POLÍCIA

Força Tática descobre esquema de quadrilha em furto de carga e recupera 49 toneladas de soja

Publicados

em


Policiais da 14ª Companhia de Força Tática de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) prenderam nesta quinta-feira (11.03), um homem de 43 anos, por furto, uso de documento falso e adulteração de veículo. Um segundo suspeito foi identificado. Na ação, foram recuperadas 49 toneladas de soja.

Os agentes realizavam vistoria em uma carreta carregada de soja e na conferência da documentação foram percebidas diversas irregularidades. A primeira, o motorista da carga não seria o mesmo que conduzia do veículo. Segunda, a placa e chassi do cavalo e reboque não batiam – caracterizando adulteração veicular.

Ao abordar o suspeito, os policiais encontraram em seu tênis, uma carteira de motorista falsa no nome do motorista que deveria conduzir o veículo. Questionado, entregou que receberia R$ 2 mil para descarregar a carga em Rondonópolis. A mesma carga seria adulterada e entregue a outra empresa.  

O homem contou ter combinado com o chefe da quadrilha de se encontrarem em um posto de gasolina. Os policiais monitoravam, mas o denunciado não apareceu.

Referente à carga de soja, a empresa lesada confirmou ter carregado a carreta, na cidade de Alto Garças, com base no documento falso apresentado. Informou ainda que o motorista pegou a carga de 49 toneladas com um dia de atraso, já que a data agendada para ser carregada era quarta-feira (10).

Via sistema, o homem detido tem várias passagens criminais relacionados a crime de estelionato. Já o segundo suspeito identificado constou passagens por receptação e tráfico de droga.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil apreende armas de fogo e mais de 80 munições em chácara na zona rural de Cuiabá

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Duas armas de fogo e mais de 80 munições encontradas em uma propriedade em uma região de chácaras em Cuiabá foram apreendidas pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (06.05), durante checagem de denúncia anônima realizada pela equipe da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Com base na denúncia realizada via Ciosp que relatava a possível existência de armas e drogas escondidas em uma propriedade rural, os policiais da GCCO foram até o endereço indicado, na região de chácaras Bandeira II para verificação dos fatos.

Conforme as informações, o material ilícito ficava escondido no interior de tratar que ficava guardado em um barracão da propriedade. No local, os policiais foram recebidos pela esposa do caseiro que informou que nem o seu marido e nem o dono da propriedade estavam no local.

Durante as buscas, os policiais localizaram no interior do tratar mencionado, 84 munições, sendo 67 calibre 380, 10 calibre. 357 e sete calibre 38, todas intactas, além de uma tornozeleira eletrônica. Em continuidade as buscas, os policiais encontraram por baixo de alguns entulhos um caixa com uma pistola calibre 380 e três carregadores.

A tornozeleira eletrônica pertenceria ao caseiro que não foi localizado. Em buscas na residência do caseiro, foi encontrada mais duas espingardas, sendo uma delas de pressão e outra que não foi possível identificar o número de sério devido ao desgaste de arma.

O dono da propriedade chegou ao local, e em buscas na sua residência nada ilícito foi encontrado. Questionado, ele confirmou que a pistola era de sua propriedade porém estava registrada em nome de um amigo.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido a GCCO, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo e munições.

O delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, destaca que a retirada de armas e munições de circulação foi possível graças ao trabalho de denúncia realizado pela sociedade. “A Polícia Civil demonstrou que está trabalhando e que conta com apoio da população, que através de denúncias pode ajudar ainda mais o combate à criminalidade”, disse o delegado.

Denúncias: 197 e (65) 98463-2655

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana