AGRO & NEGÓCIO

Iniciativa de estímulo ao empreendedorismo rural reúne 20 Unidades da Embrapa e 34 parceiros

Publicados

em


A Embrapa reuniu, na semana de 8 a 14 de novembro, um conjunto de 34 parceiros entre startups, empresas privadas, agroindústrias, associações e cooperativas, técnicos de extensão rural e de órgãos governamentais que participaram de webinários, lives e palestras on-line durante a Maratona Embrapa de Empreendedorismo, destinada a estimular a inovação e o empreendedorismo rural. 

No período foram realizadas 31 atividades de forma totalmente on-line, disponíveis no canal da Embrapa no Youtube, e que receberam, até o dia 22 de novembro, um total de 20.995 visualizações. As atividades foram realizadas por 20 unidades de pesquisa e contaram com participantes que se conectaram a partir de todas as regiões, 70% deles por intermédio de dispositivo móvel. 

Para Adriana Faria, coordenadora do Parque Tecnológico da Universidade Federal de Viçosa, que participou da live sobre o programa Avança Café – inovação do pé à xícara, “a Maratona foi uma boa oportunidade de alargar a abrangência do programa e sensibilizar jovens e startups em fase de estruturação, para empreender cada vez mais em inovação de base tecnológica e de forma sustentável”. A maratona envolveu também outros 2 parques tecnológicos (Ceará e São Paulo), 15 startups que usam tecnologias da Embrapa e 2 hubs de inovação (Inovahub da Universidade Federal de Lavras e Venture Hub). 

Palestras, que orientam produtores rurais para o acesso a políticas públicas e sobre como agregar valor ao negócio, a fim de se inserir em mercados mais competitivos, tiveram boa audiência durante a Maratona e grande abrangência geográfica, com participantes de todas as regiões e de outros países como Uruguai, Venezuela e Estados Unidos. 

Henrique Carvalho, chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Hortaliças (DF),  que participou de três palestras durante o evento, destaca que a iniciativa permitiu a interação com um público diverso, porém ávido por novidades que impulsionem seus pequenos negócios com mais segurança e qualidade para atender às exigências cada vez maiores dos consumidores e para atuar em novos mercados.  

 

Bioeconomia atrai público jovem 

O webinar sobre Aplicação da bioeconomia e economia circular na fruticultura e mandiocultura, transmitido no dia 12 de novembro, contou com o público mais jovem de toda a Maratona, pois 30% dos participantes tinham até 17 anos e 45% de 18 a 24 anos, enquanto a média de participantes das outras atividades estava na faixa etária entre 25 e 44 anos.Além de ter sido a atividade com maior participação do público feminino (62%). Grande parte desse público é formada por jovens da Escola Rural Tina Carvalho, de Entre Rios (BA), que acompanharam a palestra como parte das atividades propostas pelo técnico da escola Adenildo dos Santos. 

Para a pesquisadora Áurea Gerum, da Embrapa Mandioca e Fruticultura (BA), que apresentou o webinar, o tema é bem atual e a nova geração é mais consciente e ativa no que se refere ao quesito sustentabilidade, o que justifica o resultado alcançado. “Bioeconomia circular atende aos anseios, sobretudo, desse grupo”, pontuou Gerum.

 

Maratona Embrapa de Empreendedorismo

A Maratona Embrapa de Empreendedorismo foi uma iniciativa de inserção institucional da Embrapa na 14ª edição da Semana Global de Empreendedorismo (SGE), que entrou para o calendário oficial este ano pela Lei 14.135/21

“Este foi o primeiro ano de participação da Embrapa na SGE e, pelo interesse e interação demonstrados pelos participantes nas diversas atividades – que abordaram desde transformação digital na agropecuária até formas de melhorar o processamento de alimentos -, há a expectativa de participarmos nas próximas edições, aprimorando cada vez mais a contribuição da instituição para o empreendedorismo rural”, ressalta Carolina Pereira, Gerente de Marketing da Secretaria de Inovação e Negócios. 

A iniciativa mobilizou 20 Unidades Descentralizadas: Embrapa Agroindústria de Alimentos (RJ), Embrapa Agroindústria Tropical (CE), Embrapa Algodão (PB), Embrapa Alimentos e Territórios (AL), Embrapa Café (DF), Embrapa Caprinos e Ovinos (CE), Embrapa Cerrados (DF), Embrapa Cocais (MA), Embrapa Gado de Corte (MS), Embrapa Gado de Leite (MG), Embrapa Hortaliças (DF), Embrapa Instrumentação (SP), Embrapa Agricultura Digital (SP), Embrapa Mandioca e Fruticultura (BA), Embrapa Meio Ambiente (SP), Embrapa Milho e Sorgo (MG), Embrapa Pantanal (MS), Embrapa Semiárido (PE), Embrapa Soja (PR) e Embrapa Suínos e Aves (SC). 

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
Propaganda

AGRO & NEGÓCIO

Embrapa participa de seminário sobre solos na UFRB

Publicados

em


Organizado pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e transmitido pela TV UFRB, o 8º Seminário Baiano de Ciência do Solo vai ter nesta quinta-feira, dia 9, das 19h às 20h30, a participação da pesquisadora Ana Lúcia Borges, da Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas, BA), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Com o tema “Tecendo a ciência do solo em rede na Bahia”, o evento teve início em 25 de novembro e segue até o dia 16 de dezembro, sempre às quintas-feiras, de forma virtual.
A pesquisadora Ana Lúcia Borges divide palestra na mesa-redonda “Manual de adubação e calagem para o estado da Bahia: três décadas sem atualizações” com o professor Reinaldo Bertola Cantarutti, da Universidade Federal de Lavras (MG). “Normalmente, os Estados da Federação têm seus manuais de recomendação de calagem e adubação contendo as tabelas de recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes. Entretanto, o estado da Bahia não atualiza o seu manual desde 1989”, explica a pesquisadora. O moderador da mesa-redonda é Jorge Antônio Gonzaga Santos, professor da UFRB.
Na oportunidade, vai ser apresentada a segunda edição do livro recém-publicado pela Embrapa Mandioca e Fruticultura “Recomendação de calagem e adubação para abacaxi, acerola, banana, citros, mamão, mandioca, manga e maracujá”, que tem a pesquisadora como editora técnica e está disponível para baixar gratuitamente em bit.ly/3wZPCxx.
O 8º Seminário Baiano de Ciência do Solo vai ser transmitido on-line no endereço www.youtube.com/c/TVUFRB

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana