mato grosso

Governo assina convênios para pacote de obras em escolas, aquisição de micro-ônibus e equipamentos

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso, por meio da secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), firmará, na próxima terça-feira (19.01), mais de 50 convênios com 26 municípios, para a construção de novas escolas estaduais e de quadras poliesportivas, ampliação de unidades, além da aquisição de micro-ônibus, mobiliários e equipamentos.

Os convênios ultrapassam os R$ 40 milhões e fazem parte do pacote de investimentos do programa Mais MT. O evento será realizado no Palácio Paiaguás, às 9h. 

Dentro do pacote está a construção de três novas escolas em Peixoto de Azevedo, Primavera do Leste e Querência.

Em Peixoto de Azevedo o convênio firmado direto com a prefeitura prevê um investimento do governo de R$ 3.995.000,00 e R$ 5.000,00 de contrapartida do município.

O projeto é de construção da Escola Estadual Luciene Cardos de Oliveira, com 10 salas de aula e uma quadra poliesportiva. O terreno fica no Loteamento Nova Esperança, nas ruas Manaus e Parnaíva.

Em Primavera do Leste, a nova unidade terá 16 salas de aula e quadra poliesportiva. Será construída no bairro Jardim Luciana. A prefeitura destaca que o bairro tem apresentado um grande crescimento populacional e precisa de infraestrutura para atender os moradores de toda a redondeza.

O investimento do governo do Estado será de R$ 7.495.000,00 e a contrapartida da prefeitura de R$ 5.000,00.

Em Querência, será construído o novo prédio da Escola Estadual Indígena Central Kisedje, com oito salas de aula. A escola atende alunos dos Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Neste prédio, o investimento do Estado será de R$ 1.995.000,00 com contrapartida de R$ 5.000,00 do município.

Ampliações e quadras

Os convênios também são para ampliações em oito escolas estaduais, localizadas em Campo Novo do Parecis, Nova Canaã do Norte, Sapezal e Sorriso. Cada unidade terá mais oito salas de aula, uma média de 240 novas vagas. As obras estão previstas para iniciar ainda no primeiro semestre.

Vinte e duas escolas vão ganhar uma nova quadra poliesportiva, possibilitando aos estudantes um espaço adequado para a prática de esportes. As quadras serão construídas em escolas de Campo Novo do Parecis, Figueirópolis D’Oeste, Juscimeira, Nortelândia, Nova Lacerda, Peixoto de Azevedo, Porto Alegre do Norte, Primavera do Leste, Querência, Santa Rita do Trivelato e Sorriso.

Em Campo Novo do Parecis, a obra de ampliação será na Escola Estadual Jardim do Ipês, no bairro com o mesmo nome. Além de um novo bloco escolar com oito salas de aula, serão construídos novos banheiros na unidade e uma quadra poliesportiva. O convênio assinado com a prefeitura totaliza R$ 1.500.000,00, sendo R$ 1.495.000,00 de investimentos do governo e R$ 5.000,00 de contrapartida do município.

Também em Campo Novo do Parecis, a Escola Estadual Marechal Cândido Rondon vai ganhar uma nova quadra poliesportiva (R$ 695.000,00 de investimentos do Estado e R$ 5.000,00 de contrapartida do município).

Em Itanhangá, a Escola Joaquim Barbosa vai ganhar mais oito salas de aula e também uma quadra poliesportiva. O projeto também prevê a instalação de posto de transformação para que a unidade possa receber climatização.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Primeira-dama recebe homenagem da Câmara de Vereadores de Cuiabá por trabalho em defesa da mulher

Publicados

em


A primeira-dama Virginia Mendes foi homenageada, nesta segunda-feira (08.03), durante a sessão solene em alusão ao Dia Internacional da Mulher, realizada na Câmara de Vereadores de Cuiabá. A iniciativa foi proposta pelas vereadoras Michelly Alencar e Edna Sampaio que entregaram moções de aplausos a diversas personalidades mato-grossenses.

“Estou honrada com o convite e por participar da sessão ao lado dessas mulheres. Dia da mulher é todos os dias como mãe, mulher, filha, empresária ou qualquer outra profissão. A luta pela garantia dos direitos plenos da mulher deve ser constante. E este 8 de março, Dia Internacional da Mulher, é extremamente necessário para que todos reflitam sobre igualdade”, salientou Virginia Mendes.

Entre as ações desenvolvidas pela primeira-dama em Mato Grosso estão o fortalecimento das ações de amparo e defesa das mulheres, com a implantação do programa Ser Mulher, voltado ao atendimento de mulheres vítimas de violência doméstica, em situação de medida protetiva, para custeio de moradia. O valor pago mensal é de até um salário mínimo. E também a inauguração do Plantão 24 horas, no bairro Planalto, que contribuiu para que as mulheres tenham segurança e se sintam acolhidas ao denunciar casos de violência doméstica.

“Defender os direitos da mulher é tornar nossa sociedade mais justa e igualitária. Nós mulheres mato-grossenses somos capazes de fazer absolutamente tudo. E o mundo precisa nos respeitar. Porque somos fortes e precisamos de espaço”, afirmou a primeira-dama.

A vereadora Michelly Alencar pontuou direitos históricos conquistados pelas mulheres, como a inserção da mulher no mercado de trabalho, a Lei Maria da Penha, e a Lei n° 6.643, que institui ações de combate aos delitos sexuais no transporte coletivo do município.

“Nós decidimos ser protagonistas da nossa história e acreditar que podemos conquistar cada vez mais. Nossa força está quando assumimos nossos propósitos de vida e as mulheres têm papel fundamental na geração de vida, na jornada em casa e nas políticas públicas. A nossa luta é por justiça e equidade, e quero valorizar a luta, história e força de cada uma”, disse a parlamentar.

A vereadora Edna Sampaio, por sua vez, destacou a busca pelos direitos plenos de cidadania. “Nós, mulheres, sabemos o peso que há em uma sociedade desigual. As homenagens são um ato simbólico que representam todas as mulheres que contribuem nos espaços onde atuam e para que tenham voz. O direito das mulheres precisa ser o elo deste mandato”, declarou.

Transmitida ao vivo pela Câmara de Vereadores a sessão contou com a participação virtual do presidente da Câmara de Vereadores de Cuiabá, Juca do Guaraná, e de outras mulheres que atuam na causa feminina como a deputada federal, Rosa Neide dos Santos, a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Mato Grosso (Cedm), procuradora Glaucia Amaral, a presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Maria Helena Gargaglione Póvoas, a jornalista Neusa Baptista Pinto, a escritora Marilza Ribeiro, a educadora Keila Alves, entre outras.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana