dados gerais

Índice de Desenvolvimento Humano

Ampliando a dimensão do avanço da população em áreas como cultura e política

Publicados

em


 Ano

1991

2000

IDH-M

0,598

0,705

Educação

0,660

0,804

Longevidade

0,552

0,656

Renda

0,582

0,655

 

 

 

 

Evolução 1991-2000

No período 1991-2000, o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal(IDH-M) de Figueirópolis d’Oeste cresceu 17,89%, passando de 0,598 em 1991 para 0,705 em 2000.
A dimensão que mais contribuiu para este crescimento foi a Educação, com 44,9%, seguida pela Longevidade, com 32,4% e pela Renda, com 22,7%.
Neste período, o hiato de desenvolvimento humano (a distância entre o IDH do município e o limite máximo do IDH, ou seja, 1 – IDH) foi reduzido em 26,6%.
Se mantivesse esta taxa de crescimento do IDH-M, o município levaria 14,0 anos para alcançar São Caetano do Sul (SP), o município com o melhor IDH-M do Brasil (0,919), e 8,2 anos para alcançar Sorriso (MT), o município com o melhor IDH-M do Estado (0,824).

Situação em 2000

Em 2000, o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal de Figueirópolis d’Oeste é 0,705. Segundo a classificação do PNUD, o município está entre as regiões consideradas de médio desenvolvimento humano (IDH entre 0,5 e 0,8).
Em relação aos outros municípios do Brasil, Figueirópolis d’Oeste apresenta uma situação intermediária: ocupa a 2899ª posição, sendo que 2898 municípios (52,6%) estão em situação melhor e 2608 municípios (47,4%) estão em situação pior ou igual.
Em relação aos outros municípios do Estado, Figueirópolis d’Oeste apresenta uma situação ruim: ocupa a 97ª posição, sendo que 96 municípios (76,2%) estão em situação melhor e 29 municípios (23,8%) estão em situação pior ou igual.

Fonte: PNUD / ATLAS

 

Comentários Facebook
Propaganda

dados gerais

Economia de Itanhangá

Conheça as principais atividades econômicas do município de Itanhangá.

Publicados

em

Por


Economia de Itanhangá

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana