mato grosso

Governo de MT já distribuiu 98,1% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso recebeu, até esta terça-feira (11.05), 1.033.630 doses das vacinas contra Covid-19 do Ministério da Saúde e já disponibilizou 1.014.604 aos 141 municípios do Estado, ou seja, 98,1% do total recebido.

A disponibilização das doses é resultado da soma da primeira e segunda doses (957.298), acrescida das doses destinadas às populações indígenas aldeadas (54.120) e dos arredondamentos técnicos (3.186) necessários para o ajuste volumétrico dos frascos disponibilizados pelo Ministério da Saúde.

É importante enfatizar que as 17.550 doses de vacina da Pfizer, recebidas nesta madrugada, estão sendo pactuadas pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e serão disponibilizadas assim que definida a destinação dos imunizantes.

Das 957.298 doses disponibilizadas aos municípios, as prefeituras aplicaram 689.559 (71%), sendo 469.471 como primeira dose e 220.088 como segunda dose. O percentual se manteve igual ao da semana passada; já na semana retrasada, a taxa era de 77%.

Os 10 municípios que mais aplicaram vacinas, considerando o percentual de doses aplicadas em relação às doses recebidas, foram: Porto Esperidião (98%), Santa Terezinha (95%), Vila Rica (94%), Santo Afonso (93%), Ribeirãozinho (92%), Nova Monte Verde (89%), Juína (87%), Campo Novo do Parecis (86%), Vale de São Domingos (85%) e Planalto da Serra (84%).

Confira o ranking completo de aplicação das vacinas no Boletim Informativo n° 429 ou no Painel de Distribuição de Vacinas Covid-19.

Considerando as vacinas destinadas à população indígena, alguns municípios podem contabilizar as doses aplicadas em aldeias pertencentes a territórios vizinhos e ultrapassar o limite de 100% da aplicação.

A Vigilância Estadual alertou que a utilização de unidades de segunda dose como primeira dose pode comprometer o esquema vacinal da população do município, considerando o fornecimento e as orientações feitas pelo Ministério da Saúde.

Sobre a distribuição

Na força-tarefa da vacinação, cabe ao Governo do Estado fazer a logística de distribuição, que é definida pela Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT), composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

A escolta dos materiais até os 14 polos de distribuição é feita pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), além das Polícias Federal e Rodoviária Federal e do Ministério da Defesa. O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também disponibiliza sua frota aérea para dar celeridade à distribuição.

É importante ressaltar que o Governo Federal define o total de doses que cada estado recebe. Essa definição ocorre de acordo com a quantidade de pessoas que pertencem aos grupos prioritários e não pela quantidade absoluta da população.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Fórum de Gestão de Pessoas discute gestão e melhorias no serviço público diante da covid-19

Publicados

em


O 2º Fórum de Gestão de Pessoas promovido pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), discutiu nesta quarta (16) e quinta-feira (17), como transformar em conhecimento todos os debates provocados pela pandemia de forma a garantir aos usuários do serviço público um sistema mais eficiente e preparado em tempos de crise. Participaram do evento, servidores públicos que trabalham nas áreas de gestão de pessoas do Executivo estadual.

Com a sua primeira edição online, devido à covid-19, o tema central foi “Contribuições para a Modernidade da Gestão de Pessoas no Poder Executivo do Estado de Mato Grosso em Tempos de Pandemia”.

Durante a abertura, o titular da pasta, Basílio Bezerra, deu boas-vindas aos participantes, e reforçou a importância que os gestores e técnicos têm para a administração pública.

“Modernizar as atividades de gestão de pessoas passa por vários processos como tecnologia, melhoria das normas e a capacitação dos servidores por meio de treinamentos. Esses fatores contribuem muito para uma boa prestação de serviços e convivência no ambiente laboral”, disse Bezerra.

Também fizeram parte da programação do primeiro dia de evento, apresentação musical e teatral e três rodas de conversa, em que foram debatidas temáticas como saúde mental na pandemia, os efeitos da covid-19 no ambiente de trabalho e os desafios e as perspectivas para o futuro.

Já no segundo dia, foram apresentadas as ações do Protocolo de Intenções firmado no 1º Fórum, além dos resultados alcançados por meio das novas práticas, bem como casos de inovações nas soluções em gerir e desenvolver servidores públicos.

Na avaliação da secretária adjunta de Gestão de Pessoas, Lidiane Leite, o evento trouxe a reinvenção pela qual a administração pública tem passado diante da pandemia, seja pelo teletrabalho ou pelas adaptações das reuniões remotas, além de “mostrar a busca constante para um melhor atendimento ao cidadão, uma das medidas que tomamos foram os investimentos em capacitação de servidores”.

Ela também destacou que “é fundamental que a Seplag como órgão central de gestão de pessoas, esteja interligada com as setoriais”.

A realização é uma iniciativa da Secretaria de Adjunta de Gestão de Pessoas, por meio da Superintendência de Desenvolvimento, Valorização e Saúde do Servidor, em parceria com a Secretaria Adjunta de Gestão do Conhecimento e Qualificação Profissional.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana