POLÍCIA

Homem preso em Cáceres é foragido da Operação Chicote e considerado líder de grupo criminoso

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Cáceres cumpriu na segunda-feira (04) mandado de prisão contra um homem investigado pelo crime de tortura. Ele foi alvo da Operação Chicote, deflagrada em dezembro para apurar os crimes de tortura, cárcere privado e organização criminosa praticados contra dois irmãos que teriam desobedecido ordens de uma facção criminosa na região.

A Operação Chicote, coordenada pela delegada Judá Maali Marcondes, cumpriu mandados de buscas e de prisões contra integrantes do grupo criminoso, contudo um deles, identificado como líder da facção, estava foragido.

Após diligências de forças de segurança da região, o suspeito foi localizado e preso em Cáceres. No ato da prisão, ele apresentou documento falso e estava de posse da quantia de quase R$ 7 mil. A Polícia Civil identificou também que ele estava com mandado de prisão expedido pela Justiça do Estado do Amapá e responde a diversos procedimentos criminais.

Após o cumprimento da prisão deferida pela 2ª Vara Criminal de Cáceres pelo crime de tortura e do mandado da Justiça do Amapá, o suspeito foi autuado em flagrante pelo uso de documento falso. Ele foi encaminhado à unidade prisional de Cáceres, onde permanece à disposição da justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Autor de triplo homicídio em Mato Grosso é preso no interior de Rondônia

Publicados

em

Por Raquel Teixeira

Um homem indiciado pela Polícia Civil por um triplo homicídio ocorrido há três anos em Aripuanã (1.002 km a noroeste de Cuiabá) foi localizado e preso no último fim de semana, no interior de Rondônia. Ele foi apontado nas investigações sobre o crime como um dos autores dos homicídios de três pessoas de uma mesma família.

O homem de 44 anos foi preso na região do município de Alto Alegre dos Parecis. Policiais militares do município de Rondônia estavam em patrulhamento na zona rural, durante a Operação Narco Brasil, quando abordaram uma camionete conduzida pelo foragido. Em checagem aos dados pessoais nos sistemas de segurança pública foi constatado o mandado de prisão emitido pela Comarca de Aripuanã.

O foragido foi conduzido à Delegacia da Polícia Civil de Alta Floresta d’Oeste, onde foi formalizado o mandado de prisão.

Crime

Em outubro de 2019, as vítimas Matheus Paes Zeferino, 20 anos, Osmir Zeferino, 48 e Klidio Henrique Richieri Ferreira, 26 anos, foram mortas em um garimpo na região do distrito de Conselvan, a aproximadamente 14 quilômetros da cidade de Aripuanã.

As equipes policiais encontraram as vítimas dentro de uma camionete modelo Hillux, todas alvejadas com disparos de arma de fogo. No assento do motorista estava Osmir, no banco da frente estava o filho, Matheus e no assento traseiro, Klidio, genro de Osmir.

Em análise no local do crime, a Polícia Civil constatou que as vítimas não tiveram chance de reação e que no momento em que ocorreram os disparos estavam falando com quem cometeu o crime.

Durante apuração sobre o triplo homicídio, a equipe da Delegacia de Aripuanã chegou à identificação de duas pessoas envolvidas no crime, uma delas a que foi presa. Conforme a investigação, o autor do crime teria discutido com as vítimas por causa de uma caixa d’água no garimpo e logo depois ocorreram as mortes.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana