POLÍCIA

Fim do cangaço: Polícia prende mais um suspeito de integrar quadrilha que assaltou bancos em Mato Grosso

Publicados

em

A polícia prendeu nesta sexta-feira (09/07) o quinto suspeito de pertencer à quadrilha intitulada ‘Novo Cangaço’, que assaltou duas agências bancárias em Nova Bandeirantes (998 km de Cuiabá). Salvador Santos Portela, 50 anos, do Maranhão, estava em uma lanchonete no distrito de Japuranã.

Segundo os policiais que participaram da prisão, Salvador confessou que estava no assalto e levou os policiais até seu esconderijo na mata, onde foram encontradas duas espingardas, munições, coletes à prova de balas, joias e R$ 50.407,60.

Desde o assalto, no dia 4 de junho, 120 policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) seguem na região de Nova Bandeirantes à caça dos bandidos.

Até agora, 9 morreram em confrontos, 5 foram presos e cerca de R$ 550 mil recuperados. Os bandidos levaram R$ 911 mil do Sicoob (R$ 611 mil) e do Sicredi (R$ 300 mil).

Os mortos: Romário Oliveira Batista, Maciel Gomes de Oliveira, Luiz Miguel Melek, Waldeir Porto Costa, conhecido como Índio, Diego de Almeida Costa, Adailton Santos da Silva, Ronaldo Rodrigues de Souza e/ou Francisco de Assis Cavalcante dos Santos, conhecido como Galego, Cristiano de Jesus Nunes, de 28 anos, e Samuel Santos Silva, conhecido como Salvador, 44 anos.

Os presos: Edenicio Pereira Cavalcante, conhecido como Coroinha; Josias Silveira, Franklis Souza de Jesus, conhecido como Frann; Valdecir de Salles Barboza e Salvador Santos Portela.

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Policiais civis e militares deflagram operação contra ações criminosa em Cáceres

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar deflagraram na manhã deste sábado (25.09), no município de Cáceres (225 km a oeste de Cáceres), a operação “Pacto pela Vida”, visando intensificar o combate à criminalidade na região de fronteira.

A ação integrada foi realizada das 5 às 11 horas da manhã, e teve como objetivo principal a repressão aos pontos de venda de drogas, coleta de provas para esclarecimentos de ocorrências de homicídio, bem como a desarticulação de organização criminosa instalada na cidade.

Foram cumpridos mandados de busca que resultaram na prisão de 5 pessoas em flagrante, sendo três autuadas por tráfico de drogas, duas por tráfico e associação para o tráfico, e outra presa por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. Duas pessoas também foram detidas por crime de menor potencial ofensivo, e responderão Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) de uso de entorpecentes.

Ao todo foram apreendidas 18 porções nos tamanhos pequenas e médias de substâncias ilícitas, 38 aparelhos celulares, 12 munições de diferentes calibres, 2 armas de fogo, 1 veículo, 4 televisores, 2 máquinas de cartão de crédito e débito, entre outros materiais como balança de precisão e relógios de marca sem comprovação fiscal. 

Também foram retirados de circulação a quantia monetária de mais de R$ 26 mil em dinheiro, além de notas bolivianas e dólares, os quais foram obtidos através de práticas ilícitas, bem como estavam sob a guarda de integrantes da organização criminosa.

Conforme o delegado de polícia Wilson Souza Santos, a primeira etapa compreendeu a produção de conhecimento acerca da forma de atuação da associação criminosa em Cáceres, e da localização dos pontos de vendas de drogas nos bairros, bem como na identificação de autores e das pessoas que os apoiam na execução de homicídio recentemente ocorridos na região.  

“Em seguida foi representado junto ao Poder Judiciário pela expedição dos mandados de busca e apreensão domiciliares, razão pela qual deflagrou-se a ação integrada voltada à efetivação das medidas deferidas pela Justiça”, destacou o delegado.

Participaram da operação “Pacto pela Vida”, policiais civis de Cáceres lotados na Delegacia Regional, 1ª Delegacia de Polícia, Delegacia de Defesa da Mulher, Delegacia Especializada do Adolescente, Delegacia Especial de Fronteira, e policiais militares do 6º Comando Regional, 6º Batalhão PM, Força Tática, Grupo Especial de Fronteira, equipes do CANILFRON e do CIOPAER.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana