POLÍTICA NACIONAL

Grupo de trabalho irá debater tecnologia 5G com ministro das Comunicações

Publicados

em


José Paulo Lacerda/CNI
Antenas de transmissão para celulares. Telefonia 5G.
O grupo de trabalho está debatendo a adoção da tecnologia 5G na telefonia do país

O grupo de trabalho criado pela Câmara dos Deputados para acompanhar a implantação da tecnologia 5G no Brasil realiza audiência pública na próxima terça-feira (9) com a presença do ministro das Comunicações, Fábio Faria. O encontro será feito por videoconferência. A audiência atende requerimento da deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), coordenadora do GT.

Além da audiência, o grupo de trabalho vai analisar três requerimentos do deputado Vitor Lippi (PSDB-SP), que tratam da inclusão da empresa Qualcomm como convidada,  a fim de debater a tecnologia 5G, funcionalidades, aspectos mercadológicos e de segurança cibernética; outro que requer a inclusão do tema “Impactos do 5G no Agronegócio Brasileiro” no cronograma de reuniões e audiências públicas do GT; e um terceiro que pede a inclusão da P&D Brasil como convidada a fim de debater questões de infraestrutura e equipamentos 5G.

Horário e local
A audiência será às 14 horas, no plenário 13.

Da Redação – RS

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

CPI da Covid: Oposição quer quebra de sigilos e convocação de Guedes e Pazuello

Publicados

em


source
Senador Alessandro Vieira, um dos membros da CPI da Covid
Roque de Sá/Agência Senado

Senador Alessandro Vieira, um dos membros da CPI da Covid

A CPI da Covid-19, que deve ser instalada na próxima semana com Renan Calheiros (MDB-AL) como relator, pode ter os atuais ministros da Economia e da Saúde, Paulo Guedes e Queiroga, e o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello como os primeiros convocados a prestar depoimento. Este é o desejo da ala independente e de oposição ao governo.

Segundo informações da Reuters, a oposição avalia, ainda, quebrar sigilos de autoridades durante as investigações. O roteiro, elaborado pela equipe do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), informa que senadores pretendem avaliar as ações do governo federal em relação ao pagamento do auxílio emergencial e outras medidas econômicas para conter a pandemia de coronavírus. 

Pazuello é um dos principais alvos da ala na CPI. Entre os principais questionamentos que o general deve responder estão o colapso do oxigênio ocorrido no estado do Amazonas no início do ano e o uso de dinheiro público para comprar medicamentos comprovadamente ineficazes, como a cloroquina e a hidroxicloroquina.

Já o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, deve explicar a falta de medicamentos utilizados na intubação de pacientes com quadros graves de Covid-19, além da demora na compra de vacinas e da falta de campanhas a favor de medidas de distanciamento social.

“A atuação da Comissão Parlamentar de Inquérito de acordo com as diretrizes indicadas no presente plano de trabalho será de importância fundamental para a investigação das ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Brasil e, em especial, no agravamento da crise sanitária no Amazonas com a ausência de oxigênio para os pacientes internados, bem como para o exame acerca da licitude do emprego de verbas federais pelos demais entes federativos”, diz o plano.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana