CIDADES

Grupo Bandeirantes de Comunicação lançará o prêmio Cidades Excelentes para os municípios de Mato Grosso

Publicados

em


Incentivar a melhoria da realidade dos municípios através da premiação das boas práticas da gestão pública, é o que prevê o Prêmio Band Cidades Excelentes. A iniciativa é do Grupo Bandeirantes com o Instituto Aquila, direcionado a todos os municípios brasileiros. No próximo dia 8 de julho, ás 9h, o prêmio será lançado para os gestores municipais de Mato Grosso, por meio de videoconferência, organizada pela AMM.

O evento contará com a participação do presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga, do diretor executivo do Grupo Bandeirantes em Mato Grosso, Evaldo Silva, além da presença de um dos autores do livro Cidades Inteligentes, que conversará com os gestores e equipes das prefeituras sobre a premiação.

O objetivo do Prêmio Band Cidades Excelentes é reconhecer as iniciativas  pioneiras de gestão
pública municipal, identificar  as práticas inovadoras com foco no desenvolvimento humano,   incentivar a implementação de projetos na esfera pública, disseminar soluções de gestão que sirvam de referência para outros municípios, e também e a valorização de servidores públicos que atuam de forma proativa em benefício da população.

Outra neta é otimizar a utilização dos recursos em quatro anos de gestão, transformar a gestão, alinhamento com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável-ODS, e principalmente elevar o Índice de Desenvolvimento Humano-IDH, de 0,765 para 0,800.

A iniciativa do Grupo Bandeirantes busca a participação dos 5.570 municípios brasileiros, dentro de uma seleção nacional e outra estadual, no período de junho a outubro deste ano. 

Conforme o regulamento, os municípios serão automaticamente inscritos para concorrer ao prêmio em determinada segmentação populacional. A participação não é obrigatória. Aqueles que não desejarem participar da premiação, devem se manifestar. Não poderão concorrer municípios que estejam inscritos no Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal-Siafi.
Os candidatos poderão submeter os projetos qualitativos que garantem a melhoria da infraestrutura e qualidade de vida da população. A inscrição dos projetos deve obedecer as datas estipuladas na aba, com datas e prazos do portal. Quanto aos critérios do prêmio, a avaliação será feita a partir da ferramenta desenvolvida pelo Instituto Aquila, o Índice de Gestão Municipal-IGMA. A plataforma é estruturada baseada em inteligência artificial.

Os indicadores são construídos a partir dos pilares: eficiência fiscal e transparência, educação, saúde e bem-estar, infraestrutura e mobilidade urbana e desenvolvimento socioeconômico e ordem pública. Para cada pilar, os municípios serão separados em três categorias de avaliação, de acordo com o tamanho da população local.

Os projetos qualitativos são de iniciativa pública e com o intuito de melhorar a gestão municipal da cidade avaliada. O mesmo município poderá concorrer apresentando mais de um projeto. Os projetos deverão ser submetidos através do portal do prêmio com os pré-requisitos de aplicação atendidos e servirão para aumentar a nota do indicador IGMA do município.

Critérios da Premiação: Na etapa estadual, terá um evento de premiação em cada estado brasileiro com a participação dos representantes de todos municípios dos estados. As três melhores cidades de cada estado em cada pilar e categoria populacional receberão o diploma de qualidade da gestão em seu respectivo pilar, sendo o diploma de qualidade da gestão das três melhores cidades do estado em cada pilar.

Na etapa nacional, terá um evento em Brasília com os representantes de todos os estados do país para premiação das três melhores cidades do Brasil em cada pilar, considerando sua categoria populacional filtradas na etapa estadual. Os 18 vencedores das categorias ganharão troféus e os demais receberão medalhas alusivas ao destaque em âmbito nacional.

O troféu será para os 18 vencedores em suas categorias em território nacional. As medalhas alusivas para o destaque em âmbito nacional e ao desempenho até a etapa final.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Propaganda

CIDADES

MEC lança cursos a distância para professores da educação infantil

Publicados

em


O Ministério da Educação (MEC) lançou ontem (19) um conjunto de novos cursos a distância para professores da educação infantil. Serão disponibilizadas 200 horas de conteúdos e sugestões de atividades de forma gratuita para professores de creches e pré-escolas.

Os conteúdos e recursos pedagógicos estarão organizados em seis módulos: Conhecer-se e Expressar; Conviver; Participar e Explorar; Brincar; Comunidade Escolar; e Famílias: mãos entrelaçadas. Cada módulo é formado por um convite à reflexão, um embasamento teórico e atividades sugeridas aos professores.

As inscrições para os cursos já estão abertas. Os módulos serão disponibilizados gradativamente, entre outubro e novembro. Serão ofertados aspectos teóricos e práticos da educação para esse segmento dos alunos, a partir da nova Base Nacional Comum Curricular.

O público-alvo da formação lançada hoje são 593 mil professores das redes pública e privada que atuam em creches e pré-escolas. Os cursos serão publicados no ambiente virtual de formação do ministério, Avamec. Atualmente, o sistema utilizado pelo MEC conta com 1,1 milhão de usuários e 148 cursos.

Na cerimônia de lançamento, transmitida pelos canais do ministério, o titular da pasta, Milton Ribeiro, disse que o objetivo é fornecer ferramentas para apoiar os docentes no papel da construção dos cidadãos.

“A primeira etapa da educação básica é a educação infantil. É o momento de cuidar e estimular as crianças de 0 a 6 anos, período em que estão sedentas para explorar o mundo. A missão dos professores é muito importante, podem fazer a diferença na vida das crianças para construir as melhores habilidades e competências socioemocionais”, declarou Ribeiro.

Ele acrescentou que a formação poderá possibilitar aos professores aperfeiçoar as propostas pedagógicas para extrair o melhor de cada ser humano em formação.  

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana