mato grosso

Governo de Mato Grosso dá ordem de serviço e retoma obra do Hospital Universitário Júlio Müller

Publicados

em

O governador Mauro Mendes assina nesta terça-feira (01.12), às 8h30, o contrato junto ao Consórcio Jota Ele-MBM e a respectiva ordem de início de serviço para a retomada das obras do novo Hospital Universitário Júlio Müller, que estavam paralisadas desde 2013.

A assinatura será realizada no local onde será edificado o hospital, no KM 16 da MT-040, entre Cuiabá e Santo Antônio de Leverger.

Também participam do evento os representantes do Consórcio Jota Ele-MBM, o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, o reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Evandro Soares, entre outras autoridades.

Serão investidos R$ 207,485 milhões na retomada e conclusão do hospital, que era mais uma obra prevista para ser entregue na Copa do Mundo de 2014 e que está sendo retomada pela atual gestão do Governo de Mato Grosso, sendo considerada uma das principais ações do programa Mais MT, no eixo da Saúde.O prazo previsto para a construção do hospital é de 24 meses.

O investimento a ser realizado é R$ 8,788 milhões menor em relação ao que estava estimado, no valor de R$ 216,273 milhões, no início da licitação feita pela Sinfra. A economia se dá em razão do instrumento de “orçamento sigiloso” aplicado no processo licitatório, no qual o valor de referência à retomada da obra, atribuído pelo Governo do Estado, somente foi revelado ao final do certame.

Governo de MT dá ordem de serviço e retoma obra parada desde 2014

Com a assinatura do contrato e a emissão de ordem de serviço, o Consórcio Jota Ele-MBM será o responsável pela elaboração do projeto executivo e também pela execução da obra, que teve início em 2012 e até o presente momento tem apenas 9% de seu andamento concluído. Para a retomada da obra, R$ 96 milhões de recursos federais, por meio do Ministério da Educação (MEC), já estão assegurados.

O hospital terá 58,5 mil metros quadrados somente de área construída e está localizado em um terreno de 147 hectares. O anteprojeto, que foi elaborado pela UFMT, mantém a concepção de hospital-escola e prevê a construção de oito blocos para atender as áreas assistenciais, de internação, nutrição, administrativa, entre outras.

Ao todo o hospital contará com 228 leitos de internação, 68 leitos de repouso e 63 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), sendo 25 para adultos, 18 voltados a atender crianças (pediátrico) e 20 para recém-nascidos (neonatal).  Além disso, a unidade de saúde contará ainda com 12 centros cirúrgicos, 85 consultórios, 45 salas de exame, 21 salas para banco de sangue e triagem e outras 53 salas administrativas.

Histórico

As obras do novo Hospital Universitário Júlio Müller começaram após o Governo do Estado firmar convênio com a UFMT e eram executadas pelo consórcio Normandia – Phoenix- Edeme, formado pelas empresas Normandia Engenharia Ltda., Construtora e Incorporadora Phoenix Ltda. e Edeme Construções Civis e Planejamento Ltda.

Em 2013, os serviços foram paralisados e, posteriormente, o contrato foi rescindido pelo não cumprimento do cronograma. A conclusão da obra estava prevista para 2014. Ao todo, o investimento previsto era de R$ 116,5 milhões, sendo que metade dos recursos eram estaduais e metade federais.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Mato Grosso registra 342.243 casos e 9.031 óbitos por Covid-19

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (17.04), 342.243 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 9.031 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.169 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos  342.243 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 11.631 estão em isolamento domiciliar e 319.484 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 513 internações em UTIs públicas e 475 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 96,61% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (72.681), Rondonópolis (25.516), Várzea Grande (22.409), Sinop (17.959), Sorriso (12.304), Tangará da Serra (11.393), Lucas do Rio Verde (11.005), Primavera do Leste (9.771), Cáceres (7.351) e Alta Floresta (6.498).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link. 

O documento ainda aponta que um total de 303.006 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.273 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (16), o Governo Federal confirmou o total de 13.832.455 casos da Covid-19 no Brasil e 368.749 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.746.681 casos da Covid-19 no Brasil e 365.444 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (17).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana