POLÍCIA

Homem furta cofre de empresa de bebidas e é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um funcionário de uma distribuidora de bebidas na região de Nova Xavantina (645 km a leste de Cuiabá) foi preso em flagrante pela Polícia Civil do município na quarta-feira (13.01), suspeito pelo furto de aproximadamente R$ 19 mil da empresa.

O suspeito de 37 anos trabalhava como motorista na empresa e foi autuado pelo crime de furto qualificado, fraude processual e falsa comunicação de crime.

O dinheiro estava em um cofre, do tipo “boca de lobo”, instalado no interior de um caminhão da empresa que atua com a distribuição de bebidas em Nova Xavantina e região.

O suspeito estava hospedado em um hotel da cidade junto com mais três funcionários da empresa, quando por volta das 4 horas da manhã, o recepcionista do hotel foi avisado que havia ocorrido o furto do alguns pertences que estavam no interior do caminhão da empresa.

Os policiais civis foram acionados e passaram a investigar o caso. Durante entrevistas, os funcionários entraram em contradições, principalmente em relação ao motorista do caminhão onde estava o dinheiro.

Em depoimento, o suspeito contou que teria ido junto com os demais colegas até a recepção pedir ao recepcionista que ligasse para a polícia. Porém, ao analisarem as imagens os investigadores constataram que o motorista havia pulado a janela e ido até caminhão e que caminhava tranquilamente pelo lado de fora do hotel.

Conforme o delegado de Nova Xavantina, Raphael Diniz, no interrogatório o motorista relatou que pessoas não identificadas estariam dentro da cabine de seu caminhão tentando arrancar o cofre e que ao acordar, conseguiu ver os indivíduos correndo com o cofre nas costas. Ainda segundo ele, as pessoas que levaram o cofre o ameaçaram de morte caso saísse para fora.

A Politec de Água Boa foi solicitada e após periciar o veículo foi constatado que para arrancar o cofre do caminhão seria necessário levantar a cabine e retirar o cofre por baixo. A execução de tal ação seria demorada e faria muito barulho, provas que desmentiram a versão do motorista.

Com base nas evidências o motorista foi preso em flagrante delito por furto qualificado, fraude processual e falsa comunicação de crime. Após a confecção dos autos, ele foi conduzido para a Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, onde está à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

PM liberta vítimas, prende dois suspeitos e frustra roubo com cárcere privado

Publicados

em


Policiais Militares da 3ª Companhia de São José dos Quatro Marcos, de Araputanga e do Grupo de Apoio do 17º Batalhão de Mirassol D’Oeste frustraram um roubo com cárcere privado e prenderam dois suspeitos, de 21 e 22 anos, na noite da última sexta-feira (26.02).

A operação, que também contou com o apoio da Força Tática, apreendeu ainda um adolescente de 17 anos. A ação recuperou grande parte dos produtos roubados.

O crime ocorreu na cidade de São José dos Quatro Marcos (315 km de Cuiabá). Criminosos invadiram uma casa e fizeram uma família refém. Com a chegada da PM, ao invés da rendição, os ladrões saltaram para outras moradias vizinhas, onde também renderam outras pessoas.

Os policiais cercaram a quadra e passaram a fazer o adentramento tático nas casas. Na primeira, vizinha a que eles entraram para roubar, prenderam o primeiro suspeito, que tentava se esconder entre arbustos. Com ele, a PM apreendeu parte do dinheiro roubado.

Os policiais encontraram os outros suspeitos, um adulto e o adolescente, em uma terceira residência. Conforme a narrativa dos oficiais, os suspeitos resistiram à prisão e tiveram que ser algemados para ser contidos.

Aos policiais, os suspeitos revelaram que o plano, frustrado pela PM, era permanecer na casa até o amanhecer deste sábado (27.02), roubar duas caminhonetes e leva-las para Porto Esperidião.

Um revólver calibre 38 que teria sido empregado no roubo, com seis munições intactas, foi encontrado em uma das casas para as quais os ladrões fugiram na tentativa de se esconder da PM.

Com os presos a PM recuperou três relógios de pulso, duas correntes, três brincos, duas alianças, um pingente, um anel, todos de ouro, além de R$ 652 em dinheiro.

Os presos e todo o material apreendido foram entregues na Delegacia de São José de Quatro Marcos. Eles podem responder por roubo, cárcere privado, tortura, porte ilegal de arma de fogo, entre outros crimes.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 08000.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana