com novidades em personalização e conectividade

Publicados

em

Android 13 foi oficialmente lançado nesta segunda-feira (15)
Giovanni Santa Rosa

Android 13 foi oficialmente lançado nesta segunda-feira (15)

O Google lançou oficialmente o Android 13 nesta segunda-feira (15). O sistema foi liberado para os Pixels primeiro. Outras marcas devem liberar atualizações ainda este ano. A gigante das buscas diz que Samsung, ASUS, Nokia, Motorola, OnePlus, Oppo, Sony e Xiaomi estão nessa lista. A décima-terceira versão do sistema do robozinho verde traz novidades visuais, de privacidade e de conectividade entre aparelhos.

Grande parte das características do Android 13 já era conhecida das versões de testes. O sistema estava liberado para testes de desenvolvedores desde fevereiro de 2022, e o último beta apareceu na metade de julho.

Ao longo destes meses, vimos muitos recursos que agora foram oficializados, como ícones que se adaptam ao tema da interface, um seletor de fotos para apps que não dá acesso a todos as imagens da sua galeria e um novo controle de música.

O que tem de novo no Android 13?

O Google destacou 13 recursos novos do Android 13:

  • Ícones personalizáveis para aplicativos que não são do Google, como parte do Material You;
  • Escolhas de idioma independentes para cada app;
  • Tocador de música atualizado, que destaca a arte do disco e tem uma barra de progresso;
  • Papel de parede com menor luminosidade e tema escuro na Hora de Dormir;
  • Seletor de fotos para apps que não libera o acesso a todos os arquivos da galeria;
  • Limpeza automática da área de transferência após um tempo, caso o usuário copie informações sensíveis como e-mail, endereço, celular ou login;
  • Apps terão que pedir permissão para enviar notificações;
  • Spatial Audio com rastreamento de cabeça: os fones se adaptam para dar a sensação de que o som vem de uma fonte fixa no espaço;
  • Transmitir mensagens do Android para um Chromebook. Funciona com o Google Mensagens e também com Signal e WhatsApp, entre outros;
  • Suporte a áudio Bluetooth Low Energy (LE);
  • Barra de tarefas para tablets atualizada, que permite arrastar e soltar qualquer app usando o modo tela dividida;
  • Tablets Android reconhecem diferenças nos toques de uma caneta stylus e de cada dedo da mão, ajudando quem desenha;
  • Copiar conteúdo no celular e colar no tablet. Este recurso estará disponível até o fim do ano.


Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana