BRASIL E MUNDO

Governo lança sistema inédito de mapeamento em educação na saúde

Publicado


.

 O Ministério da Saúde lançou, nesta quinta-feira (6), o Sistema de Mapeamento em Educação na Saúde (Simapes), que permitirá a coleta e a sistematização de informações sobre a educação em saúde no Brasil e aprimorar a qualidade dos cursos técnicos e de graduação na área.

A ferramenta inédita reúne informações de bancos de dados do Ministério da Saúde, do Ministério da Educação, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) e do Contrato Organizativo de Ação Pública de Ensino-Saúde (Coapes).

Será possível monitorar, organizar, avaliar e compartilhar esses dados no portal oficial do Simapes, disponibilizando informações de interesse público para a sociedade, os pesquisadores e o Ministério da Educação.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, destacou a importância do sistema para aprimorar a qualidade dos cursos de saúde e a formação dos profissionais. “Essa é uma entrega realmente de peso. Está se falando sobre o padrão das pessoas que são formadas, do resultado efetivo de tudo que se investe nisso, público e particularmente, da dedicação das pessoas ao longo da vida e do resultado no final na ponta da linha”, afirmou o ministro.

A partir da sistematização de informações do Simapes, poderão ser feitas análises e produzidos diagnósticos dos cursos técnicos e de graduação na área da saúde. E usar esse material em medidas para melhorar a qualidade da educação em saúde no país, como, por exemplo, em mudanças curriculares, controles de admissão e comprovação de instalações adequadas para o funcionamento dos cursos. 

“O sistema vai estar de uma forma clara no nosso site, de contato direto, de hiperlink e, a partir daí, sim, poderemos observar e dar subsídio para que todos nas suas áreas possam melhorar cada vez mais”, disse o ministro Eduardo Pazuello.

As informações ainda poderão subsidiar o Ministério da Educação para a abertura de novos cursos na área de saúde. O sistema vai ajudar a identificar as demandas e necessidades de cada região, além de ser possível observar se o local ou o serviço de saúde possui estrutura necessária para ampliar ou criar cursos, como condições essenciais para aulas práticas, por exemplo.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Simapes é um passo importante para a reorganização da formação em saúde no país e trará ganhos para os profissionais, o Governo Federal e a população. Quem busca formação na área de saúde terá mais informações para encontrar uma formação de qualidade, o Governo Federal ganha mais um instrumento para estabelecer políticas públicas de educação e saúde e a população terá mais qualidade na prestação do serviço público.

Fonte: Brasil.gov

Comentários Facebook
publicidade

BRASIL E MUNDO

Policiais apreendem 160 kg de maconha, entregam só 1 kg e vendem o restante

Publicado


source
a
Reprodução

Os policiais suspensos teriam reportado apenas 1 kg de contrabando e vendido o restante


Quatro policiais, incluindo dois subinspetores e dois chefes de polícia, foram suspensos depois de terem relatado, erroneamente, a quantidade de maconha apreendida de um traficante de drogas durante uma operação no início deste mês, de Delhi, na Índia.


Autoridades de segurança indianas disseram que a operação foi conduzida por uma equipe da delegacia de Jahangirpuri, durante a qual aproximadamente 160 kg de maconha foram apreendidos. No entanto, apenas um quilo da droga foi entregue pelos agentes.

Os outros 159 quilos foram divididos entre eles, que venderam boa parte do entorpecente . Além disso, eles teriam liberado o traficante após receberem suborno. 

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana