BRASIL E MUNDO

Homem morre de ataque cardíaco ao enterrar namorada que ele matou

Publicados

em

source
Homem morre ao enterrar a namorada que ele matou
Reprodução / Facebook

Homem morre ao enterrar a namorada que ele matou

Um homem da Carolina do Sul, nos Estados Unidos , morreu de ataque cardíaco enquanto enterrava a namorada que ele mesmo havia matado no quintal da casa onde moravam.

Joseph McKinnon, de 60 anos, matou Patricia Dent, de 65, dentro de uma casa na cidade de Trenton, em Nova Jersey, no último sábado (7), segundo o Gabinete do Xerife do Condado de Edgefield.

De acordo com os policiais, eles receberam uma denúncia de “um homem inconsciente deitado no quintal”, disse o xerife Jody Rowland em um comunicado à imprensa. Quando chegaram ao local, encontraram o corpo do homem.

Segundo a mídia local, equipes médicas foram acionadas para tentar reanimá-lo, mas não tiveram sucesso.

Durante as investigações, os policiais encontraram um segundo corpo em uma cova recém-cavada, identificado como o de Dent, que morava com McKinnon, disseram as autoridades.

Conforme os oficiais, ele teve um “evento cardíaco” enquanto cobria o poço. Os investigadores acreditam que McKinnon atacou Dent dentro de casa. “McKinnon a amarrou e a embrulhou em sacos de lixo antes de colocá-la na cova que ele cavou”, informou o xerife.

Uma autópsia revelou que ela morreu por estrangulamento.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Noruega: ataque a tiros dentro de boate gay deixa ao menos dois mortos

Publicados

em

source
Ao menos duas pessoas morreram em ataque a boate na Noruega
Divulgação/London Pub

Ao menos duas pessoas morreram em ataque a boate na Noruega


Duas pessoas morreram e dez ficaram feridas em um ataque a tiros dentro de uma boate gay de Oslo, na Noruega. De acordo com a imprensa local, as autoridades chegaram a prender um suspeito, mas ainda tentam descobrir os motivos da ação.

De acordo com autoridades locais, o tiroteio aconteceu por volta das 1h15 da manhã no horário local (20h15 no horário de Brasília). 

O incidente ocorreu no London Pub, no centro de Oslo, que se intitula “a boate gay mais visitada da Noruega”. Segundo testemunhas, pelo menos um homem teria entrado no local carregando uma mala, de onde retirou uma arma e efetuou pelo menos 20 disparos. Entre os feridos, pelo menos três estão em estado grave, e foram atendidos em um hospital próximo.

O fato de ter ocorrido em uma boate gay e na véspera da parada do Orgulho LGBTQIAP+ em Oslo levanta a suspeita de que possa ter sido um ataque com motivações homofóbicas, mas a polícia disse que ainda analisa as evidências.

* Com informações de agências internacionais

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana