POLÍCIA

Homem é preso após estupro cometido contra filha de seis anos

Publicados

em

Um pai investigado pelo estupro cometido contra sua filha de seis anos foi preso pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (22.09), no município de Novo São Joaquim (485 km a leste de Cuiabá).

O suspeito de 53 anos teve a ordem de prisão temporária decretada pela Justiça, após investigação da Delegacia de Novo São Joaquim para apurar o crime.

No dia 15 de setembro, a mãe da vítima procurou a Polícia Civil e informou que está separada do ex-marido e ele pediu para passar uns dias com a filha, em uma propriedade rural onde estava trabalhando.

No dia 14 de setembro, a mãe foi buscar a filha e, ao retornarem para casa, a criança contou que estava com assadura. A mulher comprou uma pomada e quando foi passar o medicamento percebeu que havia algo errado. Ela perguntou o que havia acontecido, mas a menina relutou em contar por medo, pois o pai ameaçou a criança dizendo que bateria nela caso contasse para alguém. No entanto, a mãe insistiu e a menina acabou revelando o estupro.

Diante das graves informações, a Delegacia de Novo São Joaquim abriu uma investigação para esclarecer os fatos. A vítima foi encaminhada para exame de corpo delito, ouvida em depoimento especial e passou por atendimento com a equipe multiprofissional da Delegacia de Defesa da Mulher de Barra do Garças.

Com base nos indícios e evidências de crime, o delegado Pablo Rigo Borges representou pela prisão temporária do investigado, decretada pelo Poder Judiciário com manifestação do Ministério Público Estadual.

Após tomar conhecimento da investigação e temendo por ser preso, o suspeito fugiu. Porém, com o mandado de prisão expedido, os policiais civis realizaram diligências até localizá-lo na manhã desta terça-feira (22).

O homem foi conduzido até a delegacia, interrogado e, posteriormente, será encaminhado para a Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, ficando à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

 

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Autor de homicídio de vítima que sofreu tortura é preso pela Polícia Civil

Publicados

em

 

Por Raquel Teixeira

O autor de um homicídio qualificado ocorrido em março deste ano, em Várzea Grande, e identificado nas investigações da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP) foi preso nesta terça-feira, 26 de outubro, por equipes da unidade policial.

O investigado, de 18 anos, foi localizado no bairro 23 de Setembro e tentou fugir ao avistar os policiais civis. Ele pulou muros de residências, mas na fuga acabou encontrando de frente um dos investigadores da DHPP, que o deteve.

O homicídio pelo qual responde o investigado ocorreu no dia 10 de março deste ano e vitimou José Carlos Pereira da Costa, de 26 anos, encontrado aos fundos de uma região de motéis, em via pública, na área central de Várzea Grande. A vítima foi morta de forma cruel e o corpo apresentava sinais de tortura, uma lesão por esgorjamento (corte profundo na parte anterior do pescoço) e lesões causadas por arma cortante e arma de fogo.

A investigação da DHPP conduzida pelo delegado Olímpio da Cunha Fernandes Jr. apurou que o crime foi cometido por motivo banal e envolveu uma rixa por causa de um suposto furto de R$ 90,00 da vítima. Os policiais identificaram que o crime foi cometido por duas pessoas, um familiar da vítima e um amigo, uma delas presa nesta terça-feira.

Após cometer o crime, o investigado fugiu do bairro em que residia e não foi localizado durante as diligências. A prisão foi representada à 1a Vara Criminal de Várzea Grande, que deferiu o pedido diante dos elementos de autoria atribuídos ao rapaz investigado pelo homicídio.

Durante interrogatório na DHPP, ele se manteve em silêncio. O inquérito já foi finalizado e encaminhado à justiça em maio deste ano.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana