Saúde

Fortaleza fechará atividades não essenciais a partir da sexta-feira

Publicados

em


source
Apenas atividades essenciais estão autorizadas a funcionar em Fortaleza
Reprodução/ Pinterest

Apenas atividades essenciais estão autorizadas a funcionar em Fortaleza

O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PD), e o governador do Ceará, Camilo Santana (PDT), confirmaram novas medidas de restrição para conter a Covid-19. De acordo com o anúncio, as novas regras permitem apenas o funcionamento de serviços essenciais na capital a partir da sexta-feira (5).

A determinação tem validade até o dia 18 de março, quando as autoridades devem analisar o isolamento na região e julgar se haverá ou não prorrogação das restrições. O objetivo é controlar o contágio da Covid-19, que causa uma pressão preocupante no sistema de saúde do estado.

Além de Fortaleza, outras cidades do estado devem aderir às restrições. Os detalhes, porém, ainda não foram divulgados pela secretaria estadual de Saúde.

“Diante da gravidade da pandemia, que chega a um dos momentos mais críticos, precisamos proteger a vida dos cearenses. E por isso anunciamos um novo Decreto de Isolamento Social Rígido em Fortaleza, a partir da próxima sexta-feira, com funcionamento apenas de atividades econômicas consideradas essenciais”, anunciou o governador Camilo Santana.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Propaganda

Saúde

Doria anuncia redução no intervalo entre doses da Pfizer de 12 para 8 semanas

Publicados

em


source
Intervalo entre doses da Pfizer cai para 8 semanas
Reprodução: iG Minas Gerais

Intervalo entre doses da Pfizer cai para 8 semanas

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou hoje que o estado vai reduzir o intervalo entre as doses da vacina da Pfizer de 12 para 8 semanas. A ideia é que as pessoas completem o esquema vacinal em menos tempo para frear o avanço do número de casos. Cerca de 2 milhões de doses estão sendo enviadas aos postos de saúde para colcar a medida em prática.

O anúncio aconteceu durante uma cerimônia onde o Butantan assinou um acordo de fornecimento de 2,5 milhões de doses para Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará e Piauí.

Em agosto, o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou em um evento em Brasília a antecipação da aplicação do segunda dose. A previsão era setembro, mas a medida chegou a ser posta em dúvida em alguns estados pela falta de vacinas.

A estratégia é definida pelo Plano Estadual de Imunização (PEI) pode ser colocada em prática já a partir desta sexta-feira pelos 645 municípios. Segundo balanço do governo estadual, 6,9 milhões de pessoas já imunizadas serão beneficiadas com a medida.

Os cidadãos serão avisados por mensagens de texto e-mails. Cada pessoa imunizada com a Pfizer poderá conferir sua carteirinha para verificar a nova previsão de retorno ao posto, contando no calendário 28 dias antes da data previamente sinalizada para receber a segunda dose.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana