mato grosso

Hospital Regional de Sinop promove capacitação para profissionais da saúde

Publicados

em

O Hospital Regional de Sinop realiza até o dia 20 de maio a IV Semana da Enfermagem. O evento é promovido em alusão ao Dia Internacional da Enfermagem, celebrado em 12 de maio. 

A atividade, que tem apoio do Escritório Regional de Saúde de Sinop, visa capacitar e orientar os profissionais do hospital. Para o diretor do Hospital, Jean Alencar, é importante evidenciar a valorização do profissional enfermeiro. Ele parabeniza sua equipe e agradece a todos pelos anos de trabalho árduo à frente da unidade de saúde.

“Costumo dizer que todos os profissionais são extremantes importantes no processo do cuidado do paciente, mas preciso destacar a importância que tem a equipe de enfermagem. Ser enfermeiro não é apenas desenvolver um trabalho de forma mecânica. É uma devoção. Muitas vezes o profissional de enfermagem abre mão de si em favor do próximo, como ocorreu durante a pandemia pela Covid-19. Eu confio muito no trabalho da nossa equipe. É uma equipe aguerrida que veste a camisa do SUS”, diz o diretor.

As palestras da IV Semana da Enfermagem ocorreram nesta quinta-feira (12.05) e sexta-feira (13.05). Na próxima segunda-feira (16.05), o grupo volta a se encontrar e segue até sexta-feira (20.05) com uma programação extensa, além de homenagem aos profissionais. Entre os temas a serem debatidos estão: o enfermeiro na prevenção e tratamento das lesões; passagem de plantão e a relação ética com a assistência; cuidado, preparo e administração de medicações e incompatibilidade medicamentosa.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Politec conclui que incêndio no Hospital São Benedito teve início no ar-condicionado

Publicados

em

A Gerência de Perícias de Meio Ambiente e Engenharia Legal da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) concluiu o laudo pericial sobre o incêndio que aconteceu no Hospital Municipal São Benedito, em Cuiabá, no dia 15 de maio deste ano. A perícia apontou que o incêndio teve início no ar-condicionado da enfermaria 25, e não se espalhou para outros ambientes do hospital.

Com base nos vestígios encontrados as causas mais prováveis são superaquecimento do motor da unidade evaporadora do ar-condicionado e/ou curto circuito nas emendas.

O motor da unidade evaporadora do aparelho incendiado foi coletado para avaliação na bancada da Politec junto com parte da fiação. Foi verificado que não havia indícios de curto circuito na placa eletrônica do ar-condicionado. No laudo pericial, o perito criminal constatou que havia muitas emendas nos fios coletados e a presença de pérolas de fusão. Essas emendas são feitas na instalação do ar-condicionado e podem aumentar a chance de superaquecimento da rede elétrica e provocar curtos circuitos.

O perito observou que o superaquecimento do motor do equipamento também pode levar ao aquecimento da rede elétrica e provocar o curto circuito, e como se tratava do ar-condicionado de uma enfermaria de hospital, ele provavelmente operava por várias horas seguidas e ininterruptas, o que aumentam as chances de um superaquecimento do motor.

O laudo foi disponibilizado à 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Civil nesta sexta-feira (27.05).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana