turismo

Ilha de Páscoa reabre com adoção de medidas sanitárias

Publicados

em

A ilha de Páscoa se fechou completamente e agora retorna com exigências sanitárias para turistas
Pixabay

A ilha de Páscoa se fechou completamente e agora retorna com exigências sanitárias para turistas

Turistas podem voltar a visitar a Ilha de Páscoa, considerada uma das ilhas mais isoladas do mundo, a Ilha Rapa Nui, como é chamada na língua nativa, ficou fechada por mais de dois anos para o turismo nacional e internacional por causa da pandemia da Covid-19.

Agora, com a reabertura, o destino determinou uma série de medidas, especialmente no campo da saúde. A informação foi divulgada nesta semana.

Para entrar na ilha, é preciso preencher um formulário online, ter um teste PCR negativo e que não exceda 24 horas antes do embarque; ter bilhete de ida e volta (estadia na ilha, como turista, deve ter prazo máximo de 30 dias); bilhete de identidade e/ou passaporte; ter reserva em alojamento turístico registado na Secretaria Nacional de Turismo ou uma carta convite escrita por um residente.

Ainda de acordo com o governo chileno, os voos programados para agosto são dois semanais, às quintas-feiras e sábados. Será avaliado também a ampliação de um voo em setembro, que provavelmente será na segunda-feira. Além disso, a prioridade na venda das passagens aéreas na primeira fase de visitas será para passageiros que deixaram o passeio pendente no período de encerramento do turismo na ilha.

Todas as pessoas que viajarem para a Ilha de Páscoa de navio ou aeronave devem apresentar seu certificado PCR negativo no momento do embarque. No caso de menores de seis anos, será permitida a apresentação de teste de antígeno negativo para detecção rápida de Covid, realizado em um centro de saúde autorizado pela Autoridade de Saúde.

Os viajantes também devem ter o Passe de Mobilidade (vacinas validadas no caso de estrangeiros) para fazer o traslado até a ilha. As informações são do site Melhores Destinos.

Além disso, todos visitantes estarão sujeitos a um protocolo de monitoramento, por telefone ou pessoalmente, que será realizado até 7 dias após a chegada. Com isso, os turistas podem ser selecionados aleatoriamente pelas equipes de Saúde entre o primeiro e o quinto dia de chegada na ilha, para fazerem um teste de Covid-19.

Caso o passageiro não concorde em efetuar o teste ou obtenha um resultado positivo, deve iniciar a quarentena pelos 7 dias seguintes no local indicado pela Autoridade de Saúde.

O Hospital Hanga Roa é um deles, e recebeu equipamentos que lhe permitirão alargar a cobertura de cuidados contra a Covid-19. Para além disso, foi instalada ainda uma bomba de oxigénio para o atendimento de doentes respiratórios e protocolos para a transferência de doentes críticos para o continente. O Hotel O’TAI também recebeu uma instalação sanitária com capacidade máxima de 100 pessoas.

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o  perfil geral do Portal iG no Telegram.


Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
Propaganda

turismo

Praias artificiais entregam atmosfera litorânea ao redor do mundo

Publicados

em

Praia do Cerrado – Brasil
Divulgação

Praia do Cerrado – Brasil

As praias artificiais nascem com o objetivo de imitarem as praias litorâneas, pois o ambiente proporciona a sensação de estar em uma praia natural. As praias são elaboradas visando refrescar e entreter as pessoas e é pensada para ser uma forma de suprir a falta desses locais em áreas litorâneas. Por isso, elas possuem areia, ondas e até palmeiras.

As ondas artificiais são programadas e aparecem entre intervalos de poucos minutos, pois as estruturas possuem um gerador de ondas que usam o ar para produzir ondulações na água, criando uma atmosfera praiana mais realista. Já para trazer ondas maiores, o maquinário usa o vento para empurrar as moléculas da água, criando uma onda em determinado ponto que se expande de maneira gradual para toda a piscina.

Conheça uma seleção de praias artificiais ao redor do mundo que o iG Turismo  selecionou: 

Praia do Cerrado – Brasil

Praia do Cerrado – Brasil
Divulgação

Praia do Cerrado – Brasil

A Praia do Cerrado é uma das maiores praias artificias do Brasil. Ela fica localizada na cidade de Rio Quente, em Goiás, dentro do parque aquático Hot Park, que fica no Rio Quente Resorts. Sua área é formada de 25 mil m² e pode receber cerca de 9 mil pessoas.

O espaço recebe areia branca, ondas artificiais e águas quentes e cristalinas e as ondas na Praia do Cerrado chegam a 1,20 m de altura. O espaço ao redor ainda conta com locais para apresentações musicais e quadras de esporte.

A praia é tão grande que foi dividida em três praias diferentes. A Praia da Marina é ideal para crianças, com águas rasas e ondas que não ultrapassam 50 cm. A Praia do Bikini é a mais agitada, indicada para quem quer muita animação e alto-astral. A Praia dos Sonhos é a escolha certa para quem prefere um lugar mais reservado e tranquilo, pois ela conta com lounge, sofás, restaurante e um deck para apreciar a vista do lugar.

Praia do Resort de Sun City – África do Sul

Praia do Resort de Sun City – África do Sul
Divulgação

Praia do Resort de Sun City – África do Sul

O Resort Sun City fica na província de North-West, localizada a 190 km de Joanesburgo, e é um é grande complexo que conta com hotéis, centros para a prática de vários tipos de esporte, safári e, dentre outras atrações, uma praia artificial de 6.500 m de extensão. As suas ondas têm mais de 1,5 m de altura e a piscina é cercada por uma vegetação e quiosques supercharmosos.

Paris Plage – França

Paris Plage – França
Reprodução/Wikimedia Commons

Paris Plage – França

Na Paris Plage, a praia da capital francesa, durante alguns períodos do ano, uma parte da via Georges Pompidou nas margens do rio Sena, tem o trânsito fechado e recebem toneladas de areia, espreguiçadeiras, quiosques e chuveiros são instalados para que as pessoas possam se bronzear e se refrescar. Isso porque, a prefeitura de Paris organiza uma estrutura para transformar alguns pontos de Paris numa verdadeira praia.

Praia do edifício New Century Global Center – China

Praia do edifício New Century Global Center – China
Reprodução/Facebook

Praia do edifício New Century Global Center – China

O New Century Global Center é um edifício multiuso com mais de 1,7 milhão de m², em meio a lojas, escritórios, hotéis, shopping centers, escritórios, restaurantes, 14 cinemas IMAX, escolas e templo religioso. Por lá há uma praia com capacidade para mais de 6 mil banhistas.

Praia de Larvotto – Mônaco

Praia de Larvotto – Mônaco
Reprodução/TripAdvisor

Praia de Larvotto – Mônaco

A praia foi artificialmente construída de frente para o Mar Mediterrâneo. O espaço conta com areia branca e oferece ambiente agradável para nadar ou praticar qualquer esporte náutico. O projeto considerou a sua localização, próxima de restaurantes, cafés e bares da região, para atrair mais turistas.

Tropical Islands – Alemanha

Tropical Islands – Alemanha
Reprodução/TripAdvisor

Tropical Islands – Alemanha

O Tropical Islands Resort, fica na cidade de Krausnick, na Alemanha.  O complexo de lazer alemão tem 66 mil m² e o ambiente tem um toboágua, mais de 400 espreguiçadeiras, uma megapiscina e mais de 50 mil plantas. Os banhistas têm 200 m de praia.

Outro lugar que merece destaque é a maior piscina do mundo que está localizada no Chile, e o maior complexo de praia artificial que já existiu no Japão, mas foi demolido em 2007.

Seagaia Ocean Dome – Japão

Seagaia Ocean Dome – Japão
Reprodução/Wikimedia Commons

Seagaia Ocean Dome – Japão

A Seagaia Ocean Dome, situada em Miyazaki no Jappão, foi a maior praia artificial do mundo, pois tinha 100 m de largura e 300 m de comprimento e reunia mais de 10 mil pessoas.

O espaço contava com um teto retrátil que podia ser aberto ou fechado de acordo com o clima do dia, além disso, possuía ondas de até 2 m, areia (feita a partir de mármore triturado), palmeiras artificiais e um sistema de aquecimento de água e temperatura do ambiente.

Além disso, tinha vários tipos de estabelecimentos comerciais dentro do Ocean Dome e até um vulcão artificial, que a cada 15 minutos se tornava ativo.

San Alfonso del Mar – Chile

San Alfonso del Mar - Chile
Reprodução/TripAdvisor

San Alfonso del Mar – Chile

A maior piscina do mundo, com mais de 1 km de extensão e 250 milhões de litros de água salgada, fica no Chile na cidade de Algarrobo, a pouco mais de 107 km de Santiago. A maior piscina do mundo mede 1.013 m de comprimento e 33 m de profundidade. Sua água é salgada, retirada e filtrada diretamente do mar, que está logo em frente, na praia.

Ela está localizada no condomínio San Alfonso del Mar e por isso só pode ser usada por quem está hospedado lá. A piscina até já foi mencionada no Guiness Book (livro dos recordes).

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o  perfil geral do Portal iG no Telegram.

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana