Campinápolis

Homem acusado de matar menor de 16 anos e deixar corpo atrás de igreja é preso

Foi o pai da adolescente quem a encontrou no dia de Natal. Na ocasião, o mesmo informou que sua filha havia saído de casa para ir até a rua usar o sinal de internet wi-fi. No entanto, ela não retornou e os familiares passaram a procurá-la.

Publicado


Reprodução

Algemado

Polícia Civil localiza homem suspeito de estupro e morte de adolescente

Um homem foragido da Justiça da Comarca de Nova Xavantina (645 km a Leste de Cuiabá), acusado de estupro e homicídio, foi preso nesta quinta-feira (07.11) no Pará, após trabalho integrado envolvendo a inteligência policial das Polícias Civis de Mato Grosso e do estado vizinho.

 

O procurado, L.I.F.M. de 33 anos, estava com a ordem judicial de prisão temporária em aberto. Ele responde pelo crime de violência sexual e contra a vida, cometido no dia 25 de dezembro de 2014 na cidade de Campinápolis, tendo como vítima uma adolescente de 16 anos.

 

A menor L. M. R. S. foi encontrada morta atrás de uma igreja. A vítima usava apenas as roupas íntimas, estava com a orelha machucada, indicando mordida, e apresentava sinais de espancamento na cabeça.

 

Foi o pai da adolescente quem a encontrou no dia de Natal. Na ocasião, o mesmo informou que sua filha havia saído de casa para ir até a rua usar o sinal de internet wi-fi. No entanto, ela não retornou e os familiares passaram a procurá-la. O caso gerou comoção entre os moradores da região.

Durante diligências para apurar o crime, o autor foi identificado e teve o pedido de prisão deferido pela Justiça. Nas investigações realizadas pela Delegacia de Campinápolis, em conjunto com o Núcleos de Inteligência de Água Boa e de Confresa, foi possível levantar o paradeiro do criminoso nas proximidades da divisa dos estados de Mato Grosso e Pará.

 

Diante dos fatos, a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, solicitou apoio da Polícia Civil do Pará, que conseguiu surpreender L.I.F.M. de 33 anos, na cidade de Santana do Araguaia.

 

Em cumprimento ao mandado de prisão temporária, o preso foi detido e encaminhado para a Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, onde ficará à disposição da Justiça da Comarca de Nova Xavantina e da Delegacia de Campinápolis, responsável pelo inquérito policial.

 

*Com informações da PJC | MT

Comentários Facebook
publicidade

Rondonópolis

Proprietários de imóveis irregulares têm até 31 de dezembro para solicitar alvará de aceite

Publicado


A Prefeitura de Rondonópolis convoca todos os proprietários de imóveis que estão com cadastro irregular para procurarem o departamento de avaliação e aprovação de projetos da Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismos para verificar pendências e solicitar o alvará de aceite para regularização dos imóveis construídos ou reformados antes do dia 8 de novembro de 2010, quando foi publicado e instituído o código de edificações do município.

O prazo para solicitação, aberto por meio da lei complementar 284 de 2019, encerra no dia 31 de dezembro desse ano, portanto os proprietários devem procurar a prefeitura para requerer a regularização por meio do alvará de aceite.

O cidadão que tem o imóvel irregular não consegue financiamento bancário para novas obras, não tem liberação para reforma ou ampliação do imóvel e pode ser notificado a qualquer momento pela equipe de fiscalização do município. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana