BRASIL E MUNDO

Homem mata vizinha e cozinha o coração dela para comer com a família; entenda

Publicados

em


source
O homem já havia sido condenado por outros crimes anteriormente
iStock

O homem já havia sido condenado por outros crimes anteriormente

Em Chickasha, no estado de Minnesota ( EUA ), um homem acusado de triplo homicídio confessou ter matado uma vizinha , arrancado o coração dela e comido em casa durante uma refeição. A notícia foi repercutida pelo portal Metrópoles .

A vítima , Andrea Lynn Blankenship, tinha 41 anos. “Ele cozinhou o coração com batatas para alimentar sua família e libertar os demônios”, disse a polícia local, de acordo com o site Oklahoman. 

Ainda de acordo com os policiais, assim que  matou a mulher, Lawrence Paul Anderson voltou para casa e assassinou um tio a facadas e uma criança de 4 anos. Uma outra pessoa também foi esfaqueada, mas conseguiu sobreviver. Os crimes ocorreram em 9 de fevereiro.

O caso provocou indignação, já que o criminoso reincidente foi liberado da prisão no início de janeiro. Ele foi condenado em 2017 a 20 anos de prisão por tráfico de drogas, mas saiu depois que o governador Kevin Stitt comutou a pena.

Desde que foi solto, o homem estava morando na casa dos tios. Antes, ele havia cumprido dois anos de detenção por ter agredido a namorada. A defesa de Lawrence alega que o cliente é bipolar. Ele pode ser condenado à morte.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Tiroteio em festa de aniversário de criança deixa nove jovens feridos nos EUA

Publicados

em


source
Cerca de 60 pessoas participavam na festa de aniversário
Reprodução/AP

Cerca de 60 pessoas participavam na festa de aniversário

Um tiroteio em uma festa de aniversário de criança em Louisiana, nos Estados Unidos , deixou nove jovens feridos no último sábado (17). De acordo com as investigações, os tiros começaram após uma discussão entre dois grupos de adolescentes. Os responsáveis ainda não foram presos. As informações são do portal Daily Mail .

Segundo a publicação, a violência começou por volta das 20h30 em uma casa no subúrbio de Nova Orleans, onde cerca de 60 jovens se reuniram para comemorar o aniversário de uma criança de 12 anos. O xerife Mike Tregre disse que dois grupos de adolescentes, que tinham uma rixa em andamento, se encontraram na casa e inciaram uma discussão, disparando vários  tiros com mais de uma arma .

Nove jovens foram feridos e, desses, sete foram levados a um hospital local e já tiveram alta. Dois ainda estão internados, mas seguem estáveis. Entre as vítimas estão um menino de 17 anos  baleado no braço, um jovem de 16 anos pastou nas costelas; um menino de 15 anos com um ferimento no tornozelo; um garoto de 15 anos com um tiro no pé; um garoto de 14 anos com um tiro na perna; um garoto de 13 anos com um tiro na perna; e um menino de 12 anos baleado nas duas pernas. O menino de 16 anos que levou um tiro no estômago e o de 14 anos que foi ferido na cabeça permanecem internados.

O xerife afirmou que a investigação do caso é “frustrante”, já que eles receberam algumas dicas, mas ninguém fez uma declaração formal até o momento. “Não temos uma testemunha, nenhuma pessoa que tenha visto nada ainda. Então, estamos tentando resolver por conta própria agora”, disse Tregre ao  The Times-Picayune . “Nós não vamos parar. Vamos continuar assim. Alguém tem que se apresentar. Isso não pode ser assim”, continuou.

Devido à dificuldade na investigação do caso, uma recompensa de $2.500,00 (cerca de R$ 13.865,25) está sendo oferecida para quem fornecer informações sobre os responsáveis.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana