BRASIL E MUNDO

Galo de rinha ilegal mata dono com facada na virilha

Publicados

em


source
Galo atinge dono na Índia (imagem ilustrativa)
Wikimedia Commons

Galo atinge dono na Índia (imagem ilustrativa)

Um galo que tinha uma faca presa ao corpo para participar de uma rinha ilegal acabou matando seu próprio dono no sul da Índia . As informações do caso foram divulgadas pela BBC neste sábado (27).

De acordo com as autoridades, o galo estava pronto para entrar na briga quando tentou escapar. Seu dono tentou agarrá-lo e acabou atingido pela faca de cerca de sete centímetros. O objeto estava preso à perna do galo e atingiu a virilha do homem.

O dono do galo foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital, após perder muito sangue. Agora, a polícia busca pelo menos outras 15 pessoas que estariam envolvidas na rinha , que aconteceu nesta semana no vilarejo de Lothunur, no Estado de Telangana. Apesar de serem ilegais na Índia desde 1960, as brigas de galo ainda são comuns, sobretudo nas zonas rurais.

O galo foi mantida na delegacia e, depois, foi transferido para uma fazenda. Ele ainda será levado ao tribunal como evidência quando o caso prosseguir na Justiça. De acordo com a agência de notícias AFP, os envolvidos no evento serão acusados de homicídio culposo , bem como de organizar rinhas ilegais e apostas irregulares.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Gestante e crianças são vacinadas contra Covid-19 por engano no interior de SP

Publicados

em


source
46 pessoas são vacinadas contra covid-19 por engano no interior de SP
Reprodução: ACidade ON

46 pessoas são vacinadas contra covid-19 por engano no interior de SP

Em Itarapina, no interior de São Paulo, 46 pessoas foram vacinadas por engano; entre elas, 28 crianças e uma gestante. O erro só foi percebido no dia seguinte pela prefeitura local.

As pessoas haviam ido ao Escola José Cruz para tomar a vacina contra a gripe, mas a técnica de enfermagem se confundiu e separou uma caixa da CoronaVac para aplicar no grupo de pessoas. 

A imunização contra a gripe começou segunda-feira (12) no estado de São Paulo. Ao contrário das campanhas anteriores que priorizavam idosos, este ano a imunização começa por crianças de seis meses a cinco anos, gestantes e puérperas.

Tanto a CoronaVac quanto vacina da AstraZeneca/Oxford são recomendadas apelas para pessoas maiores de 18 anos. 

A Secretaria de Saúde de Itirapina disse que uma equipe médica vai acompanhar as 46 pessoas que foram vacinadas por engano

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana