BRASIL E MUNDO

Idosa leva 50 picadas de abelha durante ataque

Publicado

 

source

Na última sexta-feira (18), uma idosa de 76 anos sofreu um ataque de abelhas , levando de 50 a 100 picadas no rosto, pescoço e costelas. O incidente aconteceu em Guaribuba, no Vale do Itajaí, e de acordo com o Corpo de Bombeiros , a senhora não precisou de internação.

bombeiros
Idosa foi vítima de um ataque de abelhas

Ainda segundo os bombeiros, a idosa estava na casa da filha e eles acham que o exame estava nos fundos do terreno, onde tem muitas árvores. A filha da senhora chamou o socorro, que levou um helicóptero até o local.

A idosa não tinha alergia e estava consciente durante o ataque. Ela foi levada até o Hospital Azambuja, em Brusque, cidade vizinha, A unidade informou que ela teve alta no mesmo dia. Os socorristas não souberam informar a espécie das abelhas.

Comentários Facebook
publicidade

BRASIL E MUNDO

Em meio à tensão do professor decapitado, Charlie Hebdo faz charge de Erdogan

Publicado


source
hebdo
divulgação charlie hebdo

Capa do Charlie Hebdo


A revista de humor ” Charlie Hebdo ” gerou uma nova polêmica e problemas de diplomacia. A capa da edição desta quarta-feira (28) apresenta ao leitor uma charge do presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan , sentado só de roupas íntimas, levando a saia de uma mulher muçulmana e dizendo “o profeta”.


O presidente reagiu atacando a publicação com palavras como ” canalhas ” e prometeu que o governo turco vai “todas as medidas legais e diplomáticas necessárias”. Além de Erdogan, as principais autoridades do país condenaram a charge. Segundo eles, trata-se de um “esforço nojento” para ” espalhar racismo e ódio cultural “.

“Nossa batalha contra essas medidas rudes, mal-intencionadas e insultuosas continuará até o fim, com razão mas com determinação”, disse o diretório de Comunicação do país. O porta-voz do presidente afirmou que as charges e caricaturas não podem ser enquadradas como liberdade de expressão .

A reação turca foi incisiva porque o país vive um momento de tensão com a França depois da decapitação do professor Samuel Paty por um terrorista , após exibir uma caricatura de Maomé publicada pelo Charlie Hebdo em sala de aula. Em 2015, a revista foi alvo de um atetado que deixou 12 mortos. Os muçulmanos consideram caricaturas do profeta Mamomé uma blasfêmia.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana