POLÍCIA

Foragido da Operação Fronteira Fechada é preso com quase 13 quilos de drogas em Cuiabá

Publicado


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Policiais civis da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) prenderam em flagrante nesta tarde (09.07), na Capital, um homem com quase 13 quilos de maconha e de skunk (tipo de maconha mais concentrada).

O homem já vinha sendo investigado pela DRE e pela Polícia Civil de Mato Grosso do Sul. Ele era foragido da Operação Fronteira Fechada I, deflagrada pela DRE no mês de abril deste ano, quando foi apreendida mais de meia tonelada de maconha em Mato Grosso do Sul, que seria destinada à Cuiabá.

As equipes da DRE chegaram à localização do foragido após diligências e apoio da Delegacia da Polícia Civil de Ponta Porã. O investigado estava com mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca da cidade sul-mato-grossense.

Na casa do homem, no bairro Nova Esperança, foram apreendidos também dinheiro, uma balança de precisão e um veículo utilizado por ele para transportar a droga.

Além do cumprimento do mandado de prisão expedido pela Justiça de Mato Grosso do Sul, o homem foi autuado em flagrante na DRE pela droga apreendida nesta quinta-feira. Ele será encaminhado a uma unidade do Sistema Penitenciário em Cuiabá. A droga será remetida a perícia técnica.

De acordo com o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, o investigado é um dos responsáveis pelo entorpecente apreendido no mês de abril em Ponta Porã.

Operação Fronteira Fechada

Investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes resultaram na operação Fronteira Fechada I, que aprendeu 600 quilos de maconha no dia 28 de abril, em Ponta Porã (MS). A operação contou com apoio da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul e oito pessoas foram presas na ocasião.

As investigações começaram em fevereiro deste ano, quando a equipe da DRE recebeu informações sobre um carregamento de droga que sairia do estado vizinho com destino à Cuiabá. Após levantamentos e diligências, equipes da DRE se deslocaram até a cidade sul-mato-grossense para monitorar o carregamento de entorpecente.

600 quilos de maconha apreendidos na Operação Fronteira Fechada

Em Ponta Porã, a equipe da DRE conseguiu identificar a residência utilizada pelos traficantes para armazenar a droga que, segundo as investigações, seria distribuída para os estados de Mato Grosso e Goiás.
 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍCIA

Polícia Civil recupera veículo furtado e prende suspeito por receptação

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT           

A Polícia Civil de Nova Xavantina (645 km a leste de Cuiabá) recuperou na manhã de sexta-feira (07.08) um veículo com registro de furto ocorrido no Distrito de Serra Dourada, zona rural do município de Canarana. A ação resultou também na prisão de um suspeito pelo crime de receptação.

As diligências iniciaram após a vítima procurar a Delegacia de Polícia de Água Boa para comunicar a ocorrência. Conforme narrativa, o furto ocorreu no dia 03 de agosto, após o proprietário deixar o seu veículo no Distrito de Serra Dourada, quando o automóvel sofreu uma pane mecânica próximo ao Presídio Major Zuzi Alves da Silva.  

Ainda segundo a vítima que é da cidade de Confresa, a mesma havia comprado o veículo em Aparecida de Goiânia, Estado de Goiás, pagando uma parte de entrada e parcelando o restante em notas promissórias que irão vencer.  

Durante investigação foi verificado que para subtrair o veículo, os suspeitos utilizaram um serviço de Guincho, em razão do Golf estar impossibilitado de rodar. Então os policiais civis passaram apurar os fatos, conseguindo localizar o referido veículo em uma oficina mecânica em Nova Xavantina. 

No local o responsável por receptar o carro foi detido e encaminhado para esclarecimentos, junto com o veículo recuperado. Após ser ouvido o conduzido foi autuado pelo crime de receptação.

As investigações continuam para identificar e prender os autores do furto.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana