mato grosso

Governo lança editais de fomento para os setores da economia criativa, audiovisual e jogos eletrônicos

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), lançou nesta segunda-feira (18.10) mais três editais que contemplam os setores audiovisual, economia criativa e jogos eletrônicos. O investimento será de R$ 5,7 milhões que serão distribuídos em 84 projetos. O objetivo é reaquecer a economia e os setores que foram diretamente impactados com a pandemia.

Com a publicação destes editais já somam mais de R$ 75 milhões investidos na cultura e no esporte de Mato Grosso. “Estas ações só demonstram o quanto o Governo do Estado tem olhado para o setor, que tem sofrido com as consequências da pandemia, e que agora começa a se recuperar e ganhar um novo fôlego. Os editais contemplam três importantes setores que certamente irão girar a economia local e fortalecer ainda mais a produção mato-grossense”, destaca o secretário da Secel, Beto Dois a Um.

No audiovisual serão aplicados R$ 3 milhões em 34 projetos, divididos nas categorias: curta-metragem, videoclipe, videodança e videoarte. Em curta-metragem serão selecionados 10 projetos de ficção no valor de R$ 150 mil cada, 10 projetos de documentário no valor de R$ 100 mil cada, e 02 projetos de animação no valor de R$ 80 mil cada. Na categoria videoclipe serão contemplados 08 projetos de 30 mil, videodança serão 02 projetos de R$ 25 mil e a categoria videoarte selecionará 02 projetos de R$ 25 mil.

Na economia criativa serão investidos R$ 2 milhões. Serão selecionados um total de 40 projetos no valor de R$ 50 mil cada, divididos nas categorias “Mundo das Artes” (artes visuais, artes cênicas, audiovisual, música, literatura, fotografia, artesanato, biblioteca, museus e galerias, patrimônio material e imaterial, cultura popular e tradicional), “Negócios Digitais” (startup, FabLab, mídia digital, software, novas mídias e mídias sociais) e “Criações Funcionais” (arquitetura e urbanismo, moda, gastronomia, design, publicidade e turismo).

Já o edital de jogos eletrônicos irá contemplar 10 projetos no valor de R$ 70 mil totalizando um investimento de R$ 700 mil, dividido da seguinte forma: 5 projetos na categoria livre (projetos de jogos eletrônicos com tema livre) e 5 na categoria educacional (projetos de jogos eletrônicos que têm o objetivo de incentivar a leitura). Os recursos são exclusivamente para o desenvolvimento e produção de jogos eletrônicos (game) para console, computador e/ou dispositivos móveis (smartphone e tablet).

Inscrições

As inscrições para os editais de audiovisual, economia criativa e jogos eletrônicos estão abertas e seguem até as 18h do dia 30 de novembro de 2021. O processo de inscrição dos editais ocorrerá em duas fases: pré-inscrição (preenchimento do formulário online) e entrega dos documentos junto ao protocolo da Secel. As inscrições só serão consideradas válidas caso o proponente cumpra as duas fases.

Serviço

Editais de seleção pública para os setores audiovisual, economia criativa e jogos eletrônicos

Período de inscrição: aberto até as 18h do dia 30 de novembro de 2021

Editais, anexos e formulários de inscrição:

  • Audiovisual, clique aqui
  • Jogos Eletrônicos, clique aqui
  • Economia criativa, clique aqui

Endereço: Av. José Monteiro de Figueiredo (Lava Pés), 510, Bairro Duque de Caxias, CEP: 78043-300 – Cuiabá-MT.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Técnicos da Empaer participam de curso sobre produção de algodão regenerativo em sistemas agroflorestais

Publicados

em


Técnicos da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) estão participando do curso de capacitação de produção de algodão regenetarivo em sistemas agroflorestais para a Região do Vale do Araguaia. Realizada na cidade de Canarana (a 823 km de Cuiabá), a qualificação tem o objetivo de dar continuidade aos treinamentos dos agentes mutiplicadores do Projeto AGROcotton que visa a agricultura sustentável a produtores familiares do Estado.

Na prática, os técnicos capacitam os produtores para a implementação do sistema agroflorestais com o cultivo do algodão regenetarivo para o ano de 2022, com a possibilidade de extensão do cultivo e da compra para os anos seguintes.

O curso foi dividido em teoria e prática. De segunda-feira a quarta-feira (06 a 08.12), as aulas acontecem no auditório do Sindicato Rural, no centro de Canarana. Na quarta-feira (08), no período da tarde e na quinta-feira (09), será na Unidade Demonstrativa Algodão Regenetativo, no Parque de Exposição Luiz Cancian.

Na programação consta apresentação do Projeto AGROcotton – Algodão Regenetativo e os parceiros envolvidos na iniciativa; Histórico dos sistemas de produção ecológica; Transição Agroecologia e Sistemas Agroflorestais; Princípios e práticas agroeconológicas com ênfase no manejo ecológico do solo; Apresentação de experiências agroecológicas da região;   Fundamentos técnicos dos sistemas agroflorestais e biodiversidade; Intensificação ecológica e econômica através de sistrmas agroflorestais; Planejamento da implantação e da condução das áreas do Projeto; A cultura do algodoeiro e o Uso e produção de bionsumos.

O curso é uma realização da Embrapa, Empaer, Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (Seaf) e Farfarm. Os apoiadores são Sindicato Rural de Canarana, Prefeitura e Câmara Municipal.   

Sobre a Farfarm – É uma empresa brasileira especializada em projetos de supply chain regenerativos. Sua missão é transformar a indústria têxtil no Brasil. Por meio da agrofloresta, ela estabelece cadeias produtivas virtuosas para abastecer o mercado têxtil de matérias-primas genuinamente ecológicas, apoiando pequenos produtores e, portanto, gerando baixo impacto socioambiental.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana