mato grosso

Governador dá posse ao colegiado de vogais da Junta Comercial

Publicado


Tomou posse na tarde desta quinta-feira (01.10) o colegiado de Vogais da Junta Comercial de Mato Grosso (Jucemat). O administrador Hélio Tito de Arruda foi reconduzido como vice-presidente, e assume a presidência interinamente. Na ocasião, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, afirmou que os avanços no atendimento, e na digitalização da Junta foram importantes para o cidadão, e que é preciso continuar no caminho da desburocratização. 

“A Jucemat é uma referência para não só os mato-grossenses, não por ser considerada hoje uma das melhores e mais eficientes Juntas do país, mas principalmente por melhorar muito o acesso e a vida das pessoas que são os usuários do serviço público. Vamos continuar trilhando essa trilha que já foi marcada, que é a da digitalização, e melhorar cada vez mais”, avalia Mendes.

O governador deu as boas-vindas ao presidente interino Hélio de Arruda, que irá conduzir a autarquia, a todos os Vogais que representam entidades do setor produtivo, do comércio, e instituições públicas e a União, e agradeceu a ex-presidente, a contadora Gercimira Rezende, pelo trabalho desempenhado. 

“Quero agradecer a Gercimira pelo trabalho extremamente dedicado, que conseguiu fazer nos últimos anos. Todos nós víamos o quanto este estacionamento era cheio, o quanto a Jucemat era criticada pela demora e problemas que carregávamos por anos. E agora vemos outra realidade na Junta Comercial”, fala sobre as mudanças com a implantação do atendimento digital.

Atualmente a Jucemat possui todo o seu acervo digitalizado, a abertura e baixa de empresas automática, a emissão de certidões pela internet, e o atendimento feito por um chat on-line disponível no site da autarquia. 

Para Hélio de Arruda, que assume interinamente a presidência, será importante dar continuidade no trabalho começado de referência nacional. “Vamos consolidar, avançar mais, para que a sociedade e os usuários tenham um serviço mais amigável, com sustos menores, e com menos burocracia para a sociedade”, explica.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda, reforça que a Junta tem que ser uma facilitadora do empreendedorismo. “Muitos projetos estão em andamento, e que o presidente interino dará continuidade. Para que a gente tenha uma Junta cada vez mais ágil, simplificando a vida do cidadão, do empreendedor, para que Mato Grosso possa continuar crescendo”, ressalta. 

O vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (FIEMT), e vogal do colegiado pelo segundo quadriênio, Manoel Procópio é um dos nove vogais empossados – e seus respectivos suplentes. 

“Trabalhamos exatamente para facilitar as coisas para o empresário do comércio, essa é a função dos vogais, de ser um elo entre a classe empresarial e do comércio, e a Junta Comercial. Hoje, a Junta digital, que consegue fazer a abertura de uma empresa em menos de duas horas, nos dá muita tranquilidade para desempenhar essa função”, assegura o vogal.


 

Colégio de Vogais

O colégio de vogais é formado por 11 representantes, dos quais nove foram empossados, com mandato de quatro anos. Do total, quatro foram reconduzidos. O colegiado representa a opinião da sociedade organizada dentro da Junta Comercial onde são responsáveis pelo julgamento de processos em decisão colegiada, entre outras ações.

Tomaram posse os representantes da União, Pedro Carlos Miler (titular) e Leonor Germano de Oliveira Brito (suplente); da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT), Ruy Nogueira Barbosa (titular) e Roseli Farinácio (suplente); do Conselho Regional de Administração de Mato Grosso (CRA-MT), Hélio Tito Simões de Arruda (titular) e Paulo César Rivelini (suplente); da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio), Manoel Procópio da Silva Filho (titular) e Sergio Jose Gomes (suplente); da Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC), Jonas Alves de Souza (titular) e Cibele Rodrigues (suplente); da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), Elizete Araújo Ramos Souza (titular) e Benedito Francisco de Almeida (suplente); da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt), Sérgio Ricardo Antunes (titular) e Ayres dos Santos Neto (suplente); do Conselho Regional de Contabilidade de Mato Grosso (CRC-MT), Wilson Rodrigues Rezende (titular) e Paulo Cezar Rivelini (suplente) e do Conselho Regional de Economia (Corecom-MT), Evaldo da Silva (titular) e Antonio Benedito Maciel de Araújo, suplente.
 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

mato grosso

Mais de 12 mil pessoas participaram da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Publicado


Cerca de 12 mil pessoas participaram da 17ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) realizada de forma totalmente virtual pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), entre os dias 20 e 23 de outubro. Nesta sexta-feira (23), no encerramento do evento, 40 premiações foram conferidas aos vencedores da XII Mostra Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (MECTI) e da Maratona Teen 2020.

Segundo a superintendente de Desenvolvimento Científico Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lectícia Figueiredo, o objetivo principal do evento foi alcançado e a estimativa de público superada.

“Ainda que de forma virtual conseguimos fomentar e popularizar a ciência, e justamente por ser de on-line, até pessoas de outros lugares do mundo puderam nos acompanhar. Recebemos cerca de 9 mil inscritos para o evento e mais uns 3 mil participaram pelo Youtube, além disso tivemos aproximadamente 85 mil visualizações nas plataformas, então estamos muito felizes com este resultado”, disse.

Para os vencedores da MECTI foram distribuídos 25 prêmios e a lista de alunos está disponível no site oficial do evento AQUI.

Dois alunos ensino fundamental e quatro do ensino técnico, ganharam prêmios nas categorias: ciências, engenharias e economia criativa. Cada um recebeu um smartphone e um óculos de realidade virtual.

Dezesseis alunos do Ensino Médio se sagraram vencedores nas categorias: ciências, engenharias e economia criativa. O prêmio para eles foi uma bolsa de Iniciação Científica Junior (ICJ), durante 12 meses, ofertadas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e pela Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat).

A aluna Maria Eduarda Dede Cavalcante, da Escola Estadual Gov Jose Fragelli, de Cuiabá,  foi a vencedora do prêmio da Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (Febrace) da Universidade de São Paulo (USP). Ela apresentou um projeto para a elaboração de uma barra de cereal para atletas.

A aluna Kayllane Fabian Duarte da Costa, da Escola Estadual Presidente Médici, de Cuiabá, ganhou a premiação oferecida pelo Instituto Farmun. Ela apresentou um projeto de barragem subterrânea ecológica, para prevenir o déficit hídrico do solo e foi premiada com um Curso de inglês pelo Wiseup, um intercâmbio de estudos nos Estados Unidos por um período mínimo de três meses e a escola dela levou uma premiação no valor de R$ 25 mil, para desenvolver um projeto elaborado entre a escola e o Instituto Farmun.

A coordenadora do Instituto Farmun, Juliana Pasqualino, ressaltou a importância de apoiar e investir em projetos e iniciativas científicas, para o desenvolvimento e progresso do Estado.

“A premiação é uma forma de incentivar e motivar estes jovens cientistas a continuar estudando e desenvolvendo os projetos deles. A nossa expectativa é que eles cresçam cada dia mais e se tornem grandes cientistas e que também sejam revelados novos  cientistas para o mundo” diz.

Ao todo foram entregues 13 premiações para os integrantes das três equipes vencedoras da Maratona Teen 2020.

Em primeiro lugar ficou a equipe FabDev (com 5 pessoas), que ganhou um curso em Programa de Educação Tecnológica e uma mentoria de 5 horas, oferecidos pelo Instituto Jovem Empreendedor (IJE). Ganharam ainda uma mentoria para desenvolvimento do Canvas Social e da Estratégia para 2021, além de 5 horas de consultoria e conexões com mentores internacionais e um óculos de realidade virtual para cada membro da equipe.

Em 2º e 3º colocados as equipes Tech Learning (com 4 pessoas) e  The Script (com 4 pessoas), respectivamente, ganharam uma mentoria de 5 horas oferecida pelo IJE e um óculos de realidade virtual para cada integrante das equipes.

Além disso, duas alunas ganharam prêmios por engajamento nas redes sociais, a aluna com o maior número de curtidas em seus projetos ganhou um livro, um pendrive e um óculos de realidade virtual. A segunda colocada, com mais curtidas ganhou um óculos de realidade virtual.

A 12ª MECTI foi realizada em parceria com o Instituto Farmun e contou com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI)

São parceiros da SNCT a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), o Instituto Farmun, a Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (FIEMT), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a empresa Titânia Telecom.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana