BRASIL E MUNDO

Igreja Universal acusa pastor de roubar R$ 30 milhões e fugir

Publicados

em


source
Igreja Universal do Reino de Deus em Brasília
Divulgação/Igreja Universal

Igreja Universal do Reino de Deus em Brasília

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) recebeu uma denúncia da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) de que um pastor teria desviado cerca R$ 30 milhões da igreja. As informações são do Metrópoles .

O religioso, formado em arquitetura e antigo morador da Ceilândia, foi um dos responsáveis pela construção do Templo de Salomão, no bairro do Brás, em São Paulo, além de tocar obras da nova sede da Universal, às margens do Pistão Sul, em Taguatinga.

Segundo a IURD, o pastor teria direcionado contratos para uma construtora localizada em Portugal. Ele também estaria lavando dinheiro em solo estrangeiro.

Ao ser contatado pela igreja, o suspeito fugiu e, até o momento, seu paradeiro não foi descoberto. O nome do arquiteto foi preservado pela PCDF.

A versão do Templo Salomão em Brasília terá capacidade para receber 5 mil pessoar, contará com heliponto, elevador privativo, espelho d’água, arborização, garagem de três andares subterrânea, vista para o céu e uma esteira que levará o dízimo dos fiéis para um cofre.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

SP: PMs que usaram sirene para comprar sorvete são investigados

Publicados

em


source
PM usou sirene de viatura para comprar sorvete em Barueri (SP)
Reprodução/redes sociais

PM usou sirene de viatura para comprar sorvete em Barueri (SP)

A Polícia Militar de São Paulo instaurou um procedimento administrativo para investigar a conduta de uma oficial que teria ligado a sirene da viatura para abrir caminho no trânsito do município de Barueri, na Grande São Paulo, para comprar sorvete. O caso repercutiu após a própria oficial Ligia Lima publicar um vídeo da ação em suas redes sociais. Após o episódio viralizar, o vídeo foi apagado.

No final do vídeo, a PM está acompanhada de outro policial, que não foi identificado. Ela abre a porta traseira da viatura e coloca os saquinhos de supermercado sobre o banco do carro e ironiza: “Parabéns para vocês que acompanharam o ‘stories’ até aqui, mas não era nada, não (…) Achei que não ia dar tempo de comprar meu sorvete. Achei que ia fechar”, diz, sorrindo.

Após a repercussão negativa do caso, a PM desativou suas redes sociais e publicou uma mensagem irônica. “Os caras comem traveco e ninguém enche o saco. Eu como sorvete e tenho que ouvir. Kkk”, escreveu.

Em nota enviada ao iG,  a Polícia Militar informa que instaurou um procedimento administrativo pela Corregedoria em desfavor da equipe exibida nas imagens.

“Os policiais foram ouvidos e a Corregedoria trabalha no esclarecimento dos fatos e responsabilização dos envolvidos. A Polícia Militar não compactua com desvios de conduta e as responsabilidades em todas as esferas de direito estarão discorridas na conclusão da apuração.”

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana