POLÍCIA

Identificado por furto a clínica médica durante a madrugada é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

 

Um rapaz de 21 anos foi preso em flagrante por furto qualificado, na tarde esta terça-feira (02.03), pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (DERF). Ele é suspeito pelo furto cometido contra uma clínica oftalmológica localizada no bairro Duque de Caxias, na Capital.

Durante a madrugada desta terça-feira, duas pessoas danificaram portas e janelas e invadiram a clínica, de onde furtaram aparelhos celulares, um televisor de 42 polegadas e um notebook.

A partir da comunicação da ocorrência, as equipes da DERF iniciaram diligências para identificar e localizar os suspeitos e recuperar os objetos furtados.

O delegado da DERF, Guilherme de Carvalho Bertoli, explicou que com base em registros e imagens foi possível chegar à identificação de um deles, M.D.S.P., recorrente na prática de delitos patrimoniais. Em diligências, os policiais da DERF conseguiram localizar o suspeito no bairro Jardim Independência e ao avistar as equipes, ele tentou fugir, mas foi detido.

Após ser questionado sobre o motivo da fuga, ele confessou o furto e informou que havia em sua dois dos aparelhos celulares levados da clínica e os demais eletroeletrônicos estavam no terreno de uma casa, em Várzea Grande.

Em interrogatório na Derf, o suspeito declarou que o crime foi cometido em companhia de um comparsa, dono do carro em que chegaram à clínica. Segundo ele, ambos estava trafegando pelo bairro Duque de Caxias, quando avistaram a clínica e ‘acharam’ fácil furtar o local. Ainda segundo o suspeito, ambos estacionaram o carro próximo à entrada da clínica, arrancaram uma janela e depois arrombaram uma das portas para entrar e começaram a procurar objetos de valor. Ele informou que dois três celulares levados, dois ficaram com ele para posterior revenda e os demais objetos com o comparsa.

Bertoli informou que as diligências continuam para identificar o comparsa do suspeito preso e localizar os outros produtos furtados. A delegacia encaminhou comunicação sobre a prisão ao Poder Judiciário, com representação da conversão do flagrante em prisão preventiva.

Após os procedimentos policiais e autuação em flagrante, o suspeito será apresentado em audiência de custódia no Fórum da Capital. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Rapaz que desapareceu no interior de MT é localizado no interior paulista

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A equipe do Núcleo de Pessoas Desaparecidas (NPD)da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá localizou nesta quinta-feira (15) Leandro Gouveia Prates, 37 anos. Ele está na cidade de Avaré, interior de São Paulo, e foi levado até à delegacia da cidade para prestar informações, após a Polícia Civil de Mato Grosso comunicar a unidade paulista.

Conforme informações repassadas pela família, ele saiu de Nova Olímpia, no interior de Mato Grosso e disse que viria até Cuiabá realizar uma entrevista de trabalho em uma empresa de telecomunicações. Familiares não tiveram mais contato com Leandro desde que ele pegou um ônibus na rodoviária de Nova Olímpia, no dia 06 de abril.  A família então procurou a Polícia Civil e registrou um boletim pelo desaparecimento do rapaz, que não fez mais contato e estava com o celular desligado. 

Com informações passadas pela família, a equipe do NPD rastreou dados que indicavam que o rapaz teria ido para o estado de São Paulo. Uma irmã de Leandro acessou uma rede social dele e conseguiu o histórico de localização, que foi informado à Polícia Civil.

De acordo com o investigador Rafael Mello, a equipe do núcleo checou os itinerários de ônibus que Leandro poderia ter feito e dificuldade foi maior para localizá-lo porque o rapaz tomou diversas conexões de linhas de ônibus até chegar ao destino final, onde estaria uma namorada que ele conheceu pela internet.

Conforme a apuração do NPD, Leandro recebeu uma proposta de trabalho em uma fazenda de cultivo de tomates, no município de Avaré, e não avisou os familiares para que não ficassem preocupados.

Com os dados do desaparecimento e fotos dele divulgadas nas redes sociais e pela imprensa, funcionários da fazenda onde ele já estava trabalhando tomaram conhecimento da busca por Leandro e o levaram até a delegacia de Avaré. Os policiais civis da cidade paulista então comunicaram a equipe do Núcleo de Pessoas Desaparecidas.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana