BRASIL E MUNDO

Governadores cobram Ministério da Saúde por data de vacinação; pasta não define

Publicados

em


source
Ministério da Saúde ainda não tem cronograma de vacinação
O Antagonista

Ministério da Saúde ainda não tem cronograma de vacinação

Governadores de vários estados se reuniram com Arnaldo Medeiros, secretário de vigilância do Ministério da Saúde nesta terça-feira para cobrar a divulgação de um cronograma de  vacinação contra a Covid-19 em todo o país. No entanto, saíram da conversa sem uma data definida.

A informação foi dada por Wellington Dias (PT), governador do Piauí. “Nossa expectativa era de que houvesse alguma definição. A reunião foi até estressante. Cobramos uma data e não nos foi fornecida. Quando chegam os insumos? Quando começa a vacinação? O secretário disse que iria levar nossa demanda ao ministro Pazuello”, disse, ao G1.

Participaram também da reunião os governadores Ronaldo Caiado (Goiás), Eduardo Leite (Rio Grande do Sul), Waldez Goes (Amapá) e Helder Barbalho (Pará).

De acordo com o governador do Piauí, foi proposta para a próxima segunda-feira (11) uma reunião conjunta entre o Congresso, o STF e o Ministério da Saúde para discutir com as fabricantes e a Anvisa um calendário. “O Brasil está ficando no final da fila. Há um atraso inexplicável”.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Galo de rinha ilegal mata dono com facada na virilha

Publicados

em


source
Galo atinge dono na Índia (imagem ilustrativa)
Wikimedia Commons

Galo atinge dono na Índia (imagem ilustrativa)

Um galo que tinha uma faca presa ao corpo para participar de uma rinha ilegal acabou matando seu próprio dono no sul da Índia . As informações do caso foram divulgadas pela BBC neste sábado (27).

De acordo com as autoridades, o galo estava pronto para entrar na briga quando tentou escapar. Seu dono tentou agarrá-lo e acabou atingido pela faca de cerca de sete centímetros. O objeto estava preso à perna do galo e atingiu a virilha do homem.

O dono do galo foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital, após perder muito sangue. Agora, a polícia busca pelo menos outras 15 pessoas que estariam envolvidas na rinha , que aconteceu nesta semana no vilarejo de Lothunur, no Estado de Telangana. Apesar de serem ilegais na Índia desde 1960, as brigas de galo ainda são comuns, sobretudo nas zonas rurais.

O galo foi mantida na delegacia e, depois, foi transferido para uma fazenda. Ele ainda será levado ao tribunal como evidência quando o caso prosseguir na Justiça. De acordo com a agência de notícias AFP, os envolvidos no evento serão acusados de homicídio culposo , bem como de organizar rinhas ilegais e apostas irregulares.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana