POLÍTICA NACIONAL

Humberto Costa condena uso do Fundeb para financiar Renda Cidadã e propõe taxar milionários

Publicado


Em pronunciamento nesta quinta-feira (1), o senador Humberto Costa (PT-PE) condenou a proposta do governo federal de financiar parcialmente o programa Renda Cidadã com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). 

Para o parlamentar, também não seria correta a ideia, já abandonada pelo governo, de retirar recursos destinados ao pagamento de precatórios, prejudicando milhares de pessoas que tinham ganho na justiça o direito a recebê-los. Humberto Costa apontou outras maneiras de financiar o Renda Cidadã.

— Nós temos que denunciar essa postura do governo, dizer que é importante ampliar o repasse de dinheiro para as pessoas mais pobres, mas isso deve ser feito com recursos novos, seja pelo fim da Emenda Constitucional [95] que limita o teto de gastos do governo, seja pela adoção de novos impostos que sejam aplicados somente para os milionários, os bilionários — afirmou o senador. 

Humberto Costa disse também que ao criar um novo programa de transferência de renda para substituir o auxílio emergencial, o presidente Jair Bolsonaro quer apagar da memória popular o programa Bolsa Família, criado pelos governos petistas.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

‘No Brasil, cloroquina tem 100% de cura’, diz Bolsonaro a franceses; veja

Publicado


source
bolsonaro
Agência Brasil

Presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender e recomendar o uso da cloroquina para o tratamento da Covid-19. Desta vez, ele respondeu a um grupo de franceses que se reuniu na frente do Palácio da Alvorada.  O remédio ainda não tem comprovação científica de que faz algum efeito contra a doença.

“No Brasil, tomando a cloroquina, no início dos sintomas, 100% de cura”, disse o presidente, que também afirmou desconhecer a situação atual do remédio na França. “Eu sei que alguns cientistas franceses investiram na cloroquina lá atrás. Não sei como está a França no momento reagindo a essa pandemia, se usa cloroquina ou não”, acrescentou.

Veja o vídeo a seguir: 

Contexto 

O governo da França chegou a proibir o uso da hidroxicloroquina para tratar a Covid-19 nos hospitais, depois que dois órgãos responsáveis pela saúde pública no país se declararam contrários à utilização da substância.

O medicamento ainda não tem comprovação científica de que é efetivo no tratamento da doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Um estudo recente, com quase 100 mil pacientes com Covid-19, descartou que a cloroquina e a hidroxicloroquina são eficazes contra a doença, enfatizando que os dois medicamentos aumentam o risco de morte.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana