POLÍCIA

GAp prende homem com arma de fogo e descobre dois mandados de prisão em aberto

Publicado


.

Em Peixoto de Azevedo (691 km de Cuiabá), policiais do Grupo de Apoio (GAp) do 22º Batalhão de Polícia Militar prenderam um homem de 46 anos por porte ilegal de arma. Ele levava na cintura um revólver calibre 38 com seis munições intactas.

A abordagem dele, ocorrida no estacionamento de um posto de combustíveis da principal avenida da cidade, a Lions Internacional, levou a descoberta de dois mandados de prisão em aberto. Ou seja, esse suspeito estava sendo procurado pela Justiça e tinha duas prisões decretadas conta ele.

Os dois mandados foram confirmados por meio do Banco Nacional de Mandados de Prisão(BNMP), órgão do Conselho Nacional de Justiça(CNJ), todavia os policiais não descobriram quais os crimes que levaram aos decretos de prisão. Em Peixoto de Azevedo, conforme narrativa da equipe do GAp, esse suspeito tem diversas passagens criminais.

O preso e a arma que portava foram entregues no plantão da Delegacia da Polícia Judiciária para demais providências, entre as quais a atuação em flagrante por ilegal de arma de fogo.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍCIA

Suspeitos de agredirem mãe e filha durante roubo de veículo têm prisão cumprida

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens identificados como autores do roubo de um veículo em que mãe e filha foram violentamente agredidas tiveram mandados de prisão cumpridos após serem identificados pela Polícia Civil, em investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva).

O crime, ocorrido no dia 17 de setembro, no bairro Bosque da Saúde, causou grande repercussão devido à agressividade dos suspeitos com as vítimas, registrada pelas câmeras de segurança de um edifício da região.

As imagens flagraram o momento em que os dois suspeitos, em posse de arma de fogo, abordaram mãe e filha que foram arrancadas a força de dentro de veículo e agredidas com socos e chutes. Os criminosos fugiram com o veículo Honda das vítimas.

Assim que foi acionada do roubo, a equipe da Derrfva iniciou as investigações conseguindo identificar os dois autores do crime que tiveram os mandados de prisão temporária representado pelo delegado Daniel Lucas Paranhos Machado. Os suspeitos também estariam envolvidos em outros roubos de veículos ocorridos na região.

As ordens de prisão foram decretadas pela Justiça, sendo o mandado de prisão contra um dos autores cumprido pelos policiais da Derrfva, nesta quinta-feira (29.10), na Penitenciária Central do Estado (PCE), onde o suspeito já estava preso por outro crime. A ordem de prisão contra o outro identificado foi cumprida na semana passada em ação da realizada pela Polícia Militar.

“Com essa investigação da Derrfva foi possível identificar e prender os dois autores do crime, que chamou a atenção da imprensa e da sociedade, pela extrema violência usada contra as vítimas”, disse o delegado.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana