BRASIL E MUNDO

Governo destina R$ 62 milhões para garantir água e saneamento básico nas escolas

Publicados

em


O Ministério da Educação, por meio da Secretaria de Modalidades Especializadas de Educação (Semesp), já disponibilizou cerca de R$ 62 milhões para o Programa Dinheiro Direto na Escola Água e Saneamento Básico (PDDE Água). A iniciativa se destina a empregar recursos financeiros às escolas públicas de Educação Básica que funcionam no meio rural, garantindo as adequações necessárias ao abastecimento de água em condições apropriadas para consumo e o esgotamento sanitário nas unidades escolares que tenham declarado no Censo a inexistência de abastecimento de água ou de esgotamento sanitário.

O montante atende a um total de 1.604 escolas e beneficiará 307.347 estudantes. Foi possível aprovar os projetos de 503 escolas que, desde já, poderão executar os serviços para obter o acesso permanente à água ou saneamento básico, condição primordial no caminho de volta às aulas.

Mesmo com as complicações educacionais propiciadas pela Covid-19, o MEC dedica esforços, com o apoio dos secretários de educação estaduais e municipais, para garantir a execução de todo o recurso já destinado ao programa.

Com informações do Ministério da Educação

Fonte: Brasil.gov

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

RJ: Paes libera prática de atividades coletivas desde que não gerem aglomerações

Publicados

em


source
RJ: Paes libera prática de atividades coletivas desde que não gerem aglomerações
Reprodução/Twitter/@eduardopaes

RJ: Paes libera prática de atividades coletivas desde que não gerem aglomerações

prefeito Eduardo Paes decidiu liberar, nesta quarta-feira (14), a prática de atividades coletivas em praças, áreas públicas, praias e ruas desde que não gerem aglomerações. A medida foi publicada no Diário Oficial . A regra vale, inclusive, para atividades com professores . No entanto continua proibida a presença de pessoas na areia para o banho de sol. Já clubes passam a poder abrir a partir das 6h até às 21h. Antes, as atividades só podiam começar às 11h. As demais regras para comércio , serviços e indústrias estão mantidas .

Na última sexta-feira (09), a prefeitura do Rio decidiu flexibilizar as medidas restritivas que vinha mantendo na capital desde 26 de março. As medidas valem até 19 de abril . Com a mudança, vale o funcionamento presencial de bares e restaurantes, até as 21h.

Já as praias continuam proibidas , não podendo haver ambulantes (fixo ou itinerante), aula e prática de esportes coletivos, permanecer na areia e estacionamento na orla (com exceção de moradores, idosos, pessoas com deficiência e hóspedes de hotéis). Essas restrições também valem para parques e cachoeiras.


De acordo com o município , as restrições tiveram impacto no número de atendimentos na rede básica, que teve indicativo de queda . No último boletim epidemiológico , o 14º, a cidade foi classificada com risco muito alto .

Veja como estão as restrições na cidade:

Até as 21h

  • Bares
  • Lanchonetes
  • Restaurantes
  • Quiosques da orla

Foi estipulada uma hora de tolerância para o efetivo encerramento dos serviços nestes locais.

Você viu?

  • Clubes sociais e esportivos (as áreas de lazer a partir das 11h)

Do meio-dia às 21h :

  • Museus
  • Galerias
  • Bibliotecas
  • Cinemas
  • Teatros casas de festa
  • Salas de apresentação
  • Salas de concerto
  • Salões de jogos
  • Circos
  • Recreação infantil
  • Parques de diversões, temáticos e aquáticos
  • Pontos turísticos
  • Exposição de arte
  • Aquários
  • Jardim Zoológico
  • Demais atividades de prestação de serviço

Das 10h às 18h:

  • Comércio

Das 8h às 17h:

  • Órgãos não essenciais da administração pública

O que continua suspenso:

  • Boates
  • Casas de espetáculo
  • Ambulantes nas praias
  • Feiras especiais, feiras de ambulantes, feiras de antiquários
  • Rodas de Samba
  • Festas em áreas públicas e particulares
  • A permanência nas vias, áreas e praças públicas das 23h às 5h
  • Praias, parques e cachoeiras

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana