mato grosso

Fronteira passa a contar com mais quatro pontos com câmeras OCR

Publicados

em


O comandante do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), tenente-coronel PM Fábio Ricas, recebeu oficialmente nesta terça-feira (11.05) o documento de uma emenda parlamentar do deputado Valmir Moretto, para investimento de pouco mais de R$ 700 mil em câmeras OCR (leitores ópticos de caracteres). Os equipamentos irão possibilitar uma maior agilidade, além de otimizar as fiscalizações. 

Para aquisição dos aparelhos tecnológicos, a emenda parlamentar foi dividida em duas. Uma em 2020 no valor de R$ 331.029,80 e outra entregue neste ano de 2021, no valor de R$ 382.032,00. 

Com esses novos quatro pontos, a região de fronteira terá 10 pontos e o total de 20 câmeras OCR, dificultando a saída do país de veículos roubados. Com as câmeras, é possível monitor e rastrear veículos, sendo possível identificar modelo, fabricante e placa de veículos roubados, furtados ou clonados, ou ainda se o veículo está com a documentação atrasada.

Ao detectar estas irregularidades é emitido um alerta para o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) que aciona as forças de segurança para as providências imediatas. O sistema tem capacidade para registrar informações de até 400 veículos por segundo.

“Esses equipamentos têm sido fundamentais nos trabalhos do Gefron, tanto no combate ao tráfico internacional de drogas, como nas ocorrências que envolvem o transporte de veículos que são produtos de crimes. Considerando toda a extensão de faixa de fronteira entre Mato Grosso e a Bolívia, o suporte tecnológico aliado ao efetivo policial capacitado, tem dado excelentes resultados contra à criminalidade”, pontuou o comandante do Gefron.

(Com supervisão de Débora Siqueira)

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Seminário vai debater a valorização da produção literária e dos autores mato-grossenses

Publicados

em


Ocorre nesta quarta-feira (1º.12), às 19h, o seminário “Caminhos e desafios para a valorização dos autores mato-grossenses”. O evento será online, com transmissão pelo canal Instituto Saberes no YouTube. A proposta do seminário é debater políticas públicas que valorizem e fortaleçam a produção literária mato-grossense e seus autores. O evento é um dos projetos contemplados no edital Movimentar, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

Durante o evento será apresentado um panorama das produções mato-grossenses e exemplos de municípios que implementaram políticas de fomento à produção, leitura, e aquisição de obras. Além disso, o Instituto Saberes apresentará uma minuta de projeto de lei para criação da Feira Literária Mato-grossense (FLIM) e a Política Estadual de Valorização dos Autores Mato-grossenses, que serão colocados sob consulta pública e posteriormente protocolados na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

O seminário pretende envolver gestores públicos, profissionais que atuam em bibliotecas, profissionais da educação e mediadores de leitura, na valorização dos autores e das obras mato-grossenses, bem como a inclusão dessas obras no currículo escolar.

O evento contará com a participação do secretário de estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), Beto Dois a Um, e do secretário-adjunto de Cultura (Secel-MT), Jan Moura. Também participam os escritores Eduardo Mahon, Marta Cocco e Luciene Carvalho, a professora Dra. Vanilda Reis, e a presidente do Instituto Saberes, Vanilda Reis.

Serviço

Seminário “Caminhos e desafios para a valorização dos autores mato-grossenses”

Quando: 1º de dezembro de 2021 (quarta-feira), às 19h

Link para a transmissão: https://www.youtube.com/watch?v=f3-ZWuF55k0

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana