mato grosso

Fiscais apreendem equipamentos utilizados em pesca predatória em rios de Mato Grosso

Publicados

em

Durante uma operação realizada na última semana de agosto, fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) apreenderam equipamentos e petrechos utilizados em crimes ambientais nos rios Cuiabazinho e Manso, em Cuiabá.

A equipe de Coordenadoria de Fiscalização de Fauna realizou ação preventiva com barreiras terrestres e abordagens fluviais com orientações quanto à legislação.

As quatro redes e tarrafa usadas na pesca predatória foram recolhidas pela equipe para serem inutilizadas ou destinadas a outros fins. Os peixes que estavam presos nas redes foram soltos e devolvidos ao rio.

Os rios Manso e Cuiabazinho são focos de constantes denúncias de práticas de pesca predatória com uso de materiais e equipamentos proibidos. Por isso, a coordenadoria de Fauna intensificou as ações fiscalizatórias para inibir os ilícitos ambientais contra a fauna.

Desta forma, a fiscalização na região vem ocorrendo de forma contínua durante o ano, sendo reforçada nos locais e períodos proibitivos. Quem for pego praticando a pesca ilegal é multado, conduzido à delegacia e tem os materiais apreendidos.

Em média, quatro equipes atuam na fiscalização dos rios da Baixada Cuiabana ppor semana. As equipes da Sema trabalham em parceria com o Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental e conta com o apoio de segurança da Polícia Militar e da Polícia Judiciária Civil.

Também como forma de fortalecer a fiscalização nos rios, a Sema entregou 40 barcos e motores aos municípios descentralizados, com recursos do Fundo Amazônia/BNDES, como forma de equipar as secretarias municipais de Meio Ambiente e fortalecer as operações contra pesca predatória.

Denúncia

O cidadão pode denunciar a pesca predatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema pelo telefone: 0800-65-3838, nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

*Orientação de Renata Prata

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

120 cidades de Mato Grosso receberão R$ 106 milhões em equipamentos para agricultura familiar

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso, através da Secretaria de Agricultura Familiar (Seaf), realiza na próxima sexta-feira (24.09) a maior entrega de equipamentos da história da agricultura familiar no Estado. Até junho de 2022, os investimentos na área chegarão a soma de R$ 106 milhões.

A entrega, que integra o Programa Mais MT, será às 15h, no espaço de eventos do Cenarium Rural, em Cuiabá, onde já está exposto parte dos itens que serão repassados à sociedade.

Nesta etapa, serão repassados mais de R$ 50 milhões em maquinários, veículos, agroindústrias, aquisição de produtos da agricultura familiar, reforma e construção de feiras, insumos, serviços, assinaturas de convênios, dentre outros para prefeituras, associações e cooperativas ligadas ao atendimento do agricultor familiar.

Serão entregues 54 veículos Fiat strada, 20 pick-up hilux, 29 motoniveladoras, 22 distribuidores de calcário, 08 escavadeiras hidráulicas, 300 resfriadores de leite, 17 ensiladeiras, 04 caminhões de leite, 20 motocultivadores, 02 caminhões baú de carga seca, um caminhão refrigerado, 02 plantadeiras e adubadeira de mandioca, um perfurador de solo e 08 pás carregadeiras. No evento serão assinados ainda convênios para o repasse de sêmen bovino, embrião e calcário aos municípios.

De acordo com o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Silvano Amaral, as entregas irão estruturar o trabalho de campo das secretarias de agricultura de 120 dos 141 municípios mato-grossenses, além de fortalecer a atuação de associações e cooperativas ligadas ao setor.

“Aos poucos vamos mostrando que a agricultura familiar, assim como o agronegócio, depende também de investimentos para avançar. Queremos ao longo dos anos, fazer com que Mato Grosso, como ocorre com os grãos, seja independente na produção de hortifrutigranjeiros e demais culturas como café, cacau, produção de leite, que hoje vem em grande parte de outros estados”, comenta o titular da Seaf.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana