DNIT entrega posto da PRF e libera 12 km de pista duplicada

Posto da PRF conta com nova edificação e estrutura de cobertura das pistas. Liberação de 12 km da rodovia será do Distrito Industrial até o posto da PRF

Da Redação

Edson Rodrigues/DNIT

DNIT entrega posto da PRF e libera 12 km de pista duplicada da BR-163/364/MT

DNIT entrega posto da PRF e libera 12 km de pista duplicada da BR-163/364/MT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) entrega na segunda-feira (16), às 9h, a nova edificação do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na saída de Cuiabá para Rondonópolis, no km 388 da BR-364. Na oportunidade, o DNIT libera mais 12 km da duplicação da BR-163/364/MT, do Distrito Industrial (em frente ao hotel Pantanal) até o novo posto da PRF. 

 

O posto da PRF conta com novo prédio e estrutura metálica de cobertu?ra das pistas, vidros blindados e maior visibilidade aos policiais rodoviários por ser construído em estrutura suspensa, além de maior estrutura para os grupos especiais como o Grupo de Operações com Cães (GOC), Grupo de Motociclismo Descentralizado (GMD) e Grupo de Fiscalização de Trânsito (GFT). O novo posto também tem espaço para receber outras instituições que trabalham em conjunto com a PRF.

 

DUPLICAÇÃO

 

O DNIT libera mais 12 km da duplicação da BR-163/364/MT. O trecho duplicado que será liberado vai do Distrito Industrial (Hotel Pantanal) até o novo posto da PRF. A liberação vai proporcionar mais segurança e fluidez para condutores e pedestres que trafegam no local. 

 

As obras continuam no Distrito Industrial, onde serão erguidos quatro viadutos e ampliação das ruas laterais no Distrito Industrial (principal entrada no perímetro urbano de Cuiabá).

 

O trecho que contempla o empreendimento tem 42,40 km de extensão, que se inicia no segmento em concreto da Serra de São Vicente até o viaduto existente no entroncamento com a Rodovia dos Imigrantes (BR-070/MT).

 

Hoje, a média diária nesse segmento da rodovia supera os 8 mil veículos pesados, que interferem diretamente na mobilidade urbana de Cuiabá. A previsão é de que as obras sejam concluídas neste trecho em 2020.

 

 

 


Fonte: Portal Mato Grosso

Visite o website: wwww.portalmatogrosso.com.br