POLÍCIA

Gap e Força Tática prendem quadrilha e apreendem 160 quilos de maconha

Publicados

em


Na manhã desta  terça-feira (23.02) policiais do Gap (Grupo de Apoio)  do 24 º Batalhão e Força Tática prenderam cinco pessoas por tráfico de drogas, em Cuiabá. Na ação da Polícia Militar, os policiais apreenderam 160 quilos de maconha. Quatro homens (27,26, 22 e 20 anos)  e uma mulher (26) foram presos em flagrante. O entorpecente seria comercializado no bairro Pedra 90. 

Por volta das 07h, a equipe do Gap recebeu uma denúncia de que havia uma casa com droga, e que inclusive, o forte odor do entorpecente estaria exalando no bairro Praeirinho. O denunciante relatou ainda, que a droga estaria na casa de uma mulher, e que  ela mais alguns indivíduos iriam transportar o entorpecente em uma caminhonete S10, pois a droga seria comercializada no bairro Pedra 90.

Os policiais foram checar a denúncia, na Rua Maria da Conceição, e avistaram um dos suspeitos em frente a residência. Equipes da Força Tática tentaram abordar o homem, mas ele dispensou algo no chão, tentou fugir. 

Os policiais  ordenaram ao suspeito que ele parasse,mas  o homem desobedeceu a ordem, vindo a pular o muro de algumas casas do bairro. O suspeito foi capturado e tentou agredir um dos policiais da equipe, mas foi imobilizado com algemas.  Na ação, a PM apreendeu um tablete de maconha.

Ainda em diligências, policiais do  Gap adentraram na residência  e localizaram  mais dois suspeitos. Durante buscas no imóvel, a polícia apreendeu 16 tabletes inteiros e metade de três tabletes de maconha. 

Na casa denunciada, que pertencia a uma mulher, a PM apreendeu mais 90 tabletes de maconha, a substância estava potencializada, para ser comercializada como “ super maconha ou skank ” e outras porções de entorpecentes encontrados em um quarto da casa. 

A suspeita foi presa e confessou que estaria guardando a droga na casa de sua avó para o marido que acabou preso pela PM na mesma ação policial. Os policiais seguiram até a casa do suspeito apontado pela mulher, e prenderam mais um suspeito, que seria um dos indivíduos, denunciado pela comercialização no bairro Pedra 90. Na diligência, a PM apreendeu meio tablete de entorpecente debaixo da cama do homem e o veículo S10. 

A droga foi apreendida e os suspeitos conduzidos à delegacia. A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil. 

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Suspeito de tentar matar companheira em Tangará da Serra é preso pela Polícia Civil cinco dias após o crime

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

O autor de uma tentativa de feminicídio ocorrida na segunda-feira (01.03) no município de Tangará da Serra teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, neste sábado em ação da Delegacia Especializada da Defesa da Mulher do município com apoio das equipes do Centro de Detenção Provisória (CDP) e da Delegacia de Campo Novo do Parecis.

 O suspeito de 28 anos teve o mandado de prisão expedido pela Justiça no final da tarde de sexta-feira (05), sendo a ordem judicial cumprida menos de 24 horas depois no município de Campo Novo do Parecis.

O crime ocorreu na noite de segunda-feira (01) quando o suspeito e a vítima tiveram uma discussão, momento em que ele pegou uma faca e desferiu dois golpes contra a companheira, a atingindo na região da cabeça e da barriga. A vítima também teve um corte no dedo enquanto tentava se defender dos golpes Logo após o crime o suspeito fugiu do local.

Uma vizinha que acionou a equipe do Samu e da Polícia, porém antes da chegada dos primeiros socorros, a vítima sofreu convulsões e desmaiou em decorrência dos ferimentos. Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as diligências para localizar o suspeito, porém a vítima só teve condições de ser ouvida na quarta-feira (03).

O suspeito já era monitorado por tornozeleira eletrônica em razão de violência doméstica praticado contra outra mulher no município de Barra do Bugres.  

Com base na oitiva da vítima, a delegada Liliane Soares Diogo representou pela prisão preventiva pelo crime de feminicídio, a qual foi deferida pela Justiça no final da tarde de sexta-feira (05).

Imediatamente após a expedição do mandado, a equipe da DEDM de Tangará da Serra iniciou os trabalhos para prender o suspeito e na manhã deste sábado (06), com informações fornecidas pela Centro de Detenção Provisória conseguiu informações de que o procurado estava em Campo Novo do Parecis.

Foi solicitado o apoio da equipe da Polícia Civil do município que conseguiu dar o efetivo cumprimento ao mandado de prisão do suspeito. Ele foi conduzido à delegacia para as providências de praxe e posteriormente será encaminhado para a unidade prisional à disposição da Justiça.  

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana