GERAL

Greve do Metrô faz prefeitura de São Paulo suspender rodízio de carros

Publicados

em


A prefeitura de São Paulo suspendeu o rodízio municipal de veículos para automóveis hoje (19) por causa da greve dos metroviários. Com isso, a circulação de veículos leves está liberada no centro expandido desde a 0h desta quarta-feira para todos os finais de placas.  A circulação de automóveis também estará liberada das 21h de hoje até as 5h de amanhã (20), no horário em que o rodízio segue o toque de restrição.                

A paralisação das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha do Metrô e a linha 15-Prata de monotrilho em São Paulo foi definida em assembleia virtual realizada ontem (18) pelo Sindicato dos Metroviários. Foram 2.448 votos favoráveis à paralisação (77,42%). Os metroviários decidiram entrar em greve por reajustes salariais e de benefícios. 

As linhas 4 e 5, de operação privada, continuam funcionando. “A ViaQuatro e a ViaMobilidade, concessionárias responsáveis pela operação e manutenção das linhas 4-Amarela e 5-Lilás do Metrô, respectivamente, informam que operarão normalmente nesta quarta-feira, das 4h40 à meia noite”, disseram as concessionárias por meio de nota.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Propaganda

GERAL

Pará terá Forças Armadas no combate a crimes ambientais

Publicados

em


O presidente Jair Bolsonaro autorizou a ampliação da utilização das Forças Armadas, no contexto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO), para combater delitos ambientais no estado do Pará.

No dia 28 de junho, ele havia editado um decreto autorizando o emprego das Forças Armadas até 31 de agosto de 2021 no combate a esse tipo de delito na Amazônia, em municípios específicos com situação mais problemática. No decreto anunciado hoje pelo Planalto, ele amplia esse combate ao estado do Pará.

Pelo primeiro decreto da GLO editado, a atuação dos militares ocorre exclusivamente em áreas de propriedade ou posse da União, como terras indígenas, áreas federais de preservação, imóveis da União, entre outros. A ação em outras áreas somente poderá ser realizada se houver pedido do respectivo governador do estado ao presidente da República, o que já foi feito no caso de Rondônia.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana