ENTRETENIMENTO

Golpista cobrava R$ 20 mil para colocar as pessoas no ‘BBB’; casos viralizam

Publicados

em


source
Dionatan Hobs
Reprodução/RedeMassa

Dionatan Hobs

A Rede Massa, afiliada do SBT, repercutiu o caso de um empresário que está sendo acusado de golpe ao cobrar para colocar pessoas dentro do  “BBB”. As vítimas afirmam que Dionatan Hobs pedia entre R$ 2 mil e R$ 50 mil aos “clientes” pela indicação. 

O empresário, que se descreve como agente de modelos e referência no mercado de luxo, está sendo acusado por mais de 100 pessoas. Gabriela Lemos, uma das vítimas, conversou com Leo Dias sobre o golpe que levou e disse que pretende fazer um Boletim de Ocorrência contra Dionatan ainda nesta quinta-feira (21).

Você viu?

“Mandei mensagem perguntando como era para entrar no ‘Big Brother’, achando que ele falaria que conseguiria arranjar para o próximo ano. Mas ele falou que conseguiria se eu pagasse de R$ 5 mil a R$ 8 mil. No dia seguinte, coloquei na conta dele R$ 5 mil”, contou Gabriela à reportagem.

Logo em seguida, ele falou que estava tudo certo e que Gabriela deveria arrumar suas malas e aguardar ser buscada para o confinamento — o que nunca aconteceu. “E aí, entrou todo mundo no Big Brother e até o último minuto ele estava lá. Me mandava a localização dos Estúdios Globo, foto dele lá dentro. Ele fazia a gente acreditar que aquilo realmente era verdade. Acreditei na veracidade dele porque eu já vi ele com famosos, já vi ele na loja da Louis Vuitton”, conta.

À reportagem da Rede Massa, uma outra vítima também contou sua história e disse que pagou R$ 20 mil a Dionatan Hobs. Confira:

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Ator de “Prison Break” é diagnosticado com autismo

Publicados

em


source
Wentworth Miller
Divulgação

Wentworth Miller

Wentworth Miller, protagonista da série “Prision Break”, revelou que foi diagnosticado com autismo em 2020. “No isolamento, eu encontrei presentes inesperados. Neste outono completa um ano desde que recebi meu diagnóstico de autismo informal. Precedido por um auto diagnóstico. Seguido por um diagnóstico formal”, escreveu Miller, que tem 49 anos, em uma publicação no Instagram.

“Foi um processo longo e falho, que, na minha opinião, precisa ser atualizado. Sou um homem de meia-idade. Não uma criança de cinco anos. E eu reconheço que acesso a um diagnóstico é um privilégio que não agrada a muitos. Vamos dizer que foi um choque, mas não uma surpresa”, confessou.

Apesar disso, o ator não quis se posicionar como porta-voz para autistas. “Existe agora uma narrativa cultural familiar (da qual eu já participei) sobre ‘figura pública compartilha A, B e C publicamente, dedica plataforma para D, E e F’. Bom para eles. Sério. Mas não é necessariamente o que vai acontecer aqui”, pontuou.

“Eu não sei o suficiente sobre autismo (há muito para saber). Neste momento, meu trabalho parece evoluir meu entendimento. [Estou] Reexaminando cinco décadas de experiências vividas através de lentes. Vai levar tempo. Enquanto isso, não quero correr o risco de, de repente, ser uma voz alta e mal informada. A comunidade autista (isto eu sei) tem historicamente tido outras pessoas falando em seu lugar. Eu não quero trazer mais prejuízos. [Quero] Apenas erguer minha mão e dizer: ‘estou aqui. Sempre estive (sem perceber)'”, acrescentou.

“Se alguém estiver interessado em mergulhar em autismo e neurodiversidade, lhes indicarei vários indivíduos que compartilham conteúdo inspirador no Instagram e TikTok, lutando contra o estigma”, escreveu o ator.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana